Created by potrace 1.15, written by Peter Selinger 2001-2017

Royalties, o que é: significado e por que pagar na franquia (vantagens)


Amanda Sales | 27 maio 2022
Royalties, o que é: significado e por que pagar na franquia (vantagens)

Royalties o que é? Você já deve ter se feito essa pergunta ao pesquisar sobre o sistema de franquias. Por isso, preparamos este texto para tirar suas dúvidas sobre o tema, continue lendo!

Antes de tudo, saiba que o faturamento das franquias cresceu no Brasil. Assim, o valor acumulado pelo setor foi de R$ 167 bilhões em 2020, para R$ 185 bilhões em 2021.

Desse modo, os sistemas de franquias demandam um investimento, mas costumam apresentar bons resultados para seus investidores. Além de ser um modelo de negócio muito mais simples e com mais garantias.

Advertisement

Royalties: entenda o que é

Royalties, o que é? Para resumir, é uma taxa que você paga para a franqueadora para poder usar os direitos da marca.

Primeiramente, a palavra royalties deriva da palavra inglesa royal, ou seja, que pertence ao rei. Pode ser traduzido como regalia, no português. 

Assim, royalties é o termo referente ao valor cobrado por um proprietário para que um terceiro possa explorar comercialmente essa ideia. Dessa forma, o proprietário pode comercializar diversas coisas, como: uma patente, produto, serviço, produção, marca ou qualquer outra obra desse autor. 

Por isso, essa taxa é bastante conhecida no mercado de franquias. Nesse caso, os royalties de uma franquia se referem à taxa paga de forma recorrente para a franqueadora. 

Assim, o franqueado tem o direito de uso dessa franquia e modelo de negócio. Além de ter a transferência de know-how e suporte da franqueadora em diversos outros aspectos durante a vigência do contrato.

Esse valor varia de acordo com o percentual de faturamento bruto ou um valor fixo delimitado previamente na Circular Oferta de Franquias (COF). Desse modo, os royalties são um instrumento jurídico importante, que garantem os direitos do proprietário sobre um bem. 

Do mesmo modo, permite colocá-lo em uso comercial por um terceiro. Isso torna a comercialização mais simples no mercado e garante à marca uma porcentagem no faturamento.

Mãos assinando documento em mesa de madeira. Imagem do texto sobre royalties o que é.
O pagamento de royalties deve estar previsto em contrato.

No caso de uma franquia de alimentação saudável, por exemplo, os royalties vão te permitir vender o produto da marca, atuar conforme as regras que estão na COF e administrar seu restaurante que será uma versão das demais da rede.

Vantagens de pagar royalties na franquia

Existem algumas vantagens de pagar os royalties da franqueadora, como remuneração da marca, poder contar com os suportes da rede e manutenção. 

Mas cada franqueadora cobra um valor específico sobre os royalties, que condiz com o tipo de produto ou serviço, modelo de negócio e muito mais. 

Por exemplo, para uma marca que vende os produtos feitos pela franqueadora, como uma franquia de moda, esse valor costuma ser maior. Então, analise essa questão antes de fechar o negócio.

Remuneração da franqueadora

Uma das vantagens de pagar royalties na franquia é a remuneração da franqueadora, que garante que a marca seja reconhecida e preste bons serviços.

Antes de tudo, as franquias funcionam como um acordo de ambas as partes, franqueador e franqueado, para prospectar a marca. Assim, é de interesse das duas partes que o negócio tenha bons resultados e conquiste cada vez mais clientes. 

Advertisement

Para isso, a franqueadora irá oferecer diversos suportes e transferência de know-how para o franqueado. Desse modo, o investidor receberá um negócio pronto, testado e aprovado, para gerenciar e em troca paga uma compensação financeira.

Por esse motivo, é muito importante pagar esse valor, que é a remuneração da franqueadora. Os royalties podem funcionar como uma proteção da marca, junto ao Instituto Nacional de Propriedade Intelectual (INPI), que cuida dos direitos autorais.

Nesse sentido, terceiros não podem usar essa propriedade intelectual sem a devida prestação de contas. Afinal, para se expandir como uma franquia a empresa passou por um longo processo de testes e pesquisas para melhor o seu negócio. 

Embora o franqueado seja o responsável por gerenciar o negócio, a franqueadora também trabalha em diversos outros pontos para fornecer o melhor suporte para os investidores. A rede ainda oferece, da melhor forma, seus produtos ou serviços.

Mulher carimbando papel em cima de mesa de madeira. Imagem do texto sobre royalties o que é.
O valor normalmente é retirado de uma porcentagem do faturamento e garante a proteção do registro da marca.

Para isso, a franqueadora sempre se atualiza, estuda e analisa diversos aspectos do mercado. Esse é um trabalho constante, que é possibilitado graças a essa remuneração em royalties. 

Dessa forma, o franqueado investe para que o seu próprio negócio melhore e esteja atualizado. Os royalties também asseguram outros benefícios, como: os treinamentos do franqueado e funcionários, transferência de know-how etc.

Garantia de suporte

O pagamento dos royalties também é a garantia para manter o suporte da franqueadora nas operações diárias. 

Assim, é importante diferenciar esse valor e a taxa de franquia. A primeira é um valor pago apenas uma vez no momento de fechamento do contrato, também informado na COF. Ela serve para custear os gastos da empresa para o processo de prospecção e seleção do candidato.

Mas além disso, ela serve para custear os primeiros meses de treinamento e suporte, quando o franqueado ainda não possui lucro com a unidade. Muitas vezes, a franquia isenta o franqueado de pagar durante o tempo inicial para prospectar a unidade de forma mais econômica.

Já os royalties são valores pagos de forma recorrente para manter a franqueadora, permitindo fazer pesquisas e desenvolver novas tecnologias. Do mesmo modo, o valor engloba os suportes constantes oferecidos para os franqueados. 

Por exemplo, assessoria jurídica e financeira oferecidas por profissionais capacitados e experientes. Esse suporte constante é um dos principais diferenciais das franquias. Logo, é um ponto importante para o sucesso desses empreendimentos. 

Nesse sentido, garante ao franqueado a assistência durante sua atuação em diversos assuntos. E oferece a oportunidade ao empreendedor se dedicar ao negócio sem a necessidade de se preocupar com outros aspectos.

Isso não isenta os franqueados de se dedicarem e se esforçarem para manter, prospectar os resultados e clientes. Porém, é possível evitar diversas complicações e contratempos com um suporte de especialistas em diversas áreas. 

Pessoas reunidas em espaço de trabalho coletivo e dois homens conversando.  Imagem do texto sobre royalties o que é.
O serviço de suporte é parte das vantagens.

Manutenção da marca

Advertisement

Pagar os royalties da franquia também ajudam a garantir a manutenção da marca, para que a mesma continue em expansão e com contato com as unidades.

Os royalties, como citado, são o dinheiro que serve de remuneração para a franqueadora. Assim, mantém o direito do franqueado de usar a marca. 

Do mesmo modo, são uma forma para o investimento na empresa para se atualizar e melhorar a rede como um todo. Ou seja, a manutenção da franquia para estar sempre alinhada com o mercado e as expectativas dos clientes.

Isso porque, o mercado está sempre mudando e se atualizando. Dessa forma, é muito importante se manter dentro das tendências, evitar problemas e aproveitar oportunidades. Assim, os franqueados também irão usufruir desse investimento, sempre mantendo o seu negócio atualizado. 

A forma de cobrança dos royalties pode ser feita de diversos modos. Uma delas é o percentual sobre o faturamento bruto da unidade mensalmente. Assim, esse percentual é previamente delimitado na COF. Porém, esse método exige fiscalização para dar certo. 

Por último, a franqueadora precisará se certificar de que os valores repassados estão certos. Outra forma comum entre as franquias é um valor mensal fixo, independente do percentual de faturamento bruto da unidade franqueada. Esse valor também é explicitado no contrato da franquia.

Vale a pena abrir franquia sem royalties?

Abrir uma franquia sem royalties não vale tanto a pena, pois reduz os benefícios oferecidos pela marca ou pode significar que o valor não está totalmente claro no contrato.

A Lei de Franquias não trata de forma específica as modalidades de royalties e formas de cobranças. Mas o documento apresenta uma remuneração periódica pelo uso do sistema, da marca e outros objetos de propriedade intelectual do franqueado. 

Ou sobre os que detém esses direitos, ou pelos serviços prestados pelo franqueador ao franqueado. Esse valor precisa estar detalhado na forma de cobrança na COF. 

Mulheres conversando e apontando para tela de computador. Imagem do texto sobre royalties o que é.
É necessário pesquisar sobre taxas antes de fechar negócio.

Ou seja, precisam ser cobrados de forma clara. Além de informar as contrapartidas da franqueadora. Assim, como a Lei de Franquias faculta essa cobrança, os royalties só são obrigatórios, caso estejam no contrato.

Desse modo, é importante estudar o contrato de franquia. Para perceber se os royalties são pagos ou estão escondidos em outras taxas. Também para se atentar para se essa isenção da taxa conta também com os mesmos benefícios que a rede oferece.

Ou seja, é muito importante se atentar a todos esses detalhes e cobranças para entender o funcionamento dessa isenção. Isso porque, evita que você caia em um negócio enganoso. 

É importante ainda analisar os detalhes dessa taxa, como a obrigatoriedade. Desse modo, se o franqueado não pagar, é o caso de sofrer multas de inadimplência ou até mesmo a rescisão do contrato. Mas essas penalidades também precisam estar expressas de forma clara no contrato da franquia.

Então, agora que você consegue responder a “royalties o que é?”, conheça opções de empreendimentos. Leia aqui, “Franquias baratas e rentáveis: conheça as melhores opções no Brasil”. Acesse e descubra!

Advertisement

Acompanhe o Mercado

As Mais Lidas