O maior Portal de Franquias do Brasil!
Home » Todos Conteúdos » Destaques ★ » Entenda porque escolher uma franquia é sua chance de ganhar dinheiro

Entenda porque escolher uma franquia é sua chance de ganhar dinheiro

Sumário

O empreendedor deve conhecer bem o modelo de franchising para entender porque escolher uma franquia. Por isso, hoje trouxemos mais detalhes sobre esse modelo. O formato é atrativo, pois tem muitas vantagens e facilidades, principalmente para quem está começando.

Uma pesquisa referente ao ano de 2022, realizada pela Associação Brasileira de Franchising (ABF), mostrou que o modelo de negócio de franquias faturou R$ 211,4 bilhões. Desse modo, com um aumento de 14,3% em comparação com 2021.

Por isso, essa pode ser uma opção promissora para quem quer empreender com o próprio negócio e ganhar dinheiro. Então, continue a leitura e confira mais sobre o assunto!

Motivos do porquê escolher uma franquia vale a pena

Existem diversos motivos do porquê escolher uma franquia vale a pena. Por exemplo, o valor do investimento, faturamento do mercado, opções de negócios dos mais variados e por aí vai. Além disso, é um formato que pula muitas etapas em relação ao empreendedor que inicia um negócio do zero.

O modelo de franquias faz sucesso no mundo todo, com um alto faturamento, e no Brasil não é diferente. Conheça aqui algumas das vantagens e motivos que fazem das franquias um negócio que vale a pena.

Modelo de negócio já testado

Quando se pensa em por qual motivo escolher uma franquia, um dos principais fatores é por ser um negócio testado no mercado. Ou seja, a empresa já atua junto aos consumidores há anos e já obteve sucesso nesse trabalho.

Nesse sentido, você investe em produtos e serviços que os clientes já conhecem e aprovam. Ou seja, oferece algo que sabem que é bom. Portanto, vão comprar da sua empresa.

A rede de franquias tem um histórico, se organizou para apresentar um negócio atrativo, testou ele no mercado e viu que dava certo. A partir disso, abre oportunidade para outros empreendedores fazerem o mesmo.

O modelo de franchising trabalha com um padrão. A unidade da franquia oferece os mesmos produtos ou serviços, seja na unidade em Porto Alegre (RS) ou em Manaus (AM). Essa atuação da marca já se mostrou eficaz, e os pontos que não deram certo já foram alterados pela franqueadora.

Dessa forma, vai modelando o negócio de acordo com as necessidades do mercado. Assim, chega para você uma empresa pronta, predefinida, da forma que mais dá certo no mercado.

Logo, apresenta um formato de trabalho no dia a dia que se mostra eficiente para captar os clientes e dar lucro ao empreendedor.

Menor risco do negócio

Nos últimos anos, a fim de evitar maiores riscos, empreendedores têm optado pelo modelo de franquia. A franquia é, antes de tudo, um modelo de negócio que deu certo. Afinal, o público já testou e deu feedbacks satisfatórios.

Nesse sentido, o sistema é um sucesso e muitas pessoas desejam abrir uma franquia na hora de empreender. Para se ter uma ideia, segundo a ABF, apenas cinco franquias a cada 100 fecham após dois anos de operação.

O número representa uma taxa de mortalidade em torno de 5% em 24 meses. Por outro lado, a mortalidade das empresas comuns chega a quase 23%, de acordo com o Ministério da Economia.

Quando o negócio é novo, você ainda precisa testar. Na franquia, já existe um produto que foi aceito, com valor especificado e um público-alvo definido. Então, têm menos riscos também por conta de todo o suporte que a franqueadora oferece para orientar o franqueado.

Por exemplo, treinamentos que mostram o melhor meio de atender aos clientes e de fazer o marketing. Dessa forma, o plano de negócio que a franqueadora oferece mostra um caminho a seguir para o empreendedor. O que diminui os riscos de erro e de falência.

Previsão de gastos e ganhos

Um dos pontos do porquê escolher uma franquia é a previsibilidade de ganhos e de gastos que o modelo oferece. Ou seja, antes de começar o negócio, o empreendedor tem uma projeção de quanto vai ganhar e gastar.

Como a franqueadora atua no negócio há tempos, já tem uma ideia de quanto custa para montar a empresa.

Na Circular de Oferta de Franquia (COF), documento com descritivos sobre o negócio, um dos itens é o valor de investimento inicial. Nele, estão a taxa de franquia, os royalties e um custo aproximado necessário para reformas e maquinário.

Do mesmo modo, na COF, há uma projeção do prazo de retorno do investimento. Tudo isso é baseado na atuação das outras unidades da rede e na experiência da franqueadora.

Como o negócio é mais previsível em relação a essa parte financeira, o empreendedor consegue se planejar melhor. Assim, pode avaliar as franquias que melhor se encaixam na capacidade de investimento e necessidade de ganhos.

Desse modo, evita que o empreendedor comece e não tenha dinheiro para terminar um processo. Ou então que se planeje para ter o retorno do capital em um tempo e se depare com oscilações que não estavam previstas.

Reconhecimento da marca

Outro ponto de porque escolher uma franquia é ter uma marca reconhecida e consolidada no mercado.

Quando se faz parte de uma rede de franquias, o empreendedor recebe esse reconhecimento. Ou seja, os consumidores já viram a marca, conhecem os produtos ou serviço. Portanto, tendem a comprar com você.

Ao iniciar um negócio do zero, o empreendedor demora muito tempo para que conheçam sua marca. Isso exige muito prazo, trabalho de marketing, bom atendimento, entre outros pontos.

São muitas ações ao longo dos anos que criaram uma marca forte, capaz de gerar lembrança e desejos no consumidor.

Esse é um diferencial competitivo alcançado com esforços que ajudam a refletir a qualidade dos produtos. Bem como construir uma percepção positiva em todo o público.

Alcançar esse patamar só é possível para as empresas que usam estratégias de reconhecimento de marca. Assim, visa se estabelecer positivamente na mente e no coração dos consumidores.

Marketing da rede

Uma vantagem de optar por uma franquia é que a franqueadora conta com um trabalho de marketing de expansão da marca. Logo, tem um direcionamento para fazer essa divulgação de forma eficiente. Desse modo, o investidor sabe qual tipo de comunicação usar e qual o estilo de linguagem adequado.

Bem como, qual imagem e mensagem apresentar, identidade visual e outras questões ligadas à comunicação. Tudo que é preciso para alcançar e atrair o público-alvo do negócio.

Em uma rede de franquias, tudo isso tem de funcionar de maneira sincronizada. Ou seja, como dito, você deve seguir um padrão predefinido da franqueadora.

Nem sempre essa ideia agrada a todos os candidatos a franqueados. Mas vale ressaltar que o modelo de comunicação e marketing sugerido pela empresa de franquia já foi testado e estudado.

Dessa forma, é uma garantia que a unidade tem de ser reconhecida pelo público e de que a comunicação dá certo. Com a vantagem de aproveitar a força de mercado da marca.

Suportes da franqueadora

Um dos fatores mais atrativos de porque escolher uma franquia é o suporte de operação. Afinal, muitos investidores de franquias não têm experiência na área de atuação ou até mesmo em gestão de um negócio.

Ou seja, o suporte ao franqueado é necessário para o funcionamento operacional acontecer com mais qualidade. Além disso, é fundamental para transmitir segurança para o investidor. Nesse sentido, o empreendedor pode contar com uma equipe preparada para guiá-lo pelos desafios que surgirem.

Por outro lado, não existe um padrão, cada franqueadora tem seus modelos de operação e tipos de suporte ao franqueado. Muitas oferecem treinamentos e manuais, mas outras também ajudam na escolha do ponto comercial e de insumos.

São diversas as formas em que a franquia pode auxiliar no desenvolvimento do negócio. Esse direcionamento é importante para diminuir custos e ser mais eficaz no atendimento.

Por fim, com o passar do tempo, espera-se que se resolva as dúvidas do franqueado pelo serviço de apoio. Inclusive, são reunidas em manuais que padronizam operações e automatizam alguns processos dentro da rede.

Apoio para definição do ponto comercial

Um dos suportes oferecidos pela franqueadora é a ajuda na escolha do ponto comercial. Claro, se a franquia tiver um formato de loja física. Nesse sentido, a franqueadora faz um estudo de diversas regiões para que o franqueado possa se instalar em um local melhor.

Um que tenha proximidade com o público-alvo, seja atrativo para um melhor atendimento e dê visibilidade à unidade.

O suporte avalia o modelo de negócio, a projeção financeira da empresa, o público-alvo e outras questões operacionais. Assim, é mais fácil decidir qual o melhor local para a abertura da franquia.

Do mesmo modo, a rede de franquias conta com um projeto arquitetônico padronizado para os franqueados. Com isso, ajuda a manter uma imagem homogênea sobre a empresa em diversos pontos comerciais.

Negócios em diferentes modelos

Um dos motivos do porquê escolher uma franquia é a variedade de modelos do formato. Desse modo, é possível ter um negócio na sala de casa ou em uma ampla loja de shopping.

Por exemplo, existem modelos home office e home based. No primeiro, o franqueado atua totalmente de casa, e o segundo tem um formato híbrido. Ou seja, o empreendedor trabalha parte do tempo fora de casa, indo até os clientes.

Além disso, o mercado conta com formatos de quiosque, que são espaços menores para corredores de shoppings e centros comerciais. Ainda, há uma estrutura mais enxuta, mas bem lucrativa para vender produtos ou serviços dos mais variados.

Um formato mais comum é o de loja, seja para ruas, pequenos comércios ou shoppings centers. São franquias diversas, para empreender em diferentes nichos de mercado.

Do mesmo modo, é possível investir em franquias com o formato container. Estes espaços permitem que se instale a unidade em um local, mas possa removê-la e ir para outro lugar.

Esses containers têm também uma estrutura mais simples, porém bem atrativa para os clientes. Por isso, o modelo tem crescido ultimamente no mercado de franchising. Enfim, são muitas as vantagens que mostram porque escolher uma franquia vale a pena.

Como escolher a melhor franquia para investir?

Em primeiro lugar, é essencial definir seus interesses e habilidades. Identificar franquias que estejam alinhadas com seu perfil empreendedor é fundamental para garantir a motivação e o engajamento no negócio.

Depois, considere suas paixões, experiências e competências para encontrar uma franquia que se encaixe perfeitamente em seus objetivos.

Outro fator importante é realizar uma pesquisa de mercado minuciosa. Analise a demanda pelo produto ou serviço oferecido pela franquia, bem como a concorrência existente. Avalie também as tendências de mercado e as perspectivas de crescimento do setor.

Além disso, é crucial estudar sobre a reputação da franqueadora. Então, pesquise sobre a empresa, sua história, seu suporte aos franqueados e o sucesso de suas unidades. Entenda as informações financeiras disponíveis e verifique se a franqueadora tem um modelo de negócios sólido e bem estabelecido.

Uma análise financeira detalhada também é essencial. Considere o investimento inicial necessário, as taxas de franquia, as despesas operacionais e as projeções de retorno financeiro. Certifique-se de que o investimento seja viável e esteja alinhado com suas expectativas financeiras.

Por fim, é recomendado conversar com franqueados atuais da rede. Obtenha informações sobre a experiência deles, os desafios encontrados e o suporte recebido da franqueadora. Esses dados podem ajudar a tomar uma decisão mais informada.

Agora, potencialize o seu conhecimento sobre ter uma franquia de sucesso. Conte com o curso Franquias: Guia prático para iniciantes. Acesse e saiba mais sobre as aulas.

Lembre-se de que o processo exige tempo, pesquisa e análise criteriosa, mas pode levar a uma oportunidade de negócio lucrativa e gratificante. A seguir, descubra para quem uma franquia é indicada.

Para quem uma franquia é indicada?

O perfil ideal de um franqueado é aquele que busca um modelo de negócio já estabelecido e comprovado.

Além disso, o franqueado ideal tem habilidades de gestão e capacidade de seguir processos. Dessa forma, compreende a importância de seguir os procedimentos operacionais e de marketing definidos pela franqueadora para obter resultados consistentes.

Outro aspecto relevante é a capacidade de se adaptar ao setor em que a franquia está inserida. O franqueado deve demonstrar interesse e afinidade com o ramo de atuação da franquia, o que facilitará sua motivação e dedicação para obter sucesso.

O franqueado ideal também deve ter habilidades de relacionamento interpessoal, pois precisará lidar com clientes, funcionários e fornecedores. Uma comunicação eficaz e a capacidade de resolver problemas são essenciais para o bom funcionamento da unidade franqueada.

Por fim, o franqueado ideal está disposto a seguir o plano de negócios estabelecido pela franqueadora e a investir tempo e recursos financeiros necessários para o crescimento do negócio. Agora que você está por dentro do assunto, abra o seu negócio e ganhe dinheiro.

Acompanhe o mercado
A mais lidas hoje