Destaques ★Segmento: Serviços automotivos

Qual a margem de lucro de uma franquia de moto peças?

Homem sobre moto em uma estrada com o sol se pondo no horizonte. Imagem ilustrativa texto franquia moto peças

Quer abrir uma franquia e ter bons resultados desde o início? Pois então, uma franquia de moto peças pode ser uma ótima opção! Afinal, estamos falando de um mercado movimentado, alinhado a um sistema lucrativo.

Muitas pessoas pensam em ter o seu próprio negócio para conseguir mudar de vida e finalmente trabalhar com aquilo que gosta. Acontece que nem todo mundo conhece as vantagens de apostar nas franquias. Principalmente quem gosta de trabalhar com automóveis ou motocicletas. 

É muito comum que esse tipo de empreendimento seja mais simples do que abrir uma empresa do zero. Principalmente por não existir tantas empresas que oferecem franquia na área. Dessa forma, preparamos o texto a seguir com algumas dicas e mostramos os benefícios de se tornar um franqueado. Acompanhe a leitura. 

Vale a pena investir em uma franquia moto peças?

De acordo com o Observatório das Metrópoles, o Brasil possui quase 27 milhões de motos espalhadas pelo seu território. Não à toa possuímos uma das maiores frotas do mundo! Para entender o tamanho desse número, a taxa de motorização no Brasil praticamente dobrou em 10 anos nas regiões metropolitanas do país.

Além disso, em 2019 foi registrado um crescimento de 14% nas vendas de motos. Ou seja, estima-se que entraram quase 800 mil novas motocicletas nas ruas.

Tendo em vista esses números, fica fácil entender a principal vantagem de abrir uma franquia de moto peças: o amplo público-alvo. Principalmente para um veículo que tem vida útil entre 12 e 15 anos. 

Para que o dono de uma motocicleta consiga chegar a esse prazo, é necessário realizar as várias manutenções e revisões previstas pelo fabricante. Assim, certamente estamos diante de um bom empreendimento. 

Mas iniciar algo do zero pode não ser a melhor opção para quem deseja ter sucesso imediato. Afinal, existem diversas oficinas de esquina que conseguem oferecer um serviço relativamente de qualidade e que podem atrapalhar o crescimento do seu negócio. Então, a melhor oportunidade está entre as franquias. 

O que é franquia?

A franquia é um modelo de negócio que serve como estratégia para uma grande marca expandir sua atuação. Para isso, ela autoriza um empresário terceiro a oferecer seus serviços ou produtos.

Dessa forma, como resultado, o franqueado, como é chamado, tem acesso a todo o know-how que tornou a marca uma das mais respeitadas do ramo. O know-how é o “modo de fazer” da empresa, todo seu passo a passo e plano de negócio.

Em troca do sucesso, é necessário seguir uma série de regras e padrões estabelecidos pela franqueadora. Graças a esse manual, o cliente tem condição de reconhecer a qualidade do trabalho da marca independentemente de onde ele estiver.

As franquias são negócios semi-independentes. Ou seja, o empreendedor tem toda a autonomia necessária para cuidar das questões que envolvem a gestão e administração da franquia. Seguindo todas as orientações, as chances de conseguir um bom desempenho logo nos primeiros meses de operação são bem maiores do que iniciando algo do zero. 

Sem contar a segurança que você terá ao longo da vigência do seu contrato, que pode ser renovado, claro. De acordo com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), apenas 15% das franquias fecham as portas antes de completar 10 anos. A taxa de mortalidade das marcas iniciadas do zero é cinco vezes maior.

Saiba qual o lucro de uma franquia de moto peças

Para conseguir ter lucro com sua oficina, é necessário escolher muito bem a franqueadora.

O lucro de uma franquia de moto peças varia conforme a marca, o que ela oferece e o potencial da localidade da sua franquia. Mas, em média, o faturamento mensal obtido por esse tipo de franquia é de R$ 55 mil.

Sabendo disso, é hora de apresentarmos algumas opções do mercado. Assim, você poderá escolher qual a melhor oportunidade para investir.

Na hora de tomar a sua decisão, você deve considerar vários aspectos. É muito importante que você escolha a marca com uma boa reputação e que esteja alinhada com seus objetivos profissionais. Isso porque, por mais que o valor do investimento ou a rentabilidade sejam muito atrativos, elas podem mascarar problemas e até os desafios que você precisa enfrentar para chegar até lá. 

Além disso, não se esqueça que, para uma franquia realmente funcionar, o público precisa gostar dos serviços realizados. Se não, de nada adianta colocar o seu dinheiro ali.

Dessa forma, faça uma pesquisa nas redes sociais e observe o que é dito pelos consumidores. Avalie as principais reclamações antes da sua decisão. 

Converse também com os franqueados da rede. Essa é a melhor oportunidade para saber se a marca realmente oferece e segue com o que é prometido. Faça boas perguntas e tente esclarecer todas as suas dúvidas nesses bate-papos.

Por fim, não esqueça de estudar com cuidado a Circular de Oferta de Franquia (COF). Esse documento é responsável por apresentar as principais questões que envolvem o negócio. Como o histórico da franqueadora, valores necessários, treinamentos oferecidos, regras e até se há ou não pendências judiciais. 

A COF é tão importante que, de acordo com a Lei de Franquias, é necessário esperar 10 dias do seu recebimento para poder assinar o contrato.

Tendo essas principais questões em mente, confira as duas franquias de moto que separamos para você. 

1. Moto-Peças

A Moto-Peças é uma empresa que está no mercado há mais de 20 anos. Ao longo dos seu trabalho, a marca passou a ser considerada uma das principais em produtos e serviços ligados a motocicletas. No catálogo da franqueadora estão revisões, manutenções e consertos, além de capacetes e acessórios. 

Com um mercado tão atrativo, a Moto-Peças tem preparado seus franqueados para conseguir atender todos os objetivos de seus clientes. Levando, assim, confiança e qualidade para eles. 

  • Investimento inicial: a partir de R$ 17 mil
  • Faturamento médio mensal: aproximadamente R$ 30 mil
  • Prazo de retorno: não informado

2. Sport’s Motos

Conhecida por ser uma das maiores lojas do varejo, a Sport ‘s Motos é uma franquia que oferece o que há de melhor em acessórios para os motociclistas. Ao longo dos mais de 10 anos de história, a marca tem conseguido alcançar bons resultados e levado seus franqueados ao sucesso. 

Entre as principais vantagens da marca está a sua linha de produtos ligados ao on-road e off-road. Assim, o empresário tem maiores chances de conseguir um bom faturamento no final do mês, sem contar na expansão que tende a ser rápida e segura. 

  • Investimento inicial: a partir de R$ 191 mil
  • Faturamento médio mensal: aproximadamente R$ 80 mil
  • Prazo de retorno: entre 14 e 28 meses 

As franquias de moto peças fazem parte do ramo de Serviços Automotivos no franchising, um setor com alto rendimento aos seus franqueados. Um atrativo do segmento é que, além de trabalhar com motos, como franqueado você pode optar por modelos que atendem também carros, caminhões, barcos e até aviões.

Para que você conheça outras franquias que atuam no setor automotivo, separamos o vídeo a seguir. Confira. 

Ao longo do texto, você pôde observar algumas das vantagens de apostar em franquias de moto peças. São questões que vão além dos bons números do setor, incluindo o suporte e os treinamentos oferecidos pelas marcas. 

Gostou do nosso conteúdo sobre franquia de moto peças e suas margens de lucro, mas prefere conhecer novas opções? Continue explorando nosso site e confira o artigo “Tenha alta rentabilidade abrindo sua franquia de lava jato!”.

Franquia de restaurante: vale a pena investir no ramo de Alimentação?

Artigo anterior

7 opções de franquia de moda masculina: veja a melhor opção para você

Próximo Artigo

Comentários

Comentários não permitidos.