O maior Portal de Franquias do Brasil!
Home » Todos Conteúdos » tropicalização de franquias » Nham, Nham: conheça franquias de fast food e outras comidas para investir e lucrar

Nham, Nham: conheça franquias de fast food e outras comidas para investir e lucrar

Sumário

Franquias de fast food podem ser um ótimo investimento, mas é preciso cuidado ao escolher a sua. Quando o empreendedor se identifica com o negócio, ele tem maior chance de sucesso. Acompanhe o texto e descubra várias opções baratas e lucrativas de franquias!

Abrir uma franquia de alimentação pode ser um negócio cheio de atrativos. Segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF), o setor faturou, apenas em 2018, R$ 45,827 bilhões no franchising. O crescimento do ramo foi de 5,9% em relação ao ano anterior.

Já no geral do setor de alimentação, o crescimento foi de 3,5%. A informação é da Associação Nacional de Restaurantes, e considera todo o setor de alimentos fora de casa. Ou seja, não apenas as franquias, mas também os negócios abertos por conta própria.

Os números altos e animadores mostram que o setor de alimentação é um dos mais seguros, e interessantes, para se investir. Mesmo com a instabilidade da economia do País, os bares, restaurantes e fast foods seguem em crescimento.

Outro ponto interessante é a boa receptividade dos brasileiros com o setor de alimentos. Isso se reflete no alto e constante consumo. As estimativas indicam que 34% dos brasileiros gastam com alimentação fora do lar.

O mercado de franquias de fast food 

No franchising, o ramo do fast food é o que mais oferece possibilidades ao franqueado. Principalmente alternativas que cabem no bolso do cliente e que agradam a qualquer paladar.

Há as opções de massas, pizzas, lanches, salgados, doces, pratos da culinária regional, internacional, entre outros.

Mas apesar do que você pode imaginar, o “fast food” não se refere apenas a comidas pouco saudáveis. Na verdade, o termo é amplo, e inclui qualquer tipo de comida rápida, que é servida e consumida de modo simples. 

É cada vez mais comum, por exemplo, empresas de fast food de salada. Assim, o cliente mantém a sua alimentação saudável, mas sem a necessidade de “perder tempo” em um restaurante.

Aproximadamente 80% dos brasileiros têm essa preocupação com a saúde no dia a dia, o que torna seu público em potencial enorme.

Quem tem interesse por franquias de fast food deve ficar atento a alguns detalhes. Para se tornar um bom negócio, a empresa precisa, por exemplo, contar com o suporte da franqueadora. Esse é o ponto básico do franchising: utilizar o plano de negócio de uma empresa que já existe, e contar com ajuda para isso.

O ponto comercial deste tipo de negócio ainda demanda uma excelente estrutura para a cozinha. É preciso obter licenças específicas, como da vigilância sanitária. 

Para que o seu cardápio de franquias de fast food seja variado, listamos 17 deliciosas opções logo mais. Acompanhe e escolha o seu novo investimento!

Por que escolher uma franquia para investir?

A franquia é uma nova unidade de uma marca que já atua no mercado. Para que seu padrão de qualidade seja mantido, a franqueadora promove o treinamento completo da nova equipe. Também auxilia na compra de insumos, no registro legal da companhia, gerenciamento do seu dia a dia e mais.

Outra vantagem de uma franquia é que há menor risco neste investimento. Isso acontece porque o plano de negócio da marca já foi testado e comprovado. Por isso, há menos chances de erros e problemas no gerenciamento do negócio.

Ainda é preciso destacar o prazo menor e previsível de retorno do investimento. Além, é claro, do auxílio na divulgação da empresa. Afinal, a maior parte das franqueadoras cobram taxa de propaganda.

Com o valor, a empresa promove a divulgação das suas franquias nas redes sociais, em panfletos, banners e o que mais ela e o franqueado acharem válido para a publicidade da unidade.

Quer saber mais sobre o modelo de franquia antes de investir? Clique no banner abaixo e confira nosso ebook!

Saiba como abrir uma franquia de fast food

Para que você possa abrir alguma das opções de franquias de fast food presente no mercado, é preciso seguir pelo menos duas dicas importantes. Por meio dessas orientações, os riscos de entrar em um empreendimento com baixa chance de sucesso reduz drasticamente. 

Vale lembrar que as franquias são consideradas os modelos de negócios mais seguros que existem no mercado. De acordo com um levantamento realizado pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), apenas 15% das unidades fecham as portas antes dos 10 anos, enquanto um negócio do zero tem um valor cinco vezes maior. 

Muito dessa segurança acontece por dois fatores principais. Primeiramente, podemos dizer que a transferência de know how e expertise das marcas para os empresários. Essa transferência de conhecimento acontece por meio de treinamentos e suportes especializados. 

Outro ponto muito importante de se observar antes de abrir uma franquia de fast food é analisar com cuidado a Circular de Oferta de Franquia (COF).

Esse documento é responsável por apresentar os principais pontos que envolvem o negócio. Nele, terá acesso a dados como o histórico da marca, taxas, investimento, balanço financeiro etc. 

A Circular precisa ser analisada com bastante cuidado. Por isso, a Lei de Franquias obriga que ela seja entregue pelo menos 10 dias antes da assinatura final do contrato, sob pena de punição para ambas as partes, como a anulação do acordo. Assim, caso tenha alguma dúvida consulte um advogado e tenha calma. 

Para que você conheça todo o passo a passo de como abrir franquia de pizzaria, hamburgueria, saladaria entre outras, separamos o infográfico a seguir. Confira.

Infográfico passo a passo para adquirir uma franquia

Em qual franquia de alimentação investir?

Agora que você conhece um pouco mais sobre as franquias de fast food para investir e os cuidados que devem ser tomados para entrar nesse mercado, separamos uma lista com algumas opções disponíveis.

Mais uma vez, precisamos destacar que o mais importante aqui não é o valor gasto e sim o custo-benefício que cada franqueadora oferece. 

Afinal, como sabemos as franquias precisam estar em perfeito acordo com os ideais e objetivos de seus franqueados.

Essa união passa pela capacidade do empresário de seguir os padrões impostos pelas marcas e nos treinamentos oferecidos pela empresa. Essa atividade visa preparar o empreendedor a conhecer e entender como funciona uma franquia de fast food.

Por causa disso, mesmo com tantas opções no mercado, não podemos olhar apenas nos valores envolvidos.

Existem outros aspectos que irão ajudar você a tomar a decisão final. Pode ser pesquisando mais a fundo sobre as franqueadoras, conhecendo outros franqueados, sendo consumidor etc.

[raio_x_esf]

Antes de escolher a sua marca preferida, lembre-se de avaliar a reputação da franqueadora. Os atuais franqueados recebem o apoio adequado? Esse acompanhamento próximo pela dona da marca será essencial para o desenvolvimento da sua franquia de alimentação.

Esse é, inclusive, um dos pontos abordados no curso Franquias Sem Ciladas. São aulas que você pode acessar clicando aqui, assistir online e entender em detalhes como investir em uma franquia. Sem prejuízo e sem o risco de escolher uma marca ruim.

Acompanhe o mercado
A mais lidas hoje