O maior Portal de Franquias do Brasil!
Home » Todos Conteúdos » Franchising » Segmento: Serviços automotivos » Franquia de oficina mecânica e estética automotiva: entenda as diferenças

Franquia de oficina mecânica e estética automotiva: entenda as diferenças

Sumário

Para quem é apaixonado com carros, abrir uma franquia de oficina mecânica pode ser a chance de empreender em algo bem rentável. Mas será que essa é a melhor opção para trabalhar no setor automotivo? Pensando nisso, preparamos o texto a seguir com uma analise entre os dois segmentos. 

De acordo com dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF), em 2023, o setor de franquias como um todo teve um faturamento de R$ 240,6 bilhões. Assim, investir pode ser uma opção promissora para quem quer empreender.

Ainda, o Brasil é um dos países que possuem a maior frota de carros do mundo. Por causa disso, empreender nesse segmento traz bons retornos para o empresário. A questão é que para isso acontecer, é necessário levar em consideração diversos fatores. 

Mesmo com boas perspectivas para os próximos anos, é necessário que você consiga identificar as necessidades do público. Afinal, o que não falta são marcas que fazem mais do mesmo. Analisando duas das melhores ofertas, temos as oficinas e os centros de estética automotiva. Continue a leitura!

O mercado de serviços automotivos no Brasil

O mercado de Serviços Automotivos no Brasil continua a desempenhar um papel importante em reflexo a crescente demanda por soluções de qualidade. Com uma variedade que vai desde oficinas mecânicas até serviços de personalização, o setor demonstra uma notável resiliência.

Afinal, a busca constante por conveniência e especialização impulsiona o crescimento desses negócios. De acordo com ABF, em 2023, o setor faturou R$ 7,6 bilhões. Ou seja, um crescimento de 11,5% comparado ao ano anterior.

Logo, esse resultado positivo destaca o potencial contínuo de crescimento e lucratividade no setor. Então, você que quer explorar as oportunidades nesse mercado dinâmico têm a chance de prosperar.

Desse modo, alinhando-se às tendências e às expectativas dos consumidores. Por fim, cenário animador e a diversidade de serviços oferecidos reforçam a atratividade do setor Automotivo no Brasil.

Como funciona uma franquia de oficina mecânica?

Uma franquia de oficina mecânica opera como um modelo de negócios inovador no cenário automotivo. O funcionamento desse empreendimento envolve a replicação de um sistema operacional testado e comprovado pela franqueadora. Assim, proporciona consistência e qualidade nos serviços oferecidos.

Então, ao adquirir uma franquia nesse segmento, você obtém suporte técnico, treinamento especializado e acesso a uma marca já consolidada no mercado. Essa parceria oferece não apenas a expertise técnica necessária, mas também uma vantagem competitiva derivada da credibilidade da franquia.

A estrutura operacional padronizada, combinada com o respaldo da franqueadora e proporciona uma base sólida para empreendedores que desejam investir no setor automotivo. Essa abordagem estratégica minimiza riscos e potencializa as chances de sucesso no mercado de franquia de oficina mecânica.

Logo mais, confira quais são as melhores opções para empreender no setor de Serviços Automotivos. Mas antes, entenda se franquias nesse mercado são boas opções para ganhar dinheiro.

Franquias no mercado automotivo são opções lucrativas

Investir em franquias no mercado automotivo pode ser uma escolha lucrativa, indo além da tradicional franquia de oficina mecânica.

Isso porque, mesmo com a manutenção automotiva, diversas oportunidades oferecem uma abordagem inovadora e ampla para empreendedores.

Então, as franquias de limpeza automotiva, personalização de veículos, locação de automóveis e até mesmo serviços de entrega especializados no setor são opções atraentes.

Essa diversidade destaca a amplitude do mercado automotivo, o que proporciona escolhas alinhadas aos interesses e habilidades do investidor. Cada setor apresenta seu próprio potencial de lucro, respaldado pela crescente demanda por serviços automotivos de alta qualidade.

Melhores franquias para trabalhar com carros

Explorar as melhores franquias no universo automotivo é um passo estratégico para empreendedores que buscam oportunidades sólidas e lucrativas.

Separamos uma lista com franquias que vão além das oficinas mecânicas tradicionais, abrangendo nichos inovadores e sustentáveis.

Cada escolha apresenta potencial de crescimento. Logo, ao considerar estas opções, você terá a oportunidade de mergulhar em nichos específicos. Assim, alinhando-se às tendências do mercado com grandes chances de sucesso nesse mercado. Acompanhe!

[raio_x_esf]

Para quem o modelo de franquia é indicado?

O modelo de franquia é indicado para empreendedores que valorizam a segurança de um negócio testado e comprovado.

Sendo assim, o perfil ideal do franqueado envolve afinidade com o setor, habilidades interpessoais sólidas e comprometimento. Ainda, acapacidade de seguir padrões operacionais é fundamental, pois garante consistência e qualidade.

Além disso, a compreensão clara das responsabilidades contratuais, o que inclui as taxas e obrigações, é indispensável. Por fim, você pode aumentar as oportunidades e minimizar os desafios, destacando-se como um candidato ideal para prosperar no modelo de franquia.

Esse é, inclusive, um dos pontos abordados no curso Guia Para Iniciantes. São aulas que você pode acessar clicando aqui, assistir online e entender em detalhes como investir em uma franquia. Sem prejuízo e sem o risco de escolher uma marca ruim.

Passo a passo para abrir sua franquia

O processo para conseguir abrir a sua franquia de oficina mecânica ou estética automotiva exige um acompanhamento bem próximo e cuidadoso para que encontre a melhor opção no mercado. Somente dessa forma, você conseguirá criar um funil que lhe levará ao sucesso da sua jornada. 

Para relembrar, as franquias são empreendimentos que visam autorizar um empresário terceiro de explorar comercialmente uma determinada marca. Esse processo se torna viável graças a transferência de conhecimento feita pela franqueadora por meio dos treinamentos e suportes. 

Mas para que o negócio possa ser viável, o franqueado precisa seguir alguns padrões impostos pela marca. Nessa regra está incluso, por exemplo, a identidade visual da empresa e a qualidade do serviço que precisa ser empregado. Enquanto isso, todas as questões administrativas e de gestão ficam por sua conta. 

Assim, podemos definir que as franquias são modelos semi-independentes. Essa junção é o que torna o empreendimento o mais seguro do país.

De acordo com o Sistema Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), apenas 15% das unidades franqueadas fecham as portas antes de completar dez anos. 

Comparado com as empresas abertas do zero, a diferença é gigante. A taxa de mortalidade chega a 75%. Todo o sucesso passa principalmente pelo seu processo de escolha. Agora, confira as dicas abaixo. 

Avalie a reputação das franqueadoras

O primeiro passo para que você possa começar a sua jornada de franqueado, é fazer uma busca sobre as marcas que mais se identificou ao longo das pesquisas. Essa busca é bem simples e pode ser facilmente realizada sem nenhum esforço. 

Vivemos em um mundo onde encontrarmos qualquer coisa que queremos na internet. Dessa forma, quando falamos para pesquisar a reputação de uma empresa, não seria diferente. O caminho mais simples é indo até as redes sociais da franqueadora e analisar as reclamações presentes. 

Existe um pequeno problema nessas questão e que você precisa ficar atento. Nem todas as reclamações são suficientes para eliminar uma marca.

Assim, pode ser importante verificar a quantidade de críticas semelhantes ou igual. Outro fator para levar em consideração é com relação ao número de defensores da franqueadora. 

Nem todos os clientes defendem a marca a todo custo, inclusive é uma situação bem rara. Por causa disso, caso encontre empresas com esse tipo de cliente, valorize. Mas ainda não é o suficiente para você determinar se é perfeita ou não. 

Outro meio de avaliar uma empresa é no “Reclame Aqui”. Esse site é responsável por gerar um espaço público para que consumidores possam levantar as questões que geraram algum tipo de desconforto. Assim, cabe à empresa responder e tentar amenizar a situação. 

No portal, é possível chegar a pontuação da franqueadora e verificar também se há reclamações de outros franqueados. Por fim, analise as reportagens que surgem o nome da marca, o site, as postagens etc. 

Entre em contato com a empresa

Para que você possa se tornar um franqueado, é necessário entrar em contato com a franquia de oficina mecânica ou estética automotiva.

Basta acessar o site da empresa em questão e preencher o formulário disponível para os empreendedores interessados. Em pouco tempo a franqueadora entrará em contato com você para iniciar as tratativas. 

Após fazer a sua busca, entre em converse com as marcas que mais chamaram a sua atenção. Esclareça todas as suas dúvidas sobre o empreendimento e os pontos de interesse. Esse será o seu primeiro contato, então é muito importante que consiga manter uma conversa esclarecedora. 

Além disso, nesse momento a franqueadora irá entrar conversar com você para conhecer um pouco mais sobre o seu perfil. Como se comporta e se está de acordo com o que busca em um empresário que deseja se tornar franqueado. Essa etapa não costuma ser muito complicada. Portanto, fique bem tranquilo. 

Se você estiver empreendendo junto a um sócio, ele também precisará participar de algumas reuniões. Não de todas necessariamente. Ambos precisam ser aprovados pela empresa para que o processo dê continuidade. Não existe um número máximo de encontros que podem ser feitos. 

Na verdade, essa quantidade dependerá exclusivamente de você. Principalmente após o recebimento da Circular de Oferta de Franquia (COF). Documento é fundamental para o prosseguimento do acordo. 

Estude a Circular de Oferta de Franquia (COF)

O próximo passo para se tornar um franqueado é fazer um estudo aprofundado dos dados apresentados na COF. Será graças ao documento que você terá condições de avaliar se o empreendimento proposto é realmente um bom negócio para você ou não. 

Diversas informações importantes para o desenvolvimento da sua unidades estarão presentes neles. Tais como: 

  • Dados sobre a franqueadora, como CNPJ e endereço da sede;
  • Histórico da marca;
  • Balanço e demonstrações financeiras;
  • Pendências judiciais;
  • Relação de franqueados;
  • Franqueados ativos e que se desligaram nos últimos 24 meses;
  • Equipe da franqueadora;
  • Informações sobre o mercado;
  • Descrição do negócio;
  • Características dos modelos de negócio da marca de franquia;
  • Perfil desejado do franqueado;
  • Estimativa de investimento pelo franqueado, com descrição das taxas cobradas;
  • Estimativa de ganhos financeiros;
  • Regras sobre território (se haverá exclusividade ou não de atuação por um franqueado em determinada área);
  • Lista de fornecedores para atuação na franquia;
  • Lista de apoios prestados pela franqueadora;
  • Situação do franqueado após o término ou rescisão do contrato de franquia.

Por contar com uma variedade grande de dados, é aconselhável que tenha um advogado especializado em franquias ao seu lado. O profissional será importante para auxiliar você a entender o empreendimento e esclarecer as dúvidas que aparecerem ao longo da sua análise. 

Não tenha pressa para concluir o seu estudo da circular. De acordo com a Lei de Franquias, o documento deve ser entregue pelo menos dez dias antes da assinatura do contrato final. Caso o prazo não seja respeitado, o investimento será perdido. 

Avalie o seu contrato final

Após conhecer a COF, o próximo passo é finalizar o processo e dar entrada na sua franquia. Para isso, você precisa informar ao representante comercial da franqueadora em questão sobre as suas intenções e objetivos. Por exemplo, se será o modelo home office ou loja física e a área que deseja atuar. 

Em seguida, será redigido o contrato final para que você possa finalmente se tornar dono da sua franquia de oficina mecânica ou de estética automotiva. Leia com atenção o documento e certifique-se que tudo está de acordo com o que você solicitou e foi negociado com a marca. 

No ato da assinatura do contrato, é necessário pagar a sua taxa de franquia. Esse é o principal valor referente a abertura do negócio. Por ser uma quantia que representa a maior parte do investimento, é possível negociar o parcelamento da mesma dependendo da marca .

Se aparecer alguma franqueadora disposta a negociar essa quantia, fique atento e evite fechar negócio. A principal base de uma boa franqueadora é oferecer condições iguais para todos os seus franqueados. Se alguém se beneficia de uma ação dela, certamente há problemas na estruturação do negócio. 

Certamente a decisão entre os dois tipos de empreendimentos que apresentamos no texto, pode trazer diversas dúvidas para o empresário. São áreas bem parecidas que usam basicamente dos mesmos números e dados do segmento. Mesmo com atuações diferentes, são coirmãs. 

Dessa forma, o trabalho para escolher o melhor deve passar por uma série de análises, como o custo para a instalação, perfil e capacidade financeira. Quando esses fatores são estudados, a decisão fica ainda mais fácil. 

Ao longo do conteúdo, você aprendeu sobre a franquia oficina mecânica. Ainda, descobriu dicas estratégicas e opções de marcas para investir. Agora que está por dentro do conteúdo, empreenda e ganhe dinheiro.

Acompanhe o mercado
A mais lidas hoje