O maior Portal de Franquias do Brasil!
Home » Todos Conteúdos » Destaques ★ » Por que investir em franquias é um bom negócio? Sua resposta final

Por que investir em franquias é um bom negócio? Sua resposta final

Sumário

Investir em franquias é algo simples, mas para muitas pessoas que ainda não conhecem as vantagens do empreendimento, algumas dúvidas podem surgir, naturalmente. Dessa forma, preparamos o texto a seguir com alguns pontos importantes.

Antes de explicarmos o que é uma franquia e porque esse segmento é um bom negócio, é importante falar sobre números. Em 2023, o segmento do Franchising faturou R$ 240,6 bilhões. Logo, cresceu 13,8% em relação ao ano anterior. Portanto, prova que investir em um negócio nesse mercado pode ser interessante para quem quer ganhar dinheiro.

Uma franquia é um modelo de negócio em que o empreendedor abre uma nova unidade de uma empresa que já existe. Nesse sentido, as empresas oferecem toda a estrutura necessária para o desenvolvimento da unidade, por exemplo: suporte em várias áreas e treinamentos.

Em contrapartida, cabe ao franqueado, como esse empresário é chamado, cuidar para que todas as diretrizes do contrato de franquia sejam seguidas. Continue a leitura!

7 vantagens principais de investir em franquias 

Para que você conheça as principais vantagens sobre por que investir em franquias, separamos os pontos que comprovam a segurança desse negócio.

Não à toa, o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) considera essa a forma mais segura de empreender. Confira!

1. Modelo de negócio já testado e aprovado no mercado

Essa é, possivelmente, a maior vantagem de ter uma franquia. O fato de entrar em um empreendimento com o modelo de negócio definido faz toda a diferença.

Quando você opta por abrir algo do zero, uma de suas maiores preocupações deve ser com relação ao tipo de produto ou serviço que irá oferecer.

Não é simplesmente escolher e supor que sua ideia terá alguma utilidade para o público. As empresas estão sempre pensando em como trazer algo novo para o mercado e, assim, se manter vivas. Ou seja, mesmo diante de algo que elas sabem que funciona, daqui uns anos, as coisas podem ser diferentes.

Se para uma marca consolidada já é um trabalho árduo, imagine para quem está começando? É necessário enfrentar diversos problemas para colocar o seu empreendimento à prova quando se começa do zero. Para evitar prejuízos, antes mesmo de iniciar o investimento ou correr atrás de linhas de crédito é importante traçar muito bem o que você pretende.

Mesmo com sua ideia definida, ela não deve ser definitiva. Uma coisa são suas pesquisas teóricas, outra é a prática. Durante os primeiros meses, você tem que moldar sua marca até encontrar o caminho mais rentável.

Agora, quando se opta por fazer um investimento em franquia, você já entra no mercado com todo esse processo superado. Nesse sentido, bastará seguir as recomendações feitas pela franqueadora.

Como resultado desse avanço, a tendência é que a rentabilidade do seu empreendimento se torne algo realmente atrativo. Lembrando que a rentabilidade é o lucro líquido que você terá com o negócio.

2. Expansão acelerada do negócio

A expansão rápida do negócio é uma das grandes vantagens das franquias. Como o modelo da franquia já foi testado no mercado, uma nova unidade tem mais facilidade de ter bons resultados.

Com isso, é comum as unidades de franquias crescerem de forma exponencial em pouco tempo. No franchising, existem inclusive os multifranqueados, que são empreendedores que têm mais de uma unidade de franquia. Como alcançam sucesso com uma unidade, eles optam por investir em outras também.

3. Reconhecimento da marca pelos consumidores

Um desafio que acaba enfraquecendo muitos empreendedores que sonham em ter algo é com relação ao reconhecimento da marca. Muitos, devido a falta de um modelo de negócio bem estruturado, acabam falhando nessa questão, como um efeito dominó.

Mostrar que seu produto ou serviço é algo realmente bom para o mercado não é tarefa fácil! É necessário um longo processo, na maioria dos casos, para realmente cair no gosto popular. Vivemos em uma sociedade em que novas marcas encontram uma grande dificuldade para se firmar.

Para se ter uma ideia, de acordo com um estudo, mais de 70% das pessoas se consideram fiéis a pelo menos uma empresa. Ao mesmo tempo, 52% dos consumidores não se importam em pagar mais caro para ter acesso aos produtos e serviços que já conhecem.

Com números tão expressivos, fica fácil imaginar quais as reais dificuldades encontradas pelos empresários na hora de consolidar seus empreendimentos.

A maneira mais prática, fácil e barata para não enfrentar esse desafio é escolher franquias para investir. Afinal, você ligará seu nome a uma marca reconhecida e com histórico no mercado.

4. Suporte ao franqueado para a operação da unidade

Como uma franqueadora consegue garantir que uma pessoa sem experiência irá manter sua unidade “bem das pernas”? Muito simples: com suportes e treinamentos disponíveis a todos os franqueados que compõem a rede. Independentemente se você já teve a vivência de gerir um negócio ou não, esses apoios estarão à sua disposição.

Uma das questões mais importantes com relação a esse tipo de auxílio é mostrar para você como é a cultura da empresa. Ou seja, como ela lida com os conflitos, seus padrões de atendimento, o que pode ou não fazer representando a marca em questão etc.

Além disso, ao longo da vigência do contrato, a franqueadora dá suas sugestões e dicas para que a unidade não sofra problemas financeiros, por exemplo. Tudo isso é feito por meio dos suportes, que geralmente são executados por equipes dedicadas exclusivamente a auxiliar os franqueados a tirar o melhor do seu negócio.

Ao mesmo tempo, caso você esteja se sobressaindo, ou seja, com algo interessante da gestão, a marca entra em contato para saber um pouco mais sobre suas ações. Assim, poderá repassar aos franqueados e tornar toda a rede mais forte.

5. Apoio de marketing para a unidade de franquia

Para quem opta por iniciar um negócio do zero, outro desafio que precisa ser superado é com relação à divulgação do seu empreendimento. Algumas pessoas acham que esse pode ser o momento mais complicado, enquanto, para outras, não há tanta importância assim. Acontece que se preocupar com a publicidade é fundamental.

Para muita gente essa questão acaba ficando em segundo plano. Afinal, você precisa lidar com diversas prioridades administrativas e, ao mesmo tempo, fazer a arte das campanhas e montar um calendário com suas divulgações.

Esse é outro dos motivos pelo qual vale a pena investir em franquias, pois essa questão passa a ser da franqueadora. O seu papel será realizar a publicação de tudo o que receber, divulgar ou colocar na frente da sua loja. A rede vai produzir os materiais necessários e orientar você sobre o que fazer.

Para viabilizar esse benefício, é necessário quitar todo mês uma taxa para o fundo de publicidade. Esse valor pode ser fixo ou equivalente a uma pequena porcentagem do seu faturamento. Isso varia de franqueadora para franqueadora.

Graças a essa quantia, a rede consegue fazer suas próprias ações de marketing, que terão impacto em todas as unidades. É importante destacar que as recomendações, diretrizes e valores de investimento do seu negócio estão estipulados na Circular de Oferta de Franquia (COF), assim como todos os pontos apresentados nesse conteúdo.

Além disso, de acordo com a Lei de Franquias, você tem o direito de receber uma prestação de contas de marketing uma vez a cada 12 meses. Por fim, caso queira fazer algo por conta própria, fique atento, pois existem franqueadoras que não permitem isso de forma alguma. Já outras podem autorizar, desde que o material seja apresentado e aprovado pela equipe de marketing da franqueadora.

6. Maior planejamento do investimento no negócio

Outra das vantagens do por que investir em franquias é saber todos os gastos necessários para tirar o projeto do papel. Assim, você tem melhores condições, caso opte por conseguir linhas de crédito, uma vez que saberá de quanto precisará.

Em outras palavras, dentro da COF você identifica qual o valor do investimento, como a taxa de franquia, principal cobrança feita pelas franqueadoras.

Com relação à estrutura do negócio, não é possível “cravar” um valor. Porém, as empresas costumam apresentar uma média do que se espera gastar. Isso acontece pois cada lugar tem um preço para realizar as reformas necessárias, por exemplo.

Ainda assim, investir em uma franquia é mais barato. Mesmo que você tenha em mente a quantia necessária para abrir algo do zero, ele ainda tende a estar distante do que realmente precisa.

Pensando nesses pontos, vale a pena intensificar o seu conhecimento para se tornar um franqueado de sucesso. Para isso, conte com o curso Franquias: Guia prático para iniciantes. Acesse e saiba mais sobre as aulas.

7. Economia em escala para compras

Conforme a rede de franquias se expande, a empresa franqueadora ganha mais poder de negociação com seus fornecedores. Isso resulta em economias de escala para as franquias, o que é uma boa vantagem você. Afinal, com essa característica fica mais simples impulsionar os resultados do seu próprio negócio.

Existem desvantagens de investir em uma franquia?

Mesmo com tantas vantagens no mercado de franchising, nada é totalmente perfeito. Ainda existem pequenas questões que podem fazer você pensar com mais cuidado se realmente deseja investir em franquias ou não.

Por isso, antes de tomar a sua decisão, avalie com cuidado as oportunidades e coloque na balança se vale a pena ou não. Acompanhe!

Limitação pela padronização

Todas as franqueadoras trabalham com a padronização e é preciso seguir o modelo à risca. Apenas dessa forma a marca consegue garantir que todas as unidades da sua rede estejam alinhadas com o tipo de atendimento oferecido por ela.

Além disso, quem opta por abrir uma loja física precisa ficar atento à padronização da estrutura da unidade. As empresas têm seus próprios projetos arquitetônicos. Com isso em mente, você deve reproduzir fielmente em sua unidade todo o padrão visual da marca.

Embora seja algo que limita suas ações, é graças a esse tipo de controle que uma rede de franquias se torna realmente segura para investir. Imagine se cada unidade da marca trabalhasse de uma maneira diferente, com outra identidade visual etc.? Certamente não teria como fidelizar os clientes e nem aproveitar o know-how da franqueadora.

Taxas de remuneração à franqueadora

Ao falar sobre franchising, como você aprendeu até aqui, lidamos com uma marca que cede a sua imagem a uma outra pessoa. Sendo assim, isso vem acompanhado de alguns valores. Lembre-se que, geralmente, as franqueadoras estipulam o pagamento mensal de taxas para que você se mantenha na rede de franquias e usufrua de diversos suportes durante a vigência do contrato.

Logo, caso algum pagamento seja deixada de lado, a validade do acordo pode ser colocada em xeque. Dessa forma, fique atento às informações presentes na COF, bem como no contrato de franquia.

Abrir um negócio do zero é um desafio. Porém, graças ao sistema de franchising, qualquer pessoa pode contar com a segurança de empreender em algo já validado no mercado.

São diversas questões positivas, que vimos aqui, como o modelo de negócio pronto, o reconhecimento do público com a marca, o suporte e treinamentos oferecidos, os auxílios no marketing etc. Pontos que não encontramos quando iniciamos um projeto do zero.

Ou seja, ao longo do conteúdo, você aprendeu por que investir em franquias. Então, está convencido de que vale a pena investir em uma unidade? Agora, siga nossas dicas, pesquise bem o setor e a marca que deseja e boa sorte na sua jornada empreendedora!

Acompanhe o mercado
A mais lidas hoje