O maior Portal de Franquias do Brasil!
Home » Todos Conteúdos » Franchising » Segmento: Serviços automotivos » Franquia de rua ou franquia em shopping? Qual é a melhor opção?

Franquia de rua ou franquia em shopping? Qual é a melhor opção?

Sumário

Está em dúvida se deve investir em uma franquia de rua ou franquia em shopping? Veja aqui como escolher entre estes dois modelos de negócios da melhor forma.

Segundo dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF), em 2023, o setor de franquias faturou R$ 240,6 bilhões. Portanto, investir nesse no mercado pode ser uma boa opção para quem quer ganhar dinheiro.

Entre estes dois modelos de negócios, franquia de rua ou franquia em shopping, você deve avaliar bem qual formato é mais vantajoso. Assim, leve em conta uma série de questões. Veja aqui mais sobre os modelos e como optar por um deles. Continue a leitura!

Como funciona uma franquia de rua?

Uma franquia de rua é um modelo voltado para um local com grande fluxo de pessoas, seja na parte central das cidades brasileiras ou nas ruas mais movimentadas dos bairros.

Nesse sentido, pode variar o tamanho do empreendimento, pois pode ser uma loja de rua menor, que possibilita um atendimento mais rápido aos pedestres.

Além disso, existem franquias voltadas para lojas de rua maiores, com modelos mais robustos e chamativos. O tamanho irá depender do tipo de franquia com a qual você irá trabalhar.

Entre a franquia de rua ou franquia em shopping, o formato voltado para rua exige que o franqueado faça uma boa escolha do ponto. Por isso, é comum a franqueadora realizar um estudo de geomarketing para detectar o local mais eficiente para a instalação da nova unidade.

Da mesma forma, uma franquia de rua tem um horário de funcionamento que deve se adequar à região. Este tempo costuma ser longo, o que exige bastante dedicação do franqueado.

Assim, é preciso avaliar bem se o que você busca na hora de empreender, se encaixa ao modelo de loja de rua.

Esse é, inclusive, um dos pontos abordados no curso Guia Para Iniciantes. São aulas que você pode acessar clicando aqui, assistir online e entender em detalhes como investir em uma franquia. Sem prejuízo e sem o risco de escolher uma marca ruim.

Modelos para abrir uma franquia em shopping

Para escolher entre uma franquia de rua ou franquia de shopping, um dos pontos que devem ser levado em conta é o custo de implementação.

Isso porque, os centros comerciais como os shoppings costumam ter o metro quadrado mais caro por conta das comodidades e estruturas oferecidas. Então, para abrir uma unidade franqueada, é necessário um capital maior para reformas, aluguel, mobiliário e custos mensais.

Nesse sentido, quem investe no comércio em shoppings, deve saber o impacto dos custos de ocupação na contabilidade do negócio.

Contudo, operar em shoppings oferece muitas vantagens como segurança e presença constante de pessoas, mas envolve também, um custo considerável de locação. Uma franquia de shopping deve ter uma estrutura apropriada para este tipo de público.

Dentro deste perfil de franquia de shopping, existem ainda as lojas comuns e o modelo quiosque. A loja comum conta com um estoque maior, atendimento personalizado e mais demorado.

Por outro lado, o quiosque é voltado para um atendimento rápido, pois alcança o cliente enquanto anda pelos corredores do shopping. Assim, exige agilidade dos funcionários e uma maior capacidade de convencimento, que costuma ser trabalhada pela franqueadora.

Dentro do shopping, ainda existem locais mais adequados para abrir uma franquia de um tipo de produto ou serviço.

As áreas próximas às praças de alimentação, por exemplo, costumam ser disputadas. Portanto, você deve consultar a franqueadora em relação ao suporte na escolha do melhor ponto.

Por fim, como escolher uma franquia de rua ou franquia em shopping? No próximo tópico apresentaremos algumas dicas para facilitar esta escolha.

Franquia de rua ou franquia em shopping: como escolher?

Conforme falamos, optar por um ou pelo outro modelo de negócio deve levar em consideração alguns fatores.

Logo, você deve avaliar, juntamente com a franqueadora, alguns dos aspectos que podem direcionar a escolha entre abrir uma franquia de rua ou franquia em shopping.

Veja aqui alguns destes detalhes que devem ser analisados antes de investir em uma rede de franquias com um destes dois modelos. Confira!

Capital para investimento

Entre estes dois modelos, uma das vantagens de abrir uma loja de rua é o investimento inicial. Este formato pode se adaptado para pequenos locais, que costumam ter um aluguel mais barato, por exemplo.

O investimento com reformas do local pode variar de acordo com o modelo de negócio, e até com o estado em que se encontre o ponto, seja na rua ou no shopping.

Nesse sentido, você deve avaliar qual a sua capacidade de investimento e qual tipo de ponto será mais fácil encontrar na sua região.

O shopping é um local bastante concorrido. Por isso, dependendo do momento, isso pode inviabilizar o início do seu empreendimento. O futuro franqueado deve analisar se a lucratividade do marca compensa o alto investimento que pode ser necessário para uma loja de shopping.

Dessa forma, para negócios menores, pode ser mais seguro realizar um investimento em uma loja de rua. Deve-se colocar tudo isso na ponta do lápis para que você possa avaliar suas possibilidades de investimento, sem comprometer sua saúde financeira.

Custos associados à franquia

Assim como os custos com reformas devem ser levados em conta, outros gastos também são importantes de se avaliar na hora de escolher onde instalar sua unidade.

Nesse sentido, é preciso estudar os custos com aluguel para cada tipo de loja. Qual será mais em conta? Este cálculo é necessário para evitar um investimento maior do que a capacidade do negócio.

Dessa forma, sabendo dos valores dos aluguéis, você consegue identificar qual se encaixa à sua possibilidade naquele momento. Alguns lugares podem pedir um cheque calção ou adiantamento, bem como um fiador.

Ainda, o contrato de aluguel costuma ser mais longo, exigindo cuidado antes de assinar. Contudo, você também deve levar em consideração que o aluguel mais caro em uma loja de shopping. Isso porque, pode compensar em algumas coisas.

Por exemplo, comodidade de estacionamento, local seguro, pouca influência do tempo no movimento de clientes. Por fim, além dos valores que devem estar de acordo com sua capacidade, é preciso avaliar também os pontos positivos de cada espaço.

Modelos da franquia escolhida

Estamos falando entre escolher entre uma franquia de rua ou franquia em shopping. Contudo, nem sempre as marcas têm estes dois tipos de modelos.

Algumas das franquias do mercado podem ter um modelo voltado apenas para rua ou somente para lojas de shopping ou então, apenas para quiosques.

Sendo assim, avalie qual desses modelos de negócio melhor se encaixa às suas condições financeiras e também ao seu perfil. Caso nenhum desses modelos seja o que o você procura, procure outra marca ou, em último caso, opte por outro modelo.

O mercado de franchising é amplo, com franquias dos mais variados tipos. Não será impossível encontrar uma marca que possa se adequar ao seu desejo e ao modelo de negócio que queira investir.

Assim, cada empreendedor tem um objetivo diferente. Cabe a você escolher entre os mais variados modelos de franquias existentes no mercado, aquele com o qual mais se identifica. Assim, poderá fazer o melhor investimento.

Horário de funcionamento

Além dos custos com reforma e aluguel, você também deve avaliar o horário de funcionamento do seu novo negócio. Ao optar entre franquia de rua e franquia em shopping, o horário de funcionamento é algo que diferencia.

Os shoppings têm um horário de trabalho mais rígido e específico, com menor flexibilidade. Assim, por contrato, você é obrigado a abrir de acordo com o horário do shopping.

Por outro lado, em uma loja de rua, você é quem faz o seu horário. Porém, precisa levar em consideração a movimentação de seus clientes. Nesse sentido, não é atrativo abrir sua loja em um horário diferente dos outros comerciantes da rua onde está localizado.

Assim, é preciso estar disposto a trabalhar e a se adequar aos horários do shopping ou da loja de rua. Mas lembre-se que um permite um pouco mais de flexibilidade do que o outro.

Perfil do empreendedor

Além de avaliar os custos entre os modelos de franquias, você não deve se afastar daquilo que realmente deseja fazer. Nesse sentido, analise o seu próprio perfil, saiba que tipo de negócio e lugar se encaixa mais às suas qualidades e objetivos.

Cada empreendedor tem um perfil diferente. Ir de acordo com isso torna o trabalho do dia a dia mais fácil, prazeroso e sólido. Imagine ter que dedicar horas do seu dia, abrir mão do descanso e lazer para trabalhar em algo que não gosta?

Por isso, entenda o seu perfil, veja se ele se encaixa em uma franquia de rua ou franquia em shopping. Leve em consideração que os públicos são diferentes, e às vezes, você consegue lidar melhor com um ou com outro formato.

Enfim, busque por um tipo de negócio com o qual será mais fácil de lidar, levando em conta suas características pessoais.

Melhores franquias para abrir na rua ou shopping

Esta lista oferece uma seleção cuidadosa das melhores franquias para abrir nestes locais estratégicos. Com marcas consolidadas e modelos de negócios adaptados ao ambiente urbano ou shopping, essas opções prometem uma entrada bem-sucedida no mercado.

Então, ao considerar esta lista, você pode explorar franquias que não apenas se destacam na concorrência, mas também capitalizam a alta circulação de consumidores.

Descubra as oportunidades e prepare-se para inaugurar sua franquia em um cenário propício ao sucesso nos corredores ou vitrines movimentadas. Acompanhe!

[raio_x_esf]

Para quem o modelo de franquia é indicado?

O modelo de franquia é especialmente indicado para empreendedores que buscam iniciar um negócio com menor risco.

O perfil ideal do franqueado envolve paixão pelo setor, habilidades de gestão e comprometimento. A capacidade de seguir padrões operacionais, adaptar-se às demandas do mercado e aproveitar o suporte da franqueadora são características para o sucesso nesse modelo de negócio.

A franquia é uma escolha estratégica para quem valoriza uma parceria estruturada e deseja capitalizar em marcas consolidadas, tornando-se uma opção atrativa para diversos perfis de empreendedores.

Passo a passo para abrir sua franquia

Primeiramente, contate a marca desejada e estabeleça uma comunicação eficiente. Em seguida, analise minuciosamente o negócio, compreenda seus pontos principais, entre outros.

Após, faça a avaliação da Circular de Oferta de Franquia (COF). Isso porque, o documento fornece informações importantes sobre investimentos e suporte da franqueadora. Paralelamente, planeje suas finanças com precisão, garantindo uma base sólida para o empreendimento.

Ao negociar diretamente com a franqueadora, esclareça todas as dúvidas e alinhe expectativas. O último passo é o investimento na franquia e a inauguração da sua unidade.

Nesse conteúdo, você aprendeu que vale a pena investir na franquia de rua ou franquia em shopping. Ainda, conferiu dicas estratégicas e marcas para empreender. Agora que está por dentro do assunto, abra o seu negócio e ganhe dinheiro.

Acompanhe o mercado
A mais lidas hoje