O maior Portal de Franquias do Brasil!
Home » Todos Conteúdos » Franchising » Franquia de serviço x Franquia de produto: em qual investir?

Franquia de serviço x Franquia de produto: em qual investir?

Sumário

Na hora de abrir uma franquia, muita gente tem dúvida se é melhor uma franquia de serviço ou uma franquia de produto.

Mesmo com a crise causada pela pandemia, ter seu próprio negócio no Brasil é o sonho de muitas pessoas. Abrir sua própria franquia é uma das formas mais viáveis de alcançar esse grande objetivo. Mas você sabe em qual segmento é melhor para você realizar o seu investimento?

Existem dois modelos principais, que são: a franquia de serviços e a franquia de produtos.

A primeira, como o próprio nome já diz, atua com o objetivo de fornecer serviços visando a comodidade e praticidade para as pessoas. Limpeza, reparos, hotéis, lavanderia e pet shops são alguns dos exemplos mais procurados pelo público. 

Já uma franquia de produto se baseia em fornecer objetos físicos para as pessoas. Desde coisas simples, como brinquedos, até materiais de construção, roupas e até mesmo produtos como batedeira industrial, por exemplo. 

São dois sistemas completamente diferentes, e que apresentam investimentos, retornos e metodologias opostas. Então, neste post, vamos avaliar ambas as modalidades.

Assim, você vai conseguir escolher, entre produtos ou serviços, qual o melhor tipo de franquia para você investir.

Por que devo investir em uma franquia de serviços?

Primeiro iremos apresentar as franquias de serviços. Se você deseja seguir para esse ramo, é preciso ter habilidades, ou conhecer as pessoas certas para executarem o trabalho. Como aqui falamos de serviços, para executá-los é preciso ter material humano de qualidade. 

Diferente de vender objetos, como um transformador de solda, por exemplo, você carrega o nome de sua franquia, e precisa ter uma padronização de trabalho e um alto desempenho.

Mas, por mais que pareça ser algo bem complexo no começo, existem vários benefícios que fazem com que essa seja uma ótima opção. Veja abaixo.

Mercado em ascensão e versatilidade de segmentos

O primeiro ponto positivo que podemos destacar é que o modelo de franquia de serviços vem crescendo cada vez mais.

As pessoas estão se acostumando com a comodidade de sempre terem algo à sua disposição, e estão utilizando este sistema, dentro do seu cotidiano, para efetuar diversas tarefas. Por exemplo: contratam pessoas para jardinagem, para limpeza, cuidados com a beleza etc.

Com toda essa expansão, também vale destacar a versatilidade de opções que esse segmento apresenta. São diversas categorias, como educação, seguros de saúde, limpeza, conserto, mecânica… Enfim, você tem um leque amplo de opções para escolher aquela que você se enquadra melhor. 

Baixo custo operacional e sazonalidade

Diferente da franquia de produtos, aqui você não precisa de um alto valor de investimento inicial para montar seu estoque, apenas o preço para abrir sua franquia já é o suficiente.

Além disso, dependendo do seu ramo, é possível executar o trabalho todo remoto, diminuindo ainda mais o custo. Tanto inicial, quanto de manutenção. 

Você ainda conta com a não dependência de datas. Ao vender produtos, muito se destacam apenas em sazonalidades, como o chocolate na Páscoa. Aqui, você não tem essa dependência e pode trabalhar o ano inteiro sempre com uma demanda alta.

E a franquia de produtos, vale a pena investir?

Como falamos acima, a franquia de serviços possui diversos benefícios e vantagens. Mas antes que você descarte completamente a franquia de produtos, fique tranquilo. Ela também é uma ótima opção, que deve ser analisada com carinho. 

Qualidade garantida e marca já consolidada

O primeiro ponto que vale a pena destacar em uma franquia de produtos é que você, assim que opta por esse sistema, consegue receber os produtos com uma qualidade já garantida.

Por se tratar de vendas de objetos, a padronização e adaptação é muito mais fácil, sendo um trabalho mais tranquilo de executar. 

Você não precisa se preocupar se vai executar aquele serviço de limpeza em uma empresa de automação residencial de forma perfeita. Em vez disso, basta comercializar o produto da forma como foi recebido.

Além disso, geralmente os produtos já estão consolidados no mercado, sendo mais fácil de realizar a divulgação e, consequentemente, atrair o público na inauguração.

Muitas pessoas são fãs de uma marca pelos produtos fornecidos, então replicá-los no mercado acaba se tornando uma tarefa muito mais simples. 

Menor custo com funcionários e expertise

Na franquia de produtos, um funcionário tem sua função bem alinhada, que é a venda. Então, não é preciso ter muito conhecimento, e nem muitas pessoas.

É algo que reduz a folha de pagamentos consideravelmente, se comparado a um negócio de serviço. Quer dizer, também é possível trabalhar sozinho nos dois tipos de franquias, mas se for preciso ter funcionários, seu custo será menor.

Além disso, todas as habilidades e expertises que são essenciais na franquia de serviços, aqui são “descartadas”. Ninguém precisa ter alguma habilidade especial que não seja divulgar e vender o produto para alcançar o objetivo. Muito mais simples, prático e rápido. 

Ambas as franquias possuem prós e contras, e se você quer decidir qual a melhor para investir, basta olhar qual mais se encaixa dentro do seu perfil. Gostou desse artigo? Não esqueça de comentar e compartilhar com seus amigos!

Este artigo foi escrito pela equipe do Soluções Industriais.

Acompanhe o mercado
A mais lidas hoje