Destaques ★Franchising

Entenda como funciona uma fusão de franquias e suas vantagens

Homens e mulher de negócios apertando as mãos selando um acordo. Imagem ilustrativa texto fusão de franquias.

Muitas empresas recorrem à fusão de franquias para conseguir expandir a sua área de atuação e, assim, oferecer um empreendimento mais seguro para seus franqueados.

Existem diversos segmentos no mercado para começar um novo negócio, mas conseguir o destaque entre o público é algo bem complicado.

As empresas que conseguem passar das primeiras ondas precisam continuar se movimentando constantemente para manter o empreendimento no caminho do crescimento. Uma das estratégias utilizadas para isso é a fusão.

Advertisement

Assim, elas se unem a outras marcas para criar uma terceira. Diferentemente de uma compra de empresas, elas se tornam parceiras, em que cada uma delas terá uma parte na administração da nova marca.

Para que você possa entender melhor como esse processo funciona e suas vantagens, preparamos o texto a seguir. Acompanhe a leitura.

O que é a fusão de franquias? Como ela funciona?

A fusão de franquias é uma estratégia utilizada por marcas que desejam ampliar a sua atuação no mercado e, assim, bater de frente com os concorrentes diretos.

Quando uma franquia utiliza essa estratégia, ela necessariamente precisa levar em consideração pontos em comum que vão facilitar e potencializar suas vendas. Não existe um número máximo de uniões que pode acontecer, ou seja, uma única empresa pode se tornar parte de um negócio com três, quatro, cinco ou quantas marcas achar necessário.

Importante destacar que a fusão não funciona como a aquisição de uma marca. Nesse processo, existe a compra de parte ou de toda a operação de uma determinada empresa, geralmente com operações diferentes, mantendo-a ou não em atividade com o mesmo nome.

Porém, quando falamos de fusão, as coisas são um pouco diferentes.

Neste caso, as duas partes se unem para criar uma nova empresa. Assim, as marcas distintas, que tendem a ter o mesmo porte, se unem por meio da permuta de ações. Dessa forma, ambas têm a possibilidade de aumentar a suas operações e alavancar suas vendas.

Essa junção entre as partes tende a oferecer um aumento na competitividade de seus produtos e serviços, além de diminuir custos. Vale destacar que toda fusão precisa da aprovação dos órgãos reguladores.

Isso acontece, pois existem segmentos que podem ter poucos concorrentes e, assim, reduzir as chances de escolha do consumidor.

Como a fusão de franquias funciona?

Imagem de quebra cabeça simbolizando a união de empresas (imagem ilustrativa). Texto: fusão de franquias.
A fusão é uma estratégia utilizada por marcas com o intuito de aumentar a competitividade.

Para que ocorra uma fusão, os empreendimentos envolvidos precisam fazer uma avaliação bem detalhada e estudar os impactos que essa nova união poderá gerar. Geralmente, essas empresas realizam um planejamento interno para que a transição seja efetivada.

Os pontos avaliados são tempo de atuação, carteiras de clientes, capital humano, posicionamento no mercado etc. Importante destacar também que esse processo só ocorre quando as empresas possuem a mesma cultura organizacional.

Afinal, se essa característica for diferente, a tendência é a geração de conflitos que podem ocasionar em uma ruptura. Assim, a melhor maneira para garantir que todos esses pontos sejam cumpridos, e da melhor forma possível, é por meio da firmação de contratos.

Nesse sentido, diversos pontos precisam ficar bem explicados. Lembre-se que estamos falando de empreendimentos que se unirão. Logo, quem ficará com a gestão? Quem vai cuidar do que?

Cenário completamente diferente de uma aquisição, pois a empresa que comprou assume tudo e não é necessário ter nenhum tipo de contrato separando as funções de cada uma.

Vantagens da fusão de franquias para franqueadores e franqueados

A fusão de franquias oferece alguns benefícios que geram impacto diretamente nos franqueados. Afinal, estamos falando de empresas que vão se unir para ampliar a sua atuação e, como consequência, se tornarão mais fortes no mercado.

Crescimento da área de atuação

Podemos dizer que o primeiro grande benefício de uma fusão está relacionado ao aumento da abrangência das marcas envolvidas. Esse é o principal ponto que torna as franquias empreendimentos tão atrativos.

Afinal, essa é a chance que o empresário tem para entrar no mercado com um movimento e alcance de público diferenciado, algo que não ocorre quando se opta por abrir algo do zero.

Mesmo que as empresas atuem no mesmo ramo, cada uma possui sua cartela de público. Dessa forma, ela consegue ampliar suas vendas e ainda levar mais pessoas para as franquias.

Novos nichos

Sabemos que as empresas atuam em nichos diversificados e mesmo as concorrentes diretas podem focar suas atividades em outras áreas.

Quando as marcas optam por fazer uma fusão, elas tendem a utilizar o know how das demais partes do negócio para conseguir se inserir em um determinado nicho. Para o franqueado, as vantagens ficam ainda mais evidentes quando passamos a analisar esse ponto.

O que estava voltado para um público X, agora possui expertise suficiente para entender e oferecer as melhores condições para o Y, sem precisar passar por longos e incertos processos de mudanças.

Redução dos custos e aumento da receita

Como consequência dessa ampliação na cobertura e diversificação do mercado, outro ponto acaba se sobressaindo: as receitas do franqueado e da franqueadora também vão crescer.

Esse é um movimento fácil de ser previsto e é o principal objetivo dos empreendimentos que buscam fazer a fusão de franquias. Mas, além disso, os custos serão menores.

Como as partes estão envolvidas em um empreendimento mais atrativo no mercado, que elimina os desperdícios e reduz os gargalos do negócio, um novo modelo de empreendimento acaba sendo desenvolvido.

Isso resultará em algo ainda mais atrativo, com produtos e serviços de preços mais competitivos e condizentes.

Maiores possibilidades de sucesso

Um pessoa entrega a outra vários saquinhos com cifrões desenhados.
Graças ao processo de fusão, as chances de sucesso do franqueado e da nova marca serão maiores.

Tendo as duas frentes em questão, tanto empresários, quanto franqueados, terão melhores condições de atuar no mercado. Para explicar esse ponto, precisamos voltar brevemente nas vantagens da franquia para o empreendedor.

Ao optar por esse modelo de negócio, ele recebe treinamentos e suportes com o intuito de transmitir todo o conhecimento da marca para ele. Assim, mesmo com pouca ou nenhuma experiência, ele terá todas as condições de entrar no mercado, começar a atuar e obter os resultados esperados.

Agora, tendo à frente um empreendimento que se fundiu, novas atividades serão propostas e o empresário se tornará ainda mais preparado para o negócio. Vale destacar que, devido a essa junção, a empresa que surge se torna maior que as demais que se uniram.

Dessa forma, questões como volume de vendas, número de clientes, produção de produtos, atendimentos, entre outros pontos, aumentam, oferecendo maior robustez e confiança para o mercado.

Redução do risco de falência

Todas essas vantagens que apresentamos até aqui irão permitir que ambas as partes, franqueados e franqueadora, tenham um risco reduzido no mercado. Principalmente, diante de um segmento com alta competitividade, em que qualquer ganho faz diferença no final das contas.

O processo de fusão é muito comum em empresas que estão começando suas atividades, possuem pouco tempo de experiência e querem se tornar grandes negócios. Dessa forma, elas buscam parceiras para unir as expertises e, assim, criar uma nova marca ainda maior.

Vale destacar que as vantagens também afetam diretamente os franqueados, que terão um empreendimento ainda mais seguro, com boas perspectivas e resultados realmente atrativos.

Gostou do nosso conteúdo sobre como funciona a fusão de franquias? Deseja aprender mais sobre esse modelo de negócio? Continue explorando o site Top Franquias.

Conheça franquias on-line para investir e lucrar sem sair de casa

Artigo anterior

Franquia de financeira: 5 opções que valem a pena investir

Próximo Artigo

Comentários

Comentários não permitidos.