O maior Portal de divulgação de Franquias do Brasil!

Entenda como funciona uma fusão de franquias e suas vantagens

Acesse uma parte específica do artigo

A imagem mostra em primeiro plano o aperto de mãos entre duas pessoas vestindo terno preto e relógio. Ao fundo imagem 3D. Ilustração do texto sobre fusão de franquias.

Entenda como funciona uma fusão de franquias e suas vantagens

Muitas empresas recorrem à fusão de franquias para conseguir expandir a sua área de atuação. Assim, conseguem oferecer um empreendimento mais seguro para seus franqueados. Esse recurso traz diversas vantagens tanto para a marca como para o empreendedor. É sobre isso que falamos neste conteúdo.

Em 2020, houve um aumento de 48% das fusões e aquisições de marcas no mercado brasileiro, comparado aos cinco anos anteriores. Isso segundo dados da ABF (Associação Brasileira de Franchising). Apesar dos números não especificarem apenas informações de franquias, é possível sentir tal impacto no setor.

Advertisement

A fusão entre duas empresas é uma das estratégias mais utilizadas nos últimos anos para quem deseja expandir seus negócios ou se consolidar no mercado. Diferente de uma compra de empresas, elas se tornam parceiras, em que cada uma delas terá uma parte na administração da nova marca.

Advertisement

Para que você possa entender melhor como esse processo funciona e suas vantagens, preparamos o texto a seguir. Acompanhe a leitura!

O que é a fusão de franquias? Como ela funciona?

A fusão de franquias é uma estratégia utilizada por marcas que desejam ampliar a sua atuação no mercado e, assim, “bater de frente” com os concorrentes diretos.

Quando uma franquia utiliza essa estratégia, ela necessariamente precisa considerar pontos em comum que vão facilitar e potencializar suas vendas. Não existe um número máximo de uniões que pode acontecer, ou seja, uma única empresa pode se tornar parte de um negócio com quantas marcas achar necessário.

Importante destacar que a fusão não funciona como a aquisição de uma marca. Nesse processo, existe a compra de parte ou de toda a operação de uma determinada empresa. Geralmente, essa empresa tem operações diferentes, mantendo-a ou não em atividade com o mesmo nome.

Porém, quando falamos de fusão, as coisas são um pouco diferentes.

Neste caso, as duas partes se unem para criar uma nova empresa. Assim, as marcas distintas, que tendem a ter o mesmo porte, se unem por meio da permuta de ações. Dessa forma, ambas têm a possibilidade de aumentar as suas operações e alavancar suas vendas.

Essa junção entre as partes tende a oferecer um aumento na competitividade de seus produtos e serviços, além de diminuir custos.

Vale destacar que toda fusão precisa da aprovação dos órgãos reguladores. Isso acontece pois existem segmentos que podem ter poucos concorrentes e, assim, reduzir as chances de escolha do consumidor.

Como a fusão de franquias funciona?

Para que ocorra uma fusão, os empreendimentos envolvidos precisam fazer uma avaliação bem detalhada e estudar os impactos que essa nova união poderá gerar. Geralmente, essas empresas realizam um planejamento interno para que a transição seja efetivada.

Os pontos avaliados são tempo de atuação, carteiras de clientes, capital humano, posicionamento no mercado etc.

Importante destacar também que esse processo só ocorre quando as empresas possuem a mesma cultura organizacional. Afinal, se essa característica for diferente, a tendência é a geração de conflitos que podem ocasionar em uma ruptura.

Assim, a melhor maneira para garantir que todos esses pontos sejam cumpridos, e da melhor forma possível, é por meio da firmação de contratos.

Nesse sentido, diversos pontos precisam ficar bem explicados. Lembre-se que estamos falando de empreendimentos que se unirão. Logo, quem ficará com a gestão? Quem vai cuidar do quê?

Cenário completamente diferente de uma aquisição, pois a empresa que comprou assume tudo e não é necessário ter nenhum tipo de contrato separando as funções de cada uma.

Vantagens da fusão de franquias para franqueadores e franqueados

A fusão de franquias oferece alguns benefícios que geram impacto diretamente aos franqueados. Afinal, estamos falando de empresas que vão se unir para ampliar a sua atuação e, como consequência, se tornarão mais fortes no mercado.

Crescimento da área de atuação

Podemos dizer que o primeiro grande benefício de uma fusão está relacionado ao aumento da abrangência das marcas envolvidas. Esse é o principal ponto que torna as franquias empreendimentos tão atrativos.

Afinal, essa é a chance que o empresário tem para entrar no mercado com um movimento e alcance de público diferenciado. É algo que não ocorre quando se opta por abrir algo do zero.

Mesmo que as empresas atuem no mesmo ramo, cada uma possui sua cartela de público. Dessa forma, ela consegue ampliar suas vendas e ainda levar mais pessoas para as franquias.

Novos nichos

Sabemos que as empresas atuam em nichos diversificados e mesmo as concorrentes diretas podem focar suas atividades em outras áreas.

Quando as marcas optam por fazer uma fusão, elas tendem a utilizar o know-how das demais partes do negócio para conseguir se inserir em um determinado nicho. Para o franqueado, as vantagens ficam ainda mais evidentes quando passamos a analisar esse ponto.

Um exemplo. O que estava voltado para um público X, agora possui expertise suficiente para entender e oferecer as melhores condições para o Y. Isso sem precisar passar por longos e incertos processos de mudanças.

Redução dos custos e aumento da receita

Como consequência da ampliação na cobertura e diversificação do mercado, outro ponto acaba se sobressaindo: as receitas do franqueado e da franqueadora tendem a crescer.

Esse é um movimento fácil de ser previsto e é o principal objetivo dos empreendimentos que buscam fazer a fusão de franquias. Mas, além disso, os custos serão menores.

Como as partes estão envolvidas em um empreendimento mais atrativo no mercado, eliminam os desperdícios e reduzem os gargalos do negócio. Assim, um novo modelo de empreendimento acaba sendo desenvolvido.

Isso resultará em algo ainda mais atrativo, com produtos e serviços de preços mais competitivos e condizentes.

Maiores possibilidades de sucesso

Tendo as duas frentes em questão, tanto empresários, quanto franqueados, terão melhores condições de atuar no mercado. Para explicar esse ponto, precisamos voltar brevemente nas vantagens da franquia para o empreendedor.

Ao optar por esse modelo de negócio, ele recebe treinamentos e suportes com o intuito de transmitir todo o conhecimento da marca para ele. Assim, mesmo com pouca ou nenhuma experiência, ele terá todas as condições de entrar no mercado, começar a atuar e obter os resultados esperados.

Agora, tendo à frente um empreendimento que se fundiu, novas atividades serão propostas e o empresário se tornará ainda mais preparado para o negócio. Vale destacar que, devido a essa junção, a empresa que surge se torna maior que as demais que se uniram.

Dessa forma, questões como volume de vendas, número de clientes, produção de produtos, atendimentos, entre outros pontos, aumentam. É algo que demonstra maior robustez e confiança para o mercado.

Redução do risco de falência

Todas essas vantagens que apresentamos até aqui irão permitir que ambas as partes, franqueados e franqueadora, tenham um risco reduzido no mercado. Principalmente diante de um segmento com alta competitividade, em que qualquer ganho faz diferença no final das contas.

O processo de fusão é muito comum em empresas que estão começando suas atividades, possuem pouco tempo de experiência e querem se tornar grandes negócios. Dessa forma, elas buscam parceiras para unir as expertises e, assim, criar uma nova marca ainda maior.

Vale destacar que as vantagens também afetam diretamente os franqueados. Eles terão um empreendimento ainda mais seguro, com boas perspectivas e resultados realmente atrativos.

Para quem ainda tem dúvidas sobre o que é ou como investir em uma franquia, a dica é aproveitar o curso do Guia Prático Sobre Franquias. Com aulas 100% online, ele oferece um passo a passo objetivo e completo para ajudar na sua jornada. Clique aqui e acesse o material.

Apesar de todas as vantagens que envolvem a fusão de franquias tanto para franqueados como para franqueadoras, existem também alguns desafios. Confira abaixo os possíveis obstáculos que podem surgir e entenda como contorná-los!

Quais os desafios da fusão de franquias?

A fusão de franquias pode ser um processo desafiador, envolvendo diversos obstáculos que exigem cuidado e planejamento adequados. Um dos principais desafios é a integração das culturas empresariais das franquias envolvidas.

É essencial alinhar os valores, as práticas e as políticas para garantir uma transição harmoniosa.

Outro desafio é a gestão da comunicação durante o processo de fusão. É importante manter os franqueados e demais stakeholders informados sobre as mudanças e os benefícios da fusão.

A transparência e a clareza nas comunicações são essenciais para garantir o engajamento e a confiança de todos os envolvidos.

Outra coisa que pode representar um desafio significativo é a padronização dos processos. Cada franquia pode ter suas próprias formas de operar, o que pode gerar conflitos e dificuldades de integração. É necessário definir um plano de transição gradual, identificando as melhores práticas e estabelecendo um modelo operacional unificado.

A harmonização dos sistemas e tecnologias utilizadas por cada franquia é mais um desafio a ser enfrentado. A fusão requer a integração de sistemas, como os de gestão, finanças e logística.

Por isso, é necessário investir em infraestrutura tecnológica adequada e garantir a compatibilidade dos sistemas para uma operação eficiente e sem interrupções.

Por fim, os desafios jurídicos e regulatórios também devem ser considerados. É necessário avaliar os contratos existentes, as obrigações legais e as autorizações necessárias para a fusão. O apoio de profissionais especializados em direito empresarial é essencial para garantir a conformidade legal durante todo o processo.

Dessa forma, a fusão de franquias apresenta desafios significativos, desde a integração cultural até a gestão da comunicação, harmonização dos sistemas etc. Superá-los exige planejamento cuidadoso, comunicação eficaz e trabalho colaborativo.

Agora que você já conhece o processo e as vantagens que envolvem a fusão de franquias, já pode planejar ampliar seu leque de oportunidades como empreendedor.

Advertisement

Acompanhe o mercado

A mais lidas hoje