Destaques ★FranchisingSegmento: Moda

Franquias de moda: vale a pena investir? Em quais marcas?

Mulher analisando dados da sua loja em frente a uma arara de roupas. Imagem ilustrativa texto franquias de moda

Apostar em franquias de moda para empreender pode ser uma grande oportunidade para quem busca mudar de vida. O segmento não é um dos mais ricos à toa, uma vez que conta com toda uma estrutura que auxilia no desenvolvimento dos empreendimentos.

Todo ano, novas modas surgem ou antigas retornam. Passamos por momentos em que calça boca de sino era descolada, ternos com ombreiras fora considerado algo inovador, ou as tradicionais tomara que caia e os croppeds.

Com isso, muitas pessoas que sonham em ter sua própria loja podem acabar ficando assustadas, diante da velocidade com que as coisas acontecem. Afinal, estar atento a todas as mudanças que acontecem não é uma tarefa fácil. Porém, existe algo que facilita muito a vida dos empreendedores: as franquias.

Graças a elas, os franqueados não precisam se preocupar com criação de peças, mas em oferecer o melhor atendimento aos clientes para, então, realizar as vendas.

Nesse sentido, preparamos o texto a seguir para demonstrar as vantagens desse investimento e, ao final, listamos algumas opções no mercado. Acompanhe a leitura.

Vantagens de investir em franquias de moda

As franquias de moda são empreendimentos que oferecem diversas vantagens para quem opta por elas. Não é apenas o fato de estar ao lado de uma grande marca, mas também a oportunidade de entrar em um setor com resultados expressivos e boas chances de crescimento.

Setor de moda sempre em alta

O início de 2020 não foi nada bom para os varejistas. A crise que assolou o mundo e surpreendeu a todos acabou gerando resultados negativos. De acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF), o segmento da Moda fechou o primeiro semestre do ano com um faturamento quase 70% menor.

Porém, estamos falando de um segmento cujo consumo não para. Para se ter uma ideia, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o brasileiro percorria, em média, 78 km para comprar roupas, o que demonstra certo apreço pelos produtos.

Da mesma forma, análise da Kantar Worldpanel aponta que a população do país compra quase cinco peças de roupa a cada dois meses. O resultado dessas amostras vai ao encontro dos dados levantados pela ABF sobre o terceiro trimestre de 2020, período em que o segmento voltou a crescer.

Apesar de registrar um faturamento menor, se comparado com 2019, considerando que esse foi o melhor ano para o franchising, desde 2015, é possível identificar uma melhora nos resultados. Muito desse sucesso pode ser também atrelado às novas estratégias de vendas pela internet, por exemplo.

Variedade de produtos para venda

Uma das grandes vantagens de apostar em franquias de moda, e que auxilia nos bons resultados, é sua variedade de produtos. Isso acontece, pois o segmento, em sua maioria, se movimenta de acordo com as estações do ano. Dessa forma, as empresas tendem a reformular suas coleções, pelo menos, a cada três meses.

Ou seja, há um grande retorno financeiro, o que acaba impactando no empresariado. E caso não tenha vendido todas as peças da coleção anterior, as franqueadoras também fazem promoções para limpar o estoque, sendo mais uma boa ação para atrair o público à loja.

Para se ter uma ideia da importância dessa rotatividade de produtos, existem empresas que lançam mais de quatro coleções por ano (ou até mesmo o dobro). Outra notícia boa é que todo trabalho de produção do catálogo é de responsabilidade da franqueadora, ficando você a cargo só da venda.

Público-alvo diverso

Vemos um homem refletido no espelho (na parte inferior da imagem é possível ver parte da sua mão desfocada). Ele segura uma camisa de manga comprida em frente ao corpo enquanto observa o caimento da peça em si mesmo (imagem ilustrativa). Texto: franquias de moda.
Há sempre espaço para novos empreendedores no segmento da Moda, devido a rotatividade natural dos clientes.

O que não falta são lojas de roupas espalhadas pela sua cidade, certamente. Mas, isso não quer dizer que não haja espaço para mais uma. Uma das vantagens desse tipo de empreendimento é a pluralidade que o mercado dá, reduzindo drasticamente a possibilidade de sobrecarga na oferta.

Sempre haverá demanda, desde que sua unidade tenha produtos de qualidade. Esse é um fenômeno que acontece, também, pois a rotatividade de clientes é grande nesse setor, variando de ano em ano, conforme as populações vão atualizando suas preferências. Há quem busque pelo novo, pelo mais em conta, qualidade, beleza etc.

Em outras palavras, o público-alvo das franquias de roupa costuma se diversificar com o passar do tempo. Isso, além de demandar uma reação do mercado quanto às suas capacidades criativas, também renova as perspectivas e os desafios de quem pretende empreender num mercado cujo movimento é constante.

Suporte oferecido pela franqueadora

Uma das grandes vantagens, quando pensamos em franquias, são os suportes oferecidos pela franqueadora. Essa é parte fundamental para o bom desenvolvimento da unidade, mas também da rede como um todo. Graças a essas atividades, as chances de ir à falência são bem menores.

De acordo com o Sistema Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), apenas 15% das franquias fecham antes de completar 10 anos. Em contrapartida, a taxa de mortalidade é quase cinco vezes maior para quem opta por abrir um negócio do zero e completamente sozinho.

O suporte, nesse sentido, funciona oferecendo auxílio e treinamento para os franqueados ao longo da vigência do contrato. Sendo assim, o empresário tem maiores condições de superar as adversidades que possivelmente vão surgir enquanto o negócio de desenvolve.

Marca de franquia já reconhecida pelos consumidores

Podemos dizer que essa seja, possivelmente, a maior vantagem quando o assunto é franquias de moda ou em geral. Ao se associar a uma marca, a tendência é encontrar mais facilidades para atrair o público, sobretudo, se ao seu lado estiver uma franqueadora de muito sucesso.

Se sua região não possui uma unidade da franqueadora, e sendo ela reconhecida por diversas pessoas, ao abrir essa nova loja, a tendência é que esse reconhecimento atraia mais clientes. Nesse sentido, as possibilidades de um largo crescimento no primeiro ano não grandes. Importante destacar que esse respaldo pode acontecer com qualquer unidade franqueada.

Agora, quando você opta por iniciar a sua própria marca, o caminho fica um pouco mais complicado. É necessário construir a identidade visual dela, conhecer as necessidades do seu público, moldar o empreendimento de acordo com o que eles querem. Para obter o sucesso esperado, acaba demorando mais e pode desanimar alguns empresários.

Qual o perfil ideal do franqueado de sucesso na moda?

Não existe um perfil totalmente adequado para trabalhar com moda. Afinal, estamos falando de pessoas e seus diferentes traços. Porém, quando olhamos para o mundo empresarial, é notória a existência de, pelo menos, dois grandes grupos de empreendedores.

A princípio, é possível identificar aqueles mais ligados ao setor de vendas, o que pode resultar em uma conexão mais voltada para o varejo. Geralmente, esses empresários lidam melhor com pessoas, de forma mais direta, conseguem reverter situações facilmente, gostam de atuar na linha de frente do negócio e possuem grande poder de persuasão.

Ao mesmo tempo, temos aqueles que se conectam mais com as questões administrativas do negócio, ou seja, compreendem melhor os números e costumam tomar decisões utilizando-os como base. Com isso, conseguem prever situações financeiras, bem como negociar mais facilmente com fornecedores.

Todavia, é necessário deixar claro que essas duas frentes costumam se complementar. Dessa forma, não existiria um perfil certo ou errado. Em síntese, se podemos falar em um perfil ideal, sem dúvida, seria aquele que busca unir o melhor dos dois mundos.

Em outras palavras, isso quer dizer que você precisa reconhecer seus pontos fortes e ir atrás de melhorias em relação aos seus pontos fracos. Isso afetará diretamente o seu empreendimento rumo ao sucesso.

9 melhores franquias de moda para abrir e lucrar

Agora que você conhece um pouco mais sobre as vantagens de empreender em franquias de moda, chegou o momento de conhecer algumas opções. São diversos empreendimentos que demonstram a variedade do setor entre marcas próprias, revendedoras e grandes ideais que permitirão a qualquer pessoa gerar bons resultados no final do mês.

1. Mardelle

Parte interna de uma loja da Mardelle.  Vemos, à direita, uma enorme variedades de peças nude, entre elas sutiãs, calcinhas, bodys, cintas modeladoras etc. À esquerda temos diversos sutiãs em cores variadas. Ao centro, algumas mesas com peças de calcinha entre brancas, rosas, lilás, pretas e azuis (imagem Ilustrativa). Texto: franquias de moda.
Para quem busca trabalhar com moda íntima, a Mardelle é uma boa opção.

A Mardelle é uma das opções de franquias de moda que estão à disposição no mercado. A empresa surgiu em Minas Gerais, enquanto sua fundadora buscava meios de arcar com seus estudos. Dessa forma, ela optou por vender peças íntimas para suas colegas de faculdade.

O sucesso veio em poucos meses. Com a chegada de um novo sócio, a marca cresceu e, assim, foi possível abrir a primeira loja física na cidade de Betim, região metropolitana de Belo Horizonte. Nesse meio tempo, novas unidades foram inauguradas, dando iniciou a sua jornada entre as franquias.

O grande diferencial da marca, com relação a seus concorrentes, está na qualidade das peças. Trabalhando com fábricas parceiras, a marca consegue contar com aquelas que utilizam tecidos e costuras capazes de transformar o mercado.

Atualmente, a franqueadora oferece, para além da moda íntima feminina, coleções masculinas, infantis, pijamas, moda gestante e plus size. Sendo assim, a empresa disponibiliza um vasto leque de opções de tamanho visando atender a todo tipo de cliente.

O empresário que se interessar poderá optar por dois modelos de negócio. Um mais em conta, voltado para bairros e regiões movimentadas, de estrutura menos robusta. Caso queira algo maior, existe a possibilidade da loja em shoppings, cujo valor de investimento é maior, assim como o espaço.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 206 mil
  • Faturamento médio mensal: aproximadamente R$ 50 mil
  • Prazo de retorno: entre 24 e 36 meses

Para que você conheça um pouco mais sobre essa opção de franquia, separamos o vídeo a seguir com tudo sobre a Mardelle. Confira!

2. Dumond

Entre as franquias de moda disponíveis está a Dumond, especializada em calçados femininos. No mercado desde a década de 1990, a marca conseguiu se consolidar devido a alta qualidade de seus calçados, um padrão que entrega o máximo conforto em seus saltos, sandálias, botas etc.

Para se ter uma ideia do sucesso da empresa, atualmente, são mais de 20 unidades franqueadas e outros 600 pontos de venda multimarcas que levam o nome da empresa. Além do Brasil, a franquia conta com unidades na Costa Rica, Angola, Bolívia e Qatar.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 330 mil
  • Faturamento médio mensal: não informado
  • Prazo de retorno: entre 20 e 30 meses

3. Fuel 

A Fuel é uma empresa voltada para o mercado de óculos de sol, armações e acessórios. Em pleno processo de expansão, a empresa busca dar um up no segmento oferecendo coleções com preços realmente acessíveis aos clientes e produtos de qualidade.

Podemos dizer que o grande diferencial da marca, além dos preços competitivos, é a sua liberdade de criar mais de quatro coleções por ano. Dessa forma, o franqueado tem a oportunidade de ter algo de sucesso em suas mãos.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 120 mil
  • Faturamento médio mensal: não informado
  • Prazo de retorno: entre 6 e 18 meses

4. Caverna do Dino

Um empreendimento para moda infantil, a Caverna do Dino está voltado para quem busca montar algo cujo usuário final são bebês e crianças de pouca idade. Entre as empresas que atuam neste segmento, a franqueadora se destaca por oferecer produtos diversificados em um ambiente acolhedor e totalmente pensado para os pequenos.

Com todo o know-how adquirido ao longo dos anos, a marca oferece para seus franqueados manuais e auxílios diretos para solucionar dúvidas e fazer a unidade decolar, tudo para alcançar grandes resultados. São mais de 40 unidades disponíveis em todo o Brasil.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 170 mil
  • Faturamento médio mensal: aproximadamente R$ 80 mil
  • Prazo de retorno: entre 30 e 40 meses

5. Outlet Lingerie

Uma mulher está em uma loja de roupas íntimas feminina. Na mão direita ela segura duas sacolas enquanto, com a esquerda, pega um sutiã preto do cabide de mostruário.
A Outlet Lingerie oferece diversas marcas em um só lugar e com preços mais atrativo.

A Outlet Lingerie é um empreendimento que não produz as suas próprias peças, mas que revende peças de marcas de renome e grande sucesso a um preço muito mais acessível.

O empresário que desejar se tornar um franqueado da Outlet Lingerie não precisa ter experiência no varejo, pois a própria rede irá capacitá-lo por meio dos treinamentos. Desde 2008 no mercado, são quase 100 unidades franqueadas espalhadas pelo Brasil.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 250 mil
  • Faturamento médio mensal: aproximadamente R$ 70 mil
  • Prazo de retorno: entre 24 e 36 meses

6. ArtWalk 

O empresário que está querendo oferecer produtos, como tênis casuais, esportivos, acessórios, camisetas, meias, bonés, entre outros, fabricados pelas grandes marcas mundiais, tem como opção a Artwalk. A marca é considerada uma das principais lojas de nicho no país.

Assim, ela oferece a possibilidade de atender todos os clientes que buscam estilo e atitude em suas peças. Sem contar na experiência que a marca oferece para todos, por meio de vendedores treinados, capacitados e especializados na cultura sneaker.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 315 mil
  • Faturamento médio mensal: não informado
  • Prazo de retorno: entre 28 e 36 meses

7. Morana

Acessórios como bijuterias, bolsas e lenços também figuras entre as franquias de moda. Um exemplo desse tipo de empreendimento é a Morana. Com quase 20 anos de história, a empresa é conhecida como uma das referências em seu segmento. Não à toa, tem colecionado prêmios pela Associação Brasileira de Franchising (ABF).

Com produtos e peças de alta qualidade, e embaixadores famosos, a marca conseguiu ultrapassar a marca de 320 unidades em diversos lugares do mundo, sendo 270 delas no Brasil. Importante destacar que a Morana oferece um modelo de franquia para cidades a partir de 70 mil habitantes.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 150 mil
  • Faturamento médio mensal: aproximadamente R$ 35 mil
  • Prazo de retorno: entre 18 e 36 meses

8. Puket

A Puket é uma marca conhecia em todo o Brasil por oferecer peças coloridas, descoladas, confortáveis e com estilo próprio. Com linhas de meia, lingeries, homewear, underwear, pijamas, moda praia e acessórios, a empresa conseguiu se destacar e se espalhar pelo Brasil.

Devido ao sucesso do empreendimento no país, não demorou muito para que a marca passasse a oferecer seus produtos em outros países como Bolívia, Paraguai e Peru. Importante destacar que suas peças são feitas para homens, mulheres, crianças, adultos e até recém-nascidos.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 368 mil
  • Faturamento médio mensal: aproximadamente R$ 110 mil
  • Prazo de retorno: entre 24 e 36 meses

9. Hering Store

Certamente você já viu a logo dos dois peixinhos cruzados em diversos pontos do Brasil. Estamos falando de uma das marcas mais antigas e umas das principais franquias de moda do país. Com mais de 140 anos de história, a Hering continua atual, oferecendo produtos de alta qualidade para seus clientes.

Não à toa, são mais de 570 unidades franqueadas, sendo 20 delas em outros países. Diante de tanta história, o franqueado terá acesso a robusto know-how que o ajudará a desenvolver o empreendimento e, assim, caminhar rumo ao sucesso.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 585 mil
  • Faturamento médio mensal: não informado
  • Prazo de retorno: entre 24 e 48 meses

Ao longo do texto, você pôde constatar as diversas vantagens que o segmento da moda oferece para seus empreendedores. Não é apenas o fato de o mercado estar em alta, mas também devido as variedades e a tranquilidade que o negócio oferece. 

Gostou do nosso conteúdo sobre franquias de moda e deseja descobrir outras possibilidades? Acompanhe o artigo “Franquia de loja virtual: veja essas opções para lucrar rápido”.

Você sabe o que é a Taxa de Franquia? 5 dúvidas comuns

Artigo anterior

Franqueado de sucesso: conheça os caminhos para ser bem-sucedido

Próximo Artigo

Comentários

Comentários não permitidos.