O maior Portal de divulgação de Franquias do Brasil!

Como é feito o processo de formatação de franquias? Entenda finalmente aqui

Acesse uma parte específica do artigo

mulher com cara de assustada em fundo rosa. Imagem ilustrativa do texto sobre processo de formatação de franquias

Como é feito o processo de formatação de franquias? Entenda finalmente aqui

Você sabe como é feito o processo de formatação de franquias? Neste conteúdo, você vai entender sobre o funcionamento desse processo importante para que o negócio tenha resultados.

Afinal de contas, o modelo de franquia é um negócio que tem se recuperado da crise. Segundo um levantamento, o setor cresceu 10,7% em 2021.

O modelo de franquias tem sido cada vez mais explorado por investidores dos mais diversos tipos, independente do tempo de mercado.

Advertisement
Advertisement

Isso acontece, pois no modelo de franquias você só encontra vantagens para ambos os lados.

Mas, para que dê certo, você vai precisar formatar muito bem sua franquia. Por isso, nós vamos lhe mostrar como fazer o processo de formatação de franquias.

Qual o processo de formatação de franquias?

O processo de formatação de franquias é uma parte crucial para que você tenha uma boa unidade.

Pois com a formatação, você terá uma boa base para poder montar todos os outros processos e procedimentos da sua empresa.

No modelo de franquias, você deverá prestar apoio aos seus novos franqueados, para que tudo funcione de forma correta.

Assim, trazendo lucro tanto para franqueador como para franqueado.

Além do apoio ao franqueado, outro ponto importante é o seu contrato de franquia.

Nesse documento estarão todas as condições que seus novos franqueados deverão seguir.

Existem vários processos para se analisar antes de virar uma franquia, de fato.

Sendo alguns pontos obrigatórios de toda franquia. Assim, o franqueado ficará apto para se tornar uma franquia e expandir por meio desse mercado. Confira.

Lembrando que a formatação da rede precisa seguir as exigências da Nova Lei de Franquias

QUERO TER SUCESSO COM MINHA REDE

Análise de viabilidade financeira

A análise de viabilidade financeira é uma das etapas mais importantes do processo de formatação de uma franquia.

Ela se trata de um estudo completo sobre a viabilidade econômica e financeira da empresa.

Além do que deve ser feito para que o empresário e seus sócios estejam preparados para ações sobre o futuro. A curto ou a longo prazo na franquia.

Com o estudo de franqueabilidade será analisada a viabilidade da aplicação do sistema de franquias.

Ou seja, por meio dele, você saberá se o modelo de franquias se encaixa com o seu negócio. Ou até mesmo se é viável para sua empresa que ela se torne uma franquia.

Pois não são todos os negócios que se dão bem ao aderir ao modelo de franquias.

Nessa etapa é feito um estudo mais aprofundado. Ele que avalia o potencial do mercado-alvo e a rentabilidade do negócio. Isso tanto para você franqueador como para o franqueado.

Assim, avalie qual o potencial de lucratividade do negócio e o tempo de retorno do investimento.

Com a análise financeira o empreendedor também consegue decidir os modelos de negócio para a sua empresa.

Além disso, consegue definir valores, como o investimento inicial, royalties, taxa de propaganda, entre outros. 

Ajustes no negócio

No processo de formatação de franquias, para que um negócio seja de fato uma franquia, existem várias mudanças a serem realizadas.

O modelo de franquias traz muitas alterações para as quais você precisa estar preparado.

Caso contrário poderá acontecer erros ou imprevistos que irão atrapalhar na hora de crescer com sua franquia.

Sendo assim, alguns ajustes deverão ser feitos na sua empresa. Então, procedimentos que não eram realizados, agora deverão ser feitos.

Pois ao aderir ao modelo de franquias, novos processos deverão acontecer dentro da sua empresa. Isso para que ela se saia bem como uma franquia.

Um exemplo de preparo que deve ser feito antes é o treinamento de uma equipe para ajudar seus novos franqueados.

Dessa forma, eles deverão saber os processos da empresa e conhecer de mercado, para ajudar seus novos franqueados.

Sendo assim, é uma mudança muito importante e necessária para sua empresa, na hora de transformá-la em uma franquia.

Um negócio em home office, por exemplo, vai ter formatação diferente do que um quiosque ou loja. A formatação vai depender ainda de uma série de fatores, como planejamento financeiro e documentação.

Outro benefício é a maior agilidade na expansão. Afinal, ela depende apenas de questões logísticas dos produtos e serviços, do setor comercial e da equipe de suporte. 

Definição da COF

A COF, ou Circular de Oferta da Franquia, é um documento desenvolvido pelo franqueador.

Sendo assim, contém todas as condições para que se possa entrar na franquia, tendo vários pontos importantes.

Mas, principalmente, em relação aos aspectos legais, obrigações, deveres e responsabilidades de ambas as partes. Ele deve ser completo, claro e muito criterioso.

Esse passo da sua franquia deve ser feito de forma certa, por uma pessoa que entende do assunto.

No caso, um advogado especializado no setor, devido à importância desse documento em todo o processo de formatação da sua franquia.

Elaboração do Contrato e DRE

No processo de formatação de franquias, contratos são documentos que selam um pacto entre dois investidores. Sendo esse pacto o de fazer a empresa crescer, no caso do modelo de franquias.

Mas um contrato malfeito pode acabar prejudicando ambos os lados.

Então, na hora de formular seu contrato, é importante que ambos os lados estejam se beneficiando com esse negócio.

Já no caso do DRE, uma análise é feita para mostrar se a empresa está tendo lucro ou prejuízo.

Isso levando em conta um determinado período de tempo, o que vai lhe dar mais segurança no mercado.

Afinal, o que as pessoas mais querem no mercado é segurança, pois não querem perder dinheiro.

Padronização dos processos

Como já foi dito, ao aderir ao modelo de franquias, haverá diversas mudanças que deverão ser feitas na sua empresa. Pois é um outro modelo de negócio, que atua de forma diferente no mercado.

Então, realmente haverá mudanças grandes. Mas elas se tornarão coisas simples após um tempo de prática e a padronização de processos. 

Com isso, tudo será bem mais fácil, pois não haverá diferença de tratativa em nenhuma franquia.

Ou seja, além de facilitar a vida da franqueadora, deixa o meio de franquias mais igual para todos os franqueados.

A padronização dos processos de uma empresa é uma parte muito importante.

Isso porque facilita para ambos os lados. Ainda por cima faz com que uma fórmula que já deu certo seja aplicada na sua franquia também.

Assim, o franqueado começa com o pé direito e muito mais confiante.

Criação dos manuais

No processo de formatação de franquias, você terá muito mais facilidade para realizar todas as tarefas dentro da sua empresa.

Isso porque, tudo já estará planejado e treinado pelos funcionários da empresa. Mas depois dessa padronização dos processos, é bom que você tenha manuais para ajudar seus franqueados.

Os manuais que você terá na sua empresa deverão conter esses tipos de processo. Isso para que, além de saber, os franqueados tenham alguma forma de ensinar esses processos para seus funcionários.

No caso, por meio de manuais e passo a passos. Veja alguns exemplos de manuais para se ter na sua franquia.

O Manual de Operação mostra para o franqueado a operação, desde a abertura da unidade até o fechamento.

Além disso, tem o Manual de Marketing e Relacionamento, que apoia na definição dos padrões da marca e suas aplicações.

Bem como direciona a estruturação do marketing local para geração de negócios da unidade na região onde você atua.

Já o Manual de Administração e Finanças dá todas as informações para que o franqueado não erre na gestão financeira do negócio.

Definição dos treinamentos

No modelo de franquias, a franqueadora presta diversos apoios ao franqueado.

Assim, conta com treinamentos e equipes de apoio que vão estar de prontidão para ajudar o franqueado.

Esse processo também precisa ser definido antes. Isso para que seja feito de forma mais fácil e com excelência.

Então, após ter os processos definidos, a equipe de treinamento deve saber como ensiná-los para o novo franqueado.

Mas essas equipes não ajudarão o franqueado somente com os processos, mas com a escolha do local e com seu marketing local. 

Marketing para expansão

Por último, você vai precisar de um marketing para ter uma boa expansão.

Com o modelo de franquias, o principal objetivo do franqueador é conseguir expandir sua marca, por meio de mais lojas. O que aumenta a visibilidade e relevância da marca no mercado em que ela atua.

Foque em ter um bom marketing, para espalhar o nome da marca para todos os lugares.

Faça isso de forma a atrair os clientes pela sua qualidade e bom atendimento. Dessa forma, o cliente sempre vai ter uma boa impressão sobre sua franquia.

Assim, vai começar a divulgar seus serviços para amigos e familiares, aumentando o crescimento da sua franquia.

Como formatar uma franquia corretamente?

Todos os passos mostrados acima são pontos importantes para que sua franquia tenha uma boa produtividade. Mas a melhor opção é contratar um consultor para lhe ajudar.

Tudo isso para que a unidade funcione da melhor forma possível, com muito mais velocidade e trazendo lucros.

Mas para fazer a sua formatação de franquia, o ideal é contratar um consultor de formatação de franquias.

Com ele, você terá uma facilidade maior, para fazer os processos citados acima, pois os consultores são especializados nessa área.

Assim, vão conseguir lhe ajudar com uma experiência de mercado que só ele tem, pois trabalha na área.

Agora que você já sabe como é o processo de formatação de franquias, quer conhecer algumas para investir? Confira no texto: Franquias baratas e rentáveis: conheça as melhores opções no Brasil.

QUERO TER SUCESSO COM MINHA REDE
Advertisement

Acompanhe o mercado

A mais lidas hoje