Destaques ★FranchisingEmpreendedorismo

Como saber se uma franquia é a melhor opção para empreender?

homem usando notebook imagem ilustrativa texto empreender franquia

Empreender em uma franquia tem se tornado cada vez mais popular e atraente no mercado brasileiro.

Quando se pensa em um novo negócio, muitas pessoas querem uma “receita de bolo”. Ajuda para escolher o ponto de vendas, para trabalhar a marca, para conquistar clientela.

Nem todo mundo sabe disso, mas as franquias são mais ou menos essa fórmula “mágica”: você empreende utilizando a experiência de quem já empreendeu antes de você.

Advertisement

Mas é preciso atenção para ir em busca dessa opção: mesmo que a “receita” venha por escrito, muita gente ainda acaba cometendo erros que comprometem o resultado do “bolo”. É preciso saber mais sobre o seu perfil de empreendedor para embarcar nessa jornada.

Você tem perfil para ser franqueado?

Mas o que é empreender? É o que você faz na hora que está abrindo um negócio próprio, dando passos próprios para a construção de algo, utilizando suas habilidades e aceitando os desafios que aparecerem.

E mesmo quem está optando por ter apoio para empreender precisa dispor de características próprias para alavancar seu negócio. Questões como já ter participado, de alguma forma, de atividades comerciais, ou mesmo ter envolvimento no ramo em que a franquia atua ajudam bastante. 

Outro detalhe imprescindível é ter capacidade de atuação em gestão, inclusive gestão financeira. Na hora de abrir uma empresa, diversas questões irão aparecer. Será melhor se elas já tiverem sido revisadas em um plano de negócios antecipado.

O proprietário da empresa precisa ter conhecimento suficiente para tomar as decisões necessárias, ou, pelo menos, ter apoio de pessoas ou serviços próximos na hora de definir algumas coisas. Como acontece nas franquias, graças ao suporte que a franqueadora oferece.

Diferença entre ter uma franquia e abrir um negócio do zero

É importante compreender que, quando você se torna um franqueado, também é um empresário. Embora você tenha recebido o modelo de negócio da empresa e todas as instruções para o negócio funcionar bem, você ainda é o gestor principal e está no comando de uma empresa.

A maior diferença entre começar um negócio sem ter esse apoio que existe nas franquias é que você terá de experimentar mais, e possivelmente errar mais também.

Ninguém pode dizer se isso é bom ou ruim, só você mesmo. Isso porque, talvez você já tenha experiência de anos como funcionário em algum tipo específico de empresa. Ou mesmo tenha conhecimento de mercado para atuar por conta própria no ramo de trabalho que você já atua (como muitos profissionais da área de Tecnologia, Comunicação, entre outras).

Quer dizer: a diferença é que, se você investir em um negócio no qual não tem nenhuma experiência, será bem mais fácil fazê-lo amparado pelo franqueador.

Como escolher uma franquia para empreender?

Existem inúmeros casos de empresas que se tornaram franquias: deram tão certo no seu mercado que organizaram esse formato para expansão dos negócios. Aqui apresentamos um passo a passo para ajudá-lo a analisar as opções disponíveis.

Considere que, já tendo identificado seu perfil de empreendedor e percebido que a abertura de uma franquia pode ser um bom caminho, ainda é preciso avaliar a proposta de cada franqueador.

Se informe!

Busque informações sobre os mais diversos tipos de franquia existentes. Existem modelos com baixo investimento, outros com custo bastante elevado para instalação.

As diferenças entre o tipo de assessoria que você terá também são relevantes, além de ser sempre melhor conseguir conversar com pelo menos um franqueado da marca antes de assinar o seu contrato.

Alinhe seu perfil e potencial de investimento

Todos nós queremos ganhar muito dinheiro entrando na franquia mais rentável de todas. Mas nem todos temos capacidade para isso: o aporte financeiro inicial muitas vezes está além do que o iniciante consegue arcar.

Sendo assim, é preciso escolher o tipo de negócio que você pensa que pode dar certo com suas habilidades e buscar o investimento necessário para implantação.

Procure por especialistas

Não analise a documentação da franqueadora sozinho. Busque apoio de um bom advogado e de um escritório de contabilidade experiente.

Sim, porque há detalhes com os quais você precisa se preocupar que nem sempre estão muito claros. Isso faz parte de uma boa empresa: aprenda desde já a não querer levar o mundo nas costas. A decisão final será sua, mas quanto mais seguro desse passo você estiver, melhor.

Como abrir uma empresa para operar franquia

Feita a escolha do modelo que você definir, é preciso abrir a empresa para dar conta de utilizar a marca da franquia.

Embora haja detalhamento do tipo de empresa e enquadramento tributário esperado pela franqueadora, você precisará do serviço de contabilidade para dar encaminhamento na abertura do negócio.

A abertura de empresas no Brasil foi bastante facilitada nos últimos anos. Além da parte governamental ter evoluído e estar entregando prazos de abertura bastante curtos por todo o país, há também apoios inovadores para os pequenos negócios.

Isso inclui serviços de contabilidade oferecidos de forma digital, como do Contabilizei, e ajuda você a poupar tempo e dinheiro nesse processo.

Para saber como abrir uma ME (Microempresa), você precisa verificar qual o tipo necessário para dar conta da atividade que você planejou.

O menor tipo de empresa do Brasil é o MEI (Microempreendedor Individual), e pode ser aberto até pelo próprio sócio, não tendo obrigatoriedade nem mesmo de contar com serviço contábil.

Neste tipo de negócio, você acessa o Portal do Empreendedor e dá os passos que estão informados neste sistema.  

Outros tipos de empresa também podem recolher tributos pelo Simples Nacional. Ele é um regime pensado para os pequenos negócios e, em geral, entrega melhor rentabilidade para o empresário.

Planeje seu negócio, busque os apoios necessários e vá em frente.

Ficou interessado em abrir uma franquia? Você pode acompanhar opções de negócios baratos para investir clicando no botão abaixo.

Artigo produzido pela equipe Contabilizei.

Franquias até R$ 20 mil: 5 melhores opções de negócio para abrir

Artigo anterior

Franquias de ensino: 8 melhores opções para você investir

Próximo Artigo

Comentários

Comentários não permitidos.