Destaques ★FranchisingSegmento: Alimentação

Quanto custa uma franquia Subway? Vale a pena investir no negócio?

Imagem de um sanduiche do Subway sobre um papel com a marca. Imagem ilustrativa texto franquia subway

Certamente você deve ter olhado alguma vez para a franquia Subway e pensando se esse era um bom negócio ou não. E se alguém falar que está diante de uma das grandes oportunidades da sua vida, você acreditaria?

No caso do Subway, podemos dizer que é uma grande oportunidade de negócio. Não apenas por se tratar da maior rede de restaurantes fast-food do mundo, mas também por ter um empreendimento com baixo investimento para o setor de alimentação.

A seguir, confira o texto que preparamos apresentando os principais detalhes do empreendimento e todas as vantagens de apostar nas franquias. Acompanhe!

Advertisement

Conheça a franquia Subway

A franquia Subway nasceu nos Estados Unidos durante a década de 1960.  A marca foi idealizada pelo empresário estadunidense de Connecticut, Fred DeLuca. Graças ao seu novo negócio, ele esperava pagar seus estudos universitários.

Inicialmente, o foco era entregar alimentos mais saudáveis e diferentes para seus consumidores, acostumados com os tradicionais sanduíches. Mas nem de longe ele imaginava onde poderia chegar.

Dessa forma, foi desenvolvido o lanche que seria conhecido mundialmente como “submarinos”. Com formato alongado, vendido de acordo com um tamanho pré-determinado e recheios diferenciados.

Resumidamente, são mais de 55 anos levando aos consumidores um produto tradicional, permitindo a fidelização e o crescimento da rede ao redor do mundo.

O processo de expansão do Subway se iniciou em 1974, quando Fred e seu sócio, Dr. Peter Buck, montaram um plano para a marca alavancar suas vendas e atuar em outras regiões.

Vale destacar que nesse momento, a rede já possuía 16 lojas. Porém, todas eram gerenciadas pelos dois empresários. Com uma meta traçada, e vendo que não seria possível atingi-la dessa forma, logo a ideia do franchising ganhou força.

Importante destacar que nesse período da história, as franquias estavam em plena ascensão. Era algo relativamente novo, e que já tinha revolucionado diversos empreendimentos pelos Estados Unidos.

Graças ao seu modelo de negócio lucrativo, logo a empresa passou a fazer ainda mais sucesso nos EUA. Pouco tempo depois, começou a tomar conta do mundo e se fazer presente em diversas cidades.

Atualmente, a franquia Subway é considerada a maior rede de sanduíches do mundo. São cerca de 42 mil unidades em 110 países.

Vale a pena abrir um restaurante Subway?

Mesmo com o sucesso ao redor do globo (a Terra é redonda), o Subway chegou no Brasil somente alguns anos depois do seu início e, mesmo assim, sem muito sucesso. Em 1994, a primeira unidade não durou muito e logo fechou as portas.

Porém, em 2003, a marca voltou às terras tupiniquins para ficar. Atualmente, são mais de 2 mil restaurantes. Podemos dizer que quase todas as principais cidades do país contam com, pelo menos, uma unidade.

E esse avanço é facilmente identificado por meio de pesquisas e estudos sobre fast-food no Brasil. O levantamento feito pela EAE Business School mostra o quão consolidado está esse mercado no país.

De 2014 até 2019, houve um aumento de 31% no gasto por habitante com esse tipo de alimentação. Graças a isso, o setor consegue movimentar aproximadamente R$ 53,7 bilhões por ano.

Para se ter uma ideia do impacto, ficamos atrás apenas dos Estados Unidos, Japão e China.

Em 2020, o mundo iniciou sua batalha contra a pandemia de Coronavírus, que levou todos os países a uma crise sanitária nunca antes vista. Devido às políticas de isolamento, houve quedas de faturamento em todas as áreas.

Porém, no caso dos estabelecimentos de fast-food, as coisas tendem a ser mais promissoras. Estima-se, segundo a consultoria internacional ReportLinker, que 2021 será um ano de recuperação para o setor.

De acordo com eles, está prevista uma recuperação de 19,4% em todo o mundo, chegando a R$ 13,9 trilhões no final do ano. Tendo a franquia Subway como uma das principais responsáveis por essa retomada.

Ou seja, ao investir neste empreendimento, você encontra boas chances de ter um negócio de muito sucesso. Não apenas devido aos resultados que apresentamos, mas pelas vantagens que você tem ao apostar em uma franquia.

Vantagens de abrir uma franquia

Vemos um homem carregando duas sacolas de papel para ser entregues (imagem ilustrativa). Texto: franquia subway.
O Subway oferece um modelo de negócio único para você, que permite até delivery.

Não faltam vantagens para você apostar nas franquias. Estamos falando de um empreendimento repleto de benefícios, que permite aos empreendedores ter a chance de mudar de vida com mais facilidade do que em outros modelos.

Para se ter uma ideia, de acordo com o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), apenas 15% das unidades fecham as portas antes de completar 10 anos.

Por outro lado, os negócios abertos do zero tem uma taxa de mortalidade cinco vezes maior. E muito desse resultado se dá pelas informações que vamos apresentar a seguir.

Plano de negócio predeterminado

Ao abrir um empreendimento do zero, a primeira coisa que se deve pensar é no plano de negócio. Com isso, é possível traçar os principais objetivos da empresa, bem como as metas para alcançar o sucesso esperado.

São diversos pontos que precisam ser analisados e avaliados. Tal como o risco do negócio, a concorrência, o perfil dos clientes, produtos ou serviços oferecidos, gastos para tirar do papel, retorno sobre o investimento etc.

Esse não é um trabalho muito fácil de ser feito, principalmente para quem não tem muita experiência e está prestes a se aventurar pela primeira vez no mundo do empreendedorismo.

Com as franquias, você não precisa passar por isso. Afinal, todo o plano de negócio já foi testado, avaliado e executado pela franqueadora. O seu único trabalho será colocá-lo em prática.

Sem contar que a empresa nunca está com seu planejamento estagnado. Lembre-se que o mercado muda com o passar do tempo. Mas não se preocupe, sua unidade também receberá todas as atualizações que forem feitas.

Suportes da franqueadora

Previsto pela Lei de Franquia, o suporte da franqueadora é outro ponto que não podemos deixar de fora. Toda empresa é obrigada a auxiliar seus franqueados para que possam ter a tranquilidade para fazer o melhor trabalho possível.

Essa é apenas uma das questões que fazem desse modelo de negócio tão seguro em comparação com os demais. Assim que você se tornar um franqueado, já estará em contato com o suporte.

Inicialmente, o primeiro contato é feito para que participe dos treinamentos, entenda como o trabalho é feito, se adeque à cultura da franqueadora e outros pontos.

Na sequência, com a franquia Subway, você também terá ajuda para encontrar o melhor local para abrir a sua unidade. Sem contar todo o auxílio para inaugurar sua loja sem nenhum problema e com o máximo sucesso.

Vale destacar que esse suporte estará sempre ao seu lado. Independente do tempo de negócio que você tiver. Seja para conseguir algum suporte ou para atualizar os treinamentos.

Reconhecimento do consumidor

Não podemos deixar de falar do reconhecimento do consumidor no franchising. Ao ter uma grande marca por trás, você evita ter que passar por todo o processo de afirmação no mercado local.

As pessoas tendem a conhecer o Subway, sabem da qualidade ou pelo menos suspeitam que seja algo único e saboroso. Agora, imagine você abrindo algo do zero tendo que comprovar isso sozinho?

Claro, não é algo impossível, mas bem mais complexo. Diferente do que uma unidade de franquia pode oferecer. Além disso, graças ao histórico da franqueadora, em um mês ou menos você consegue ter um movimento satisfatório na sua loja.

Não podemos deixar de falar também de todo o know-how que você adquire para conseguir agradar o seu público da melhor forma possível.

Fornecedores homologados

Por fim, não podemos deixar de citar os fornecedores que fazem parte da franquia Subway. Graças a eles, você vai conseguir entregar o sabor conhecido no mundo inteiro na sua unidade, sem nenhum risco.

Quando olhamos para as franquias, essa parceria é algo fundamental para o sucesso da estratégia. Como franqueado, basta escolher entre os fornecedores autorizados e pronto!

Essa é uma das maneiras que a franqueadora encontra de garantir que todos os empresários da rede vão oferecer os melhores serviços ou produtos possíveis.

Para se ter noção da importância, há empresas que encerram o contrato com o franqueado por ele não seguir a lista de fornecedores indicados.

Modelos de negócio da franquia Subway

Vemos uma loja da Subway em um shopping (imagem ilustrativa).
A grande vantagem do Subway é ter um formato flexível.

A franquia Subway oferece apenas um modelo de negócio, o de loja física. Porém, ela varia no tamanho e isso terá impacto direto nos valores do investimento. Graças a essa flexibilidade, você pode adquirir uma unidade entre 40m² e 100m².

Assim, há toda liberdade para escolher onde irá atuar, se num shopping, aeroporto, rodoviária, posto de gasolina, universidade, loja de bairro etc. O que for melhor para você e o seu negócio.

O mais importante aqui é conseguir analisar com calma todos os aspectos da Circular de Oferta de Franquia (COF). Esse documento é fundamental para o seu entendimento sobre a futura unidade.

Ele é tão importante que, segundo a lei, deve ser entregue pelo menos 10 dias da assinatura do contrato. Assim, você tem tempo suficiente para analisar cada detalhe do empreendimento.

Entre os aspectos apresentados estão todas as características que esse modelo flexível deve ter para você ter uma franquia da marca.

Para entender melhor, separamos o vídeo a seguir explicando todos outros detalhes da franquia Subway. Confira!

Quanto custa uma Subway?

O valor para conseguir abrir uma franquia Subway varia de acordo com o metro quadrado da sua loja, assim como vimos anteriormente. Além disso, existem outras taxas fixas que também vão influenciar no seu investimento.

É importante lembrar que estamos falando de uma das maiores redes de fast-food do mundo. Em comparação com outras oportunidades, seu valor é bem mais baixo. Mas mesmo assim, converse com seu sócio sobre a melhor solução.

Caso não tenha todo o dinheiro necessário, também é possível recorrer aos bancos. A maioria das instituições contam com linhas de créditos exclusivas para franqueados.

  • Investimento inicial: entre R$ 447 mil e R$ 975 mil;
  • Taxa de franquia: R$ 25 mil;
  • Equipamentos e mobília: R$ 140 mil;
  • Estoque inicial: a partir de R$ 23 mil;
  • Taxa de royalties: 8% do faturamento líquido;
  • Capital de giro: a partir de R$ 24 mil;
  • Taxa de publicidade: 4,5% do faturamento líquido;
  • Faturamento médio mensal: não informado;
  • Prazo de retorno: 24 a 36 meses.

Ao longo do texto, você pôde conhecer um pouco sobre a história da franquia Subway e suas vantagens. Além de descobrir porque o franchising é uma grande opção de negócio para quem quer mudar de vida.

Sendo assim, para facilitar você nessa busca e ajudar na sua tomada de decisão, separamos o texto “Qual a franquia perfeita para o seu perfil? Saiba como escolher!

Franquia Come Come Delivery: comercialize espaço na plataforma e lucre!

Artigo anterior

Quanto custa a franquia Jet Oil? Conheça o negócio e seu potencial

Próximo Artigo

Comentários

Comentários não permitidos.