O maior Portal de Franquias do Brasil!
Home » Todos Conteúdos » Destaques ★ » Franquia Havaianas: qual o faturamento médio? Vale a pena investir?

Franquia Havaianas: qual o faturamento médio? Vale a pena investir?

Sumário

Uma das maiores redes de chinelos e sandálias do mundo, a franquia Havaianas é a sua chance de entrar para o mercado empreendendo junto a uma marca única.

Se tem um produto que é a cara do brasileiro, esse são os chinelos Havaianas. Não importa a classe social, idade ou a cidade. Em qualquer lugar, a marca se faz presente e por gerações.

Para os empreendedores que sonham em ter um negócio desse porte, preparamos o texto a seguir. Acompanhe a leitura!

Conheça a franquia Havaianas

A história da franquia Havaianas começa na década de 1960, quando a São Paulo Alpargatas, grupo responsável pela marca, se inspirou nas sandálias japonesas Zori para conquistar a preferência do mercado nacional.

Esse calçado oriental era feito com um solado de palha de arroz e tiras de tecido. Ao trazer essa concepção para o Brasil, foram adicionadas as borrachas convencionais para proporcionar um conforto maior aos clientes.

Devido ao grande sucesso, muitas empresas tentaram copiar as Havaianas, mas sem sucesso ganhando, assim, o título de legítimas.

No início dos anos 1990, muitas pessoas passaram a inverter a ordem do chinelo, deixando a parte branca para baixo e a colorida (sola) para cima, criando um chinelo com a mesma cor. Era o começo da nova era da franqueadora.

Vendo a crescente personalização, as Havaianas começaram a produzir chinelos de outras cores. O que começou com o tradicional azul e branco, hoje conta com uma paleta com mais de 15 cores.

Sem contar as inúmeras coleções utilizando personagens da cultura pop, desenhos próprios etc. Desde o início da sua história, foram aproximadamente 200 modelos criados e mais de 1,2 mil sandálias diferentes.

Devido a toda essa estrutura, não demorou muito para a franqueadora passar a ganhar o mundo como símbolo dos brasileiros.

Para se ter uma ideia do tamanho do alcance da marca, estamos falando de cerca de 150 mil pontos de venda em todo o Brasil, contando franquias e lojas parceiras. Sem contar na presença em mais de 80 países.

A seguir, separamos um vídeo para você que possa entender um pouco mais sobre a franqueadora e suas vantagens.

Vale a pena abrir uma franquia Havaianas?

Abrir uma franquia Havaianas é, sem dúvida, um passo que pode fazer você mudar de vida. São diversos pontos que beneficiam a sua jornada empreendedora, como a presença de uma marca mundialmente conhecida.

Inclusive, essa é uma das grandes vantagens de investir nas franquias. Afinal, você assume um negócio com histórico, simpatia do público e um grande apelo.

Podemos dizer que quase todo brasileiro possui ou já teve uma sandália havaiana em casa.

Mesmo diante da crise sanitária e financeira que atingiu o Brasil e o mundo devido a pandemia, a venda de chinelos foi uma das menos afetadas. A plataforma Lyst, identificou que a demanda por havaianas cresceu 89% em comparação com 2019.

Além disso, outro dado apresentado pela Associação Brasileira da Indústria de Calçados (Abicalçados), mostra que houve um aumento das vendas dos chinelos e sandálias de dedo entre janeiro e julho de 2020.

Com um mercado tão atrativo dessa forma, fica fácil entender o que faz os empresários quererem abrir um empreendimento como este. Além disso, não podemos deixar de citar o apoio que você recebe entre treinamentos e suportes.

Essas atividades, previstas em lei, permitem que qualquer pessoa possa investir, mesmo que nunca tenha tido experiência antes.

Graças a elas, você terá o conhecimento completo da cultura da empresa, seus processos, padrões de atendimento etc.

Por fim, não podemos deixar de citar o plano de negócio montado, testado, avaliado, atualizado e preparado para você colocar em prática. Tudo para que seu foco esteja apenas no desenvolvimento gerencial e administrativo da sua unidade.

Mesmo diante do momento delicado, a franquia Havaianas conseguiu se manter entre as maiores redes do Brasil. Atualmente, de acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF), ela ocupa a 33º, com crescimento de 3% entre 2019 e 2020.

Quanto custa uma franquia Havaianas?

Para conseguir se tornar um franqueado da Havaianas, é preciso se preparar para um bom investimento, considerando todas as vantagens e reconhecimento da marca no cenário nacional e internacional.

A franqueadora conta com apenas um modelo, que pode ser instalado tanto nos shoppings, quanto em lojas de rua. Dessa forma, é importante entender que o valor do negócio varia de acordo com a cidade, região, estado etc.

Ao decidir fazer esse empreendimento, você precisa se certificar que a sua unidade ficará em um local com grande fluxo de pessoas.

Com relação ao valor necessário, o investimento, considerando a montagem, estoque inicial, mobília, taxa de franquia (R$ 45 mil) e outros, fica entre R$ 300 mil e R$ 845 mil.

Quanto uma franquia Havaianas ganha? Qual o faturamento?

Tendo um mercado tão atrativo e uma marca consolidada, é comum esperar um bom faturamento. Atualmente, em média, uma unidade franqueada da Havaianas fatura por volta de R$ 80 mil.

Já a rentabilidade média varia entre 12% e 15%. Lembrando que esse conceito é utilizado para identificar a sua remuneração com base no capital investido no negócio. Sempre levando em consideração o seu faturamento.

Outro ponto que os empreendedores estão sempre atentos diz do prazo de retorno do investimento. Na franquia Havaianas, você leva de 24 a 36 meses.

Como abrir uma franquia da Havaianas?

Vemos alguns chinelos Havaianas sobre uma superfície de madeira (imagem ilustrativa). Texto: franquia havaianas.
Para se tornar um franqueado Havaianas, o primeiro passo é se cadastrar no site da marca.

O primeiro passo para se tornar um franqueado da marca é fazer o cadastro no site. Após essa iniciativa, suas informações serão avaliadas e você passará por uma entrevista.

Nessa etapa, a franqueadora quer entender um pouco mais sobre suas características e se seu perfil combina com o que eles buscam. Ao mesmo tempo, realiza-se a análise financeira.

Esse processo é fundamental para que a franqueadora possa identificar se você possui realmente condições de arcar com os valores exigidos. Depois de aprovado, você recebe a Circular de Oferta de Franquia (COF).

Esse documento contém todas as informações importantes para conhecer a fundo o empreendimento. Não à toa, a lei obriga que haja um intervalo de 10 dias entre seu recebimento e a assinatura do contrato.

Ou seja, você tem bastante tempo para avaliar se o negócio realmente vale a pena para você ou não. Concordando com os termos, basta sinalizar para a franqueadora sua intenção e, por fim, assinar o contrato.

Ao longo do nosso conteúdo sobre a franquia Havaianas, você pôde conhecer um pouco mais da história de sucesso da marca. Isso sem contar nos dados do mercado que mostram um empreendimento promissor.

Mas se mesmo diante das informações apresentadas você ainda não tem certeza se esse é o negócio certo, confira o nosso artigo “Qual a franquia perfeita para o seu perfil? Saiba como escolher!

Acompanhe o mercado
A mais lidas hoje