Destaques ★Segmento: Alimentação

Quanto custa uma franquia Kopenhagen? Preço, faturamento, como abrir

Foto de caixa de bombom vermelha. Imagem ilustrativa para texto Franquia Kopenhagen.

Quer conhecer mais sobre a franquia Kopenhagen? Neste post, você encontra várias informações sobre a marca e seus modelos de negócio.

A franquia Kopenhagen nasceu em São Paulo, na década de 1920, pelas mãos de um casal de imigrantes da Letônia. Após abrir uma loja própria e ter sucesso com os produtos, a marca inaugurou sua fábrica em 1943.

Atualmente, com mais de 400 unidades em operação, a empresa trabalha com um catálogo vasto de chocolates. Existem várias opções de produtos, desde chocolates clássicos, o língua de gato, presentes e mais.

Advertisement

Modelos da franquia Kopenhagen

Para quem tem interesse na franquia Kopenhagen, uma das principais informações sobre a marca diz dos seus modelos de negócio. Afinal, é interessante saber como você poderá atuar, não é mesmo?

Desse modo, saiba que ela oferece quatro modelos de franquia física, em ponto comercial, com algumas diferenças de tamanho e na estrutura de cada um.

Sendo assim, para quem deseja um espaço maior, a primeira opção é a loja tradicional. Principal modelo de negócio da marca, ela conta com o portfólio completo de produtos da Kopenhagen.

Ao mesmo tempo, existe o projeto light, que também conta com uma estrutura maior para que os clientes visitem o ambiente e façam suas compras.

Já para quem busca algo mais enxuto, o container é um modelo menor e mais em conta, que pode ser instalado em ambientes externos. Por fim, há o quiosque, ideal para ambientes internos como shoppings.

Qual o valor da franquia da Kopenhagen?

Depois de conhecer os modelos de unidade da franquia Kopenhagen, também é interessante que você saiba os valores envolvidos em cada um deles.

Como dissemos, a estrutura do negócio vai variar de acordo com cada modelo, influenciando no tamanho e no aparato disponível. Confira os detalhes a seguir.

Loja 

Vemos dois bombons de diferentes formatos (imagem ilustrativa). Texto: Franquia Kopenhagen.
Para trabalhar com os chocolates Kopenhagen, você deve abrir unidade física.


O modelo de loja precisa ter uma metragem mínima de 40m² e conta com toda a estrutura padrão da marca para exibir os produtos. Além disso, esse é um modelo que pode ser instalado em ruas, galerias, shoppings e afins.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 390 mil
  • Prazo de retorno: até 36 meses

Projeto Light

No projeto light, também é necessário um espaço mínimo de 40m². Móveis e equipamentos devem ser instalados de acordo com o projeto arquitetônico da franquia. Esse modelo pode ser instalado em ruas, shoppings ou galerias.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 280 mil 
  • Prazo de retorno: até 36 meses

Container 

Já no modelo container, o espaço mínimo é de 29m², ou seja, uma estrutura muito mais enxuta. Da mesma forma, os móveis e equipamentos devem estar de acordo com o padrão da marca. 

Esse é um formato indicado para espaços mais abertos, como clubes, parques e afins. 

  • Investimento inicial: a partir de R$ 150 mil
  • Prazo de retorno: até 36 meses

Quiosque

O quiosque é uma estrutura pequena, com uma metragem mínima de 9m². Essa é uma boa opção para quem quer empreender sem gastar muito.

Ele é ideal para locais como shoppings, galerias e aeroportos, pois normalmente é instalado em corredores movimentados.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 110 mil
  • Prazo de retorno: até 36 meses 

Ainda nesse conteúdo, vamos explicar o processo para se tornar um franqueado da marca, por isso, continue acompanhando a leitura. 

Qual o lucro da franquia Kopenhagen?

Até aqui, você pôde conhecer mais sobre a franquia Kopenhagen, seus modelos de negócio e valores de investimento envolvidos. Mas claro, não podemos deixar de mencionar informações sobre o lucro. 

Sendo assim, saiba que o faturamento médio mensal da marca gira em torno de R$ 70 mil. Inclusive, os franqueados podem contar com uma rentabilidade que varia de 10% a 15%. 

Então, para quem deseja abrir uma franquia, é preciso investir em toda uma estrutura física, contando com a possibilidade de conseguir bons lucros. 

Inclusive, vale frisar que a empresa está inserida no setor de Alimentação, um dos mais fortes do franchising. Em 2020, de acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF), o segmento faturou R$ 40,8 bilhões.

Ou seja, temos um negócio bem estruturado em um dos melhores ramos do mercado para se investir.

Saiba mais sobre a franquia Kopenhagen no vídeo a seguir.

Perfil do franqueado Kopenhagen

Agora, se você quer descobrir se possui o perfil certo para trabalhar com a franquia Kopenhagen, também trouxemos essa informação.

Desse modo, saiba que a empresa espera por investidores que tenham um perfil empreendedor e que tenham disponibilidade de tempo para se dedicar ao negócio.

Inclusive, se identificar com o ramo de chocolates é outro diferencial que pode ser bastante positivo.

Ao mesmo tempo, não podemos nos esquecer que, como franqueado, você será o responsável por guiar a unidade. Com isso, é importante ter habilidade para administrar e lidar com a parte financeira e operacional.

Mas claro, para liderar uma equipe, é preciso também ser uma pessoa comunicativa, que saiba organizar e motivar seus funcionários.

Como o franqueado também terá contato com os clientes, possuir habilidades comerciais também será algo bastante útil.

Como abrir uma franquia Kopenhagen?

Para abrir uma unidade da franquia Kopenhagen, você precisará passar por todo um processo. Desse modo, o primeiro passo é o cadastro no site.

Com isso, você irá enviar algumas informações iniciais para que a marca saiba do seu interesse. Em seguida, um representante marcará uma reunião e, assim, vocês poderão se conhecer.

Nesse momento, aproveite para tirar todas as suas dúvidas sobre a franquia. Logo depois, o seu perfil passará por uma avaliação na empresa.

Se tudo estiver de acordo com o esperado, é momento de resolver questões de documentação. Então, você receberá a Circular de Oferta de Franquia (COF) com todas as informações sobre a franquia.

Depois de analisar a COF, você recebe o contrato, assina, e começa o período de treinamento. Por fim, é só se programar para a inauguração da sua unidade!

Outras franquias de alimentação para abrir

Vemos uma tigela com açaí e vários acompanhamentos (imagem ilustrativa).
Franquias de alimentação são boas oportunidades de investimento.

Ao longo do texto, trouxemos várias informações sobre a franquia Kopenhagen. No entanto, antes de investir em um negócio, é muito importante que você conheça melhor o mercado, bem como outras opções de investimento. 

Por isso, a seguir, listamos outras franquias no ramo de Alimentação. Confira! 

1. Cream Berry

A Cream Berry é uma franquia que trabalha com o creme de açaí e oferece aos seus clientes a possibilidade de montar inúmeras combinações com acréscimos.

Dessa forma, é possível montar diversas sobremesas com o açaí, junto de caldas, guloseimas, chocolates e mais. Além disso, a marca trabalha com opções de barcas e taças prontas.

A Cream Berry é uma boa opção para quem quer atuar nesse mercado e busca um negócio estruturado. A marca nasceu em Varginha, Minas Gerais, em 2011 e, desde então, está se espalhando pelo país.

Portanto, se você deseja se tornar franqueado, pode escolher entre dois modelos. O primeiro é o express, com uma estrutura self-service, e o convencional, com atendimento normal da equipe.

Em todos os casos, a franqueadora oferece suporte completo, com ajuda na parte de gestão, vendas, apoio para a divulgação da unidade e na parte jurídica. E claro, a unidade conta com o padrão arquitetônico da marca.

A revista Empreendedor apontou em uma matéria que a franquia Cream Berry possui uma estrutura completa para dar suporte ao franqueado, desde a prospecção de ponto comercial até o marketing.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 90 mil
  • Faturamento médio mensal: R$ 50 mil
  • Prazo de retorno: entre 12 e 24 meses

2. Bar do Urso 

Já a franquia Bar do Urso é uma opção para quem deseja trabalhar com bebidas. Isso porque, essa é uma franquia da marca Cervejaria Colorado e que atua com cervejas artesanais.

Sendo assim, como franqueado, é possível escolher entre três modelos de negócio, todos com estrutura física. Além disso, a marca oferece total suporte no dia a dia de operação.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 180 mil
  • Faturamento médio mensal: R$ 65 mil
  • Prazo de retorno: entre 24 e 36 meses 

3. Brasil Nutri Shop 

Com a franquia Brasil Nutri Shop, você pode atuar comercializando suplementos alimentares e produtos fitness pela internet em um modelo 100% home office.

Ou seja, não é preciso ter uma unidade física e você tem como função administrar um site e divulgar os produtos. Toda a parte de entregas é feita pela própria marca.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 10,9 mil
  • Faturamento médio mensal: R$ 5 mil
  • Prazo de retorno: entre 12 e 24 meses 

4. Rap Chef

Por meio da franquia Rap Chef, você pode comercializar refeições congeladas saudáveis. Essa é uma opção para clientes que possuem uma rotina corrida, mas querem se alimentar com qualidade.

Sendo assim, você poderá aproveitar o serviço de delivery para fazer vendas, mantendo um freezer com produtos sempre em boas condições.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 9,9 mil
  • Faturamento médio mensal: R$ 8 mil
  • Prazo de retorno: entre 6 e 12 meses 

Viu como existem várias opções para investir? Mas se ainda tem dúvidas, leia agora o nosso artigo “Qual a franquia perfeita para o seu perfil? Saiba como escolher!” e entenda como fazer isso da forma certa.

Por fim, se preferir, aproveite nossa consultoria gratuita e tenha a ajuda de profissionais para escolher a melhor franquia. Acesse henriquemol.com.br.

Franquia de ensino Clever Idiomas: vale a pena? Preço, como investir

Artigo anterior

Franquia de aplicativo delivery pede.ai: empreenda com baixo investimento

Próximo Artigo

Comentários

Comentários não permitidos.