Destaques ★FranchisingEmpreendedorismo

Como montar um negócio lucrativo com pouco dinheiro

Homem segurando tablet enquanto espera um cliente em sua barbearia. Imagem ilustrativa texto montar um negócio lucrativo

Para quem busca montar um negócio lucrativo, diversas dúvidas podem surgir. Afinal, investir dinheiro sempre será algo com desafios a serem enfrentados. Porém, existem algumas dicas que ajudarão você a encontrar o melhor caminho.

Não é difícil encontrar quem sonha em mudar de vida montando um negócio próprio. O que acaba afastando esses futuros empreendedores, além das incertezas do mercado, são as dúvidas sobre como e onde investir, além das questões envolvendo o capital necessário para investir.

Além disso, a ideia de começar um empreendimento do zero se faz tão presente que essas pessoas acabam esquecendo da possibilidade das franquias. Ou seja, um tipo de empreendimento capaz de oferecer mais segurança, portanto, uma possibilidade bem viável.

Sendo assim, preparamos o texto a seguir com algumas orientações para conseguir abrir o melhor negócio para você. Sem contar na dica de empresas disponíveis no mercado para quem quer entrar no mundo do franchising. Acompanhe a leitura. 

Qual o melhor negócio para ganhar dinheiro?

Em primeiro lugar, você deve compreender qual é o seu perfil empreendedor, pois o melhor negócio é aquele que combina com você. Ou seja, quais são os seus pontos fortes e fracos e de que maneira eles podem influenciar no desenvolvimento do negócio? Isso pode parecer difícil, mas é algo bastante simples.

Nesse sentido, o primeiro passo é conseguir identificar de qual grupo você faz parte. Pois, apesar das diferenças entre os empresários, suas características costumam se resumir em basicamente dois tipos. À primeira vista, temos aqueles que sabem lidar melhor com as pessoas, com os conflitos, são persuasivos e conseguem entender melhor as dores do cliente.

Ao mesmo tempo, existem empreendedores que entendem mais dos números e utilizam deles para escolher a estratégia ideal, são bons negociadores e lidam melhor com as burocracias. Diante dessas diferenças, você pode se pergunta: isso quer dizer que um é melhor que o outro?

Muito pelo contrário. O ideal, nesse sentido, é conseguir equilibrar as características dos dois grupos. Em síntese, isso quer dizer que você deve aprimorar pontos fracos e manter firme aquilo que tem de melhor. Existem diversos cursos, palestras e eventos que ajudam o empresário a aprimorar suas características.

Ou seja, não há limites para quem sonha em ter o seu próprio negócio. O importante é estudar e trabalhar para evitar problemas futuros.

Que tipo de negócio abrir em 2021?

Mesmo diante de uma crise mundial, em 2020, alguns segmentos conseguiram se manter de pé e registraram bons números. Para se ter uma ideia, mesmo em um período tão controverso, certas áreas acumularam resultados superiores a 2019, um dos melhores anos em faturamento da história.

Um exemplo desse sucesso é o setor de “Casa e Construção”. De acordo com dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF), sobre o terceiro trimestre, o segmento conseguiu uma alta de quase 23% em comparação com 2019. Além disso, houve também um aumento no número de unidades.

Outra área que conseguiu aumentar seu faturamento, assim como seu número de unidades, foi o de “Serviços e outros negócios”. Esse segmento agrupar diferentes nichos. Um dos fatores para números tão atrativos foi a nova maneira de consumo, assim como novos modelos de negócio.

Vale destacar também que o segmento de “Saúde, Beleza e Bem-Estar”, apesar de uma leve queda no número de unidades, conseguiu fechou o terceiro trimestre com um faturamento próximo a 10% quando comparado com 2019.

Por fim, o segmento de “Comunicação, Informática e Eletrônicos” fechou o período com alta de 4,5%, demonstrando a vantagem de oferecer produtos digitais para um mercado cada vez mais digital.

Como ter um negócio próprio com pouco dinheiro?

Mesmo sabendo escolher a área para investir, nem todo mundo tem um grande capital disponível para isso. Porém, o que muitas dessas pessoas não sabem é que existe a opção de investir em franquias. Como resultado, as vantagens desse tipo de negócio acabam passando despercebidas.

O início da sua jornada pode estar logo ali. Existem alguns caminhos a seguir que vão facilitar a sua busca. Caso nunca tenha pensado nisso, saiba que estamos falando do modelo de negócio mais seguro do Brasil, de acordo com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

Segundo o levantamento feito pelo órgão, apenas 15% das unidades franqueadas fecham as portas em um período de 10 anos. Ao mesmo tempo, marcas que iniciaram o processo do zero registraram uma taxa de mortalidade cinco vezes maior. Todavia, mesmo com esses números, é preciso tomar alguns cuidados.

Pesquisar bastante

Vemos um homem trabalhando em sua casa. Ele está em seu escritório, em frente a um computador. É noite. Ele tem abajures e pequenas lâmpadas-luminárias acesas. Seu semblante é sério e determinado. Alguns objetos que podemos notar: uma estante com objetos e livros, um headphone e celular sobre a mesa (imagem ilustrativa). Texto: montar um negócio lucrativo.
Faça uma pesquisa detalhada sobre onde deseja investir depois de entender qual é o seu perfil empreendedor.

Seja para abrir um empreendimento sozinho ou apostar numa franquia, é preciso pesquisar bastante sobre a área e suas vantagens. Você tem que considerar diversas questões como a necessidade da sua região, seu público e as possibilidades de crescimento, e não só abrir um negócio porque acha que vai dar certo.

No caso das franquias, essa pesquisa deve ser feita com a franqueadora. Como ela é vista pelos clientes? As pessoas gostam dos produtos ou serviços dela? Sabem o que ela oferece? São perguntas simples, mas muito importantes, pois suas respostas vão influenciar sua jornada diretamente.

Importante destacar que o empresário que optar por iniciar algo do zero precisa montar um plano de negócio sozinho e, com isso, avaliar diversas questões antes de tirar o projeto do papel. Esse é um trabalho que não precisa ser feito na hora de abrir uma franquia. Falaremos disso mais adiante.

Se planejar

O segundo passo para conseguir montar uma empresa lucrativa é fazer o planejamento detalhado das suas operações. Esse processo faz parte do futuro plano de negócio. Apenas dessa forma você vai conseguir analisar a viabilidade do empreendimento. Ou seja, vale a pena ou não continuar?

Muitos empresários acabam desistindo, pois não conseguem sustentar a ideia inicial. Assim, ao se deparar com os custos para fazer “o negócio girar”, eles acabam se assustando. Com um bom planejamento, você saberá quais são suas limitações financeiras e suas estratégias para o crescimento.

Não deixe nada escapar. Faça uma analise minuciosa de tudo que envolve a sua ideia e, além disso, não tenha pressa para fazer tudo funcionar. Apenas inicie suas operações quando tiver a mínima certeza de que tudo está dando certo.

No caso das franquias, seu valor do investimento é facilmente mensurado. As próprias franqueadoras oferecem uma relação dos valores que serão gastos e o tipo de trabalho que irão exercer. Por causa disso, em questão de dias, você pode tem o empreendimento pronto para o seu público.

Preferir o home office

A próxima dica é valiosa para todo mundo que sonha em ter um negócio, mas ainda não possui muito dinheiro para isso. O caminho mais barato é trabalhar em casa, no modelo home office. Dessa forma, você não precisará se preocupar com reforma, aluguel de espaço, sistemas de segurança, funcionários etc.

Todos esses pontos são responsáveis por encarecer um projeto. Não à toa, recomenda-se que todo empreendimento só comece a funcionar com um capital de giro disponível. Essa reserva é responsável por manter a empresa funcionando nos primeiros meses de operação, quando os resultados ainda estão distantes do esperado.

As franquias que oferecem esse modelo de negócio possuem um investimento baixo e o franqueado precisa apenas arcar com as despesas mensais que constam no contrato.

Pensar em franquias

Dentre as dicas para montar um negócio lucrativo, falamos das franquias e a diferença de iniciar algo do zero. Agora, vamos explicar brevemente como esse tipo de negócio funciona e porquê ele é uma boa solução de investimento.

É por meio do sistema de franchising que uma empresa consolidada no mercado pode expandir sua área de atuação de maneira fácil e barata. Afinal, imagine administrar diversas lojas ao mesmo tempo? Certamente o trabalho seria dobrado e as chances de sucesso seriam menores.

Dessa forma, ele permite que empresários terceiros explorem comercialmente os produtos e serviços oferecidos no catálogo. Em troca, o franqueado precisa seguir os padrões e diretrizes estabelecidas pela franquia. Ao mesmo tempo, a marca oferece treinamentos e suportes ao empreendedor.

Apesar de limitar as ações em diferentes frentes, as franquias são consideradas modelos semi-independentes. Ou seja, todas as questões que envolvem a gestão e administração do negócio são de responsabilidade do franqueado. Todo esse controle é fundamental consolidação da rede.

No caso das franquias, você não precisa se preocupar com o plano de negócio, com a identidade visual da sua empresa etc. Tudo isso é de responsabilidade da franqueadora. Até as campanhas de divulgação são montadas por ela. Graças a essas características é que o franchising é tão seguro.

Dicas FUNDAMENTAIS para montar um negócio lucrativo

Uma mulher negra, muito bem vestida, está em sua casa, nos aparenta. Ela está de frente para o seu computador, realizando uma pesquisa, ao que parece, com um leve sorriso no rosto (imagem ilustrativa). Texto: montar um negócio lucrativo.
Existem algumas questões merecem atenção na hora de abrir um negócio, principalmente no home office.

Encontrar um negócio barato de investir não é tão difícil quanto parece. Para isso, é preciso pensar nas suas limitações e como o mercado funciona. Como vimos, você deve considerar diferentes frentes para encontrar o negócio perfeito: o perfil ideal, a área de atuação, a estratégia etc.

Mas tudo isso só será possível se você conseguir desenvolver bem as dicas que vamos passar a seguir.

Planeje suas finanças e metas

É fundamental para qualquer empresário fazer um bom planejamento financeiro. A principal questão é que você não deve pensar nisso apenas por causa do investimento que está prestes a fazer. A noção sobre o dinheiro tem que ser uma questão constante na sua vida pessoal também.

Portanto, tire um tempo para entender as suas despesas. Estamos falando de um planejamento futuro que dará conta tanto de seus gastos pessoais, quando àqueles relacionados ao seu negócio. Qualquer falha pode gerar prejuízos.

Sendo assim, faça um levantamento sobre gastos desnecessário e o que é realmente essencial para sua vida. Crie metas. Comece eliminando pequenas compras que são vistas como uma vaidade. Logo no primeiro mês você notará a diferença.

Faça uma negociação com as prestadoras de serviços como televisão, telefone e internet. Busque por condições melhor e mais barata para você. Se for o caso, troque os serviços que ultrapassam o orçamento.

Por fim, não tenha receio de negociar nada, sobretudo suas dívidas. Os credores só querem receber o que é deles. Tente encontrar uma maneira mais tranquila para quitar suas dívidas.

Pesquise bem o mercado

Diferentemente do que falamos no começo do artigo, a pesquisa aqui tem relação com o nicho que você deseja atuar. Os segmentos possuem diversas opções para atuação. Por exemplo, se você gosta de manutenções de carro, não há motivos para apostar numa franquia de motos, certo?

Entenda o seu perfil empreendedor

Conhecer o seu perfil fará toda a diferença. Um bom empresário precisa conhecer suas limitações e encontrar maneiras de resolver essas pendências. O primeiro passo para o sucesso é reconhecer que sempre há o que aprender.

Além disso, essa postura é bem vista pelos demais colaboradores e funciona como incentivo para que seu quadro de funcionários também busque pelo aperfeiçoamento profissional.

Escolha algo em que você goste de trabalhar

Nunca escolha um negócio apenas pelo retorno financeiro que ele pode oferecer. Foque nos seus objetivos e sonhos. Ou seja, se você não gosta de trabalhar com saúde, e prefere atuar com manutenção de computadores, não resta dúvidas. O dinheiro é capaz de mascarar outros problemas estruturais.

Pois, empresário que olha apenas para esse lado, além de menosprezar a luta e as dificuldades para alcançar os resultados esperados, tem maiores chances de desistir perdendo, assim, todo o tempo e dinheiro investidos. Foque no que você gosta e sonha. O dinheiro virá como resultado.

Estabeleça um plano de negócios detalhado

Duas pessoas tocam seus punhos cerrados. Aparentemente eles acabaram de planejar suas estratégias.
O plano de negócio é fundamental para o desenvolvimento do seu empreendimento.

O plano de negócio nada mais é do que uma de informações sobre os riscos do seu empreendimento, seus concorrentes e a analise do perfil dos seus futuros clientes. Em suma, ele também explica o que é a sua empresa, seu produto ou serviço e os resultados esperados.

Como vimos, esse documento é fundamental para montar um negócio lucrativo. No caso das franquias, ele vem pronto e o empresário precisa apenas como colocá-lo em prática.

Importante destacar que o plano de negócio precisa ser atualizado com frequência. Ele se molda de acordo com a evolução do mercado. O que você projetou hoje será muito diferente daqui a um ano. Algo que o franqueado não precisa se preocupar, uma vez que essa atualização é feita pela marca que ele representa.

3 franquias para montar um negócio lucrativo agora mesmo

Por fim, todas as franquias iniciaram sua história com um plano de negócio estabelecido que, ao longo dos anos, foi sendo aprimorado. Toda essa estrutura é apresentada no documento conhecido como Circular de Oferta de Franquia (COF).

A importância desse documento é tamanha que, de acordo com a Lei de Franquias, ele precisa ser entregue pelo menos 10 dias antes da assinatura do contrato. Graças a ele, você tem condição de fazer um planejamento mais detalhado e fiel à realidade.

Dessa forma, apresentamos agora as opções de franquias lucrativas para você investir agora mesmo!

1. Acquazero

A Acquazero nasceu em 2009 com o intuito de levar a lavagem a seco para todas as camadas da sociedade. Apesar de existirem marcas que faziam esse trabalho, os valores cobrados por elas eram muito altos. Isso afastava uma grande parcela de clientes.

Assim, a marca desenvolveu a sua própria tecnologia e começou a oferecer um serviço mais em conta. Dessa forma, não demorou muito para a franqueadora crescer e se expandir para cidades. Em pouco tempo, já haviam diversas unidades franqueadas pelo Brasil.

Todavia, o grande boom da marca aconteceu durante a crise hídrica que atingiu o Brasil durante os anos de 2014 e 2016. Nesse período, diversos municípios e estados precisaram adotar o rodízio de água. Buscando uma solução mais sustentável, muitos motoristas passaram a procurar a Acquazero. 

Com isso, não demorou muito para a marca passar a ser considerada a maior rede de estética automotiva do Brasil. Além de lavar carros economizando mil vezes mais que um lava jato tradicional, a franqueadora oferece serviços para motos, ônibus, caminhões, barcos, aviões e alguns objetos domésticos.

O empresário que se interessar pelo empreendimento pode optar pelos modelos home office, em que ele vai até o cliente realizar os serviços contratados, ou a loja física. Nesse formato, o empresário tem acesso a um espaço para atender diversos veículos ao mesmo tempo.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 18 mil
  • Faturamento médio mensal: aproximadamente R$ 70 mil
  • Prazo de retorno: entre 3 e 24 meses

Para conhecer um pouco mais sobre a Acquazero, separamos o vídeo a seguir que explica todas as possibilidades desse negócio. Confira!

2. Quisto Corretora de Seguros

Para quem busca montar um negócio lucrativo como corretora de seguros, temos a Quisto. A empresa é reconhecida por oferecer uma variedade de serviços e permitir que o franqueado tenha bons ganhos, mesmo em pouco tempo de atuação.

Para se ter uma ideia, são mais de 90 opções no catálogo da franqueadora. Entre eles estão os tradicionais seguros e soluções financeiras como consórcios e financiamentos. Sem contar na venda de planos de saúde e odontológico. Tudo isso só é possível graças à rede de parceiros da marca.

São mais de 30 segurados que trabalham com a Quisto. Entre elas estão empresas tradicionais como a Porto Seguro, Unimed, SulAmérica, Golden Cross, Allianz, Zurich, Mapfre, HDI Seguros, Azul Seguros, Amil etc. Diante dessa variedade, o franqueado conta com um sistema exclusivo da Quisto.

Por meio desse software, o empresário consegue gerar mais de 20 cotações ao mesmo tempo oferecendo, assim, a possibilidade de o cliente optar pela seguradora que oferecer o melhor custo-benefício para ele. Isso traz mais transparência, tranquilidade e confiabilidade para o processo.

Vale destacar que o franqueado não paga nada a mais para ter acesso ao sistema. Por fim, outra vantagem de apostar na marca está relacionado a sua política de comissionamento, uma das melhores do mercado. Isso torna o negócio ainda mais rentável.

Quem quiser abrir a sua própria unidade Quisto pode optar pelo modelo home office ou abrir uma loja física. Ambos os formatos possuem boas condições de investimento.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 18 mil
  • Faturamento médio mensal: aproximadamente R$ 50 mil
  • Prazo de retorno: entre 6 e 18 meses

3. Echosis

Trabalhar com marketing digital pode ser a saída para quem busca montar um negócio lucrativo. Uma oportunidade de negócio nessa área é a Echosis. A franqueadora é responsável por oferecer diversos serviços como redes sociais, Google Adwords, geração de leads, automação, produção de conteúdo etc.

O sucesso da marca é tamanho que, ao longo de seus mais de 10 anos de história, já são mais de 35 unidades no Brasil, tendo a Echosis iniciado seu processo de internacionalização. Vale destacar que o segmento da empresa está entre as tendências para o ano.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 19,9 mil
  • Faturamento médio mensal: não informado
  • Prazo de retorno: entre 6 e 14 meses

Ao longo do texto, você pôde analisar um pouco as estratégias para conseguir empreender sem gastar muito. Ou seja, você precisa pensar no seu perfil empreendedor, no que gosta de fazer e ter um bom planejamento financeiro para conseguir o sucesso esperado.

Além disso, é muito importante realizar uma pesquisa para encontrar a melhor solução para o seu empreendimento. Seja ele uma franquia ou negócio aberto do zero, o caminho deve ser analisado com cuidado para evitar contratempos.

Gostou do nosso conteúdo sobre como montar um negócio lucrativo? Deseja conhecer mais sobre esse universo? Confira o artigo que preparamos sobre “Como ganhar dinheiro com franquia? Dicas infalíveis!

Franquias internacionais: conheça as franquias de sucesso no Brasil

Artigo anterior

Invista bem! Conheça agora 7 franquias que dão certo

Próximo Artigo

Comentários

Comentários não permitidos.