Destaques ★FranchisingSegmento: Hotelaria e Turismo

Tudo sobre sobre a Franquia CVC Brasil: história, preço, modelo

imagem do rio de janeiro ilustrativa texto franquia cvc
Sugarloaf Landscape Tourism Rio Brazil Mountain

Quer abrir uma franquia de turismo e pensou na franquia CVC? Pois então, é essencial conhecer tudo sobre o negócio antes de investir.

A CVC é uma oportunidade de trabalhar em um ramo que está em alta. A retomada do turismo depende da vacinação, mas com o avanço da imunização, as pessoas estão voltando a viajar.

Principalmente, os consumidores ficaram em casa por muito tempo durante a pandemia. Por isso, é grande o desejo de viajar. Veja um pouco sobre essa tendência no vídeo abaixo, e depois acompanhe tudo sobre a franquia CVC Brasil.

Advertisement

História da franquia CVC

Tudo começou em 1972, quando a CVC foi fundada como uma agência de viagens que oferecia passeios de ônibus. Ao longo do tempo, a CVC inovou e cresceu, tornando-se a maior empresa de viagens do Brasil.

A história da CVC começou a ser contada oficialmente em 2009, quando a empresa foi comprada por um dos maiores fundos de private equity do mundo.

Hoje em dia, o marketing para agência de viagens é essencial na marca, usado nas estratégias para o crescimento da agência de viagens.

Modelo de negócio CVC

A CVC possui um portfólio de mais de 1.000 destinos nacionais e internacionais. Em 2013, suas vendas somaram cerca de R $ 4,5 bilhões.

A CVC possui uma rede de quase 800 pontos de vendas no varejo e 6.500 agentes independentes. A franquia CVC Brasil também está presente por meio de diversas empresas nos segmentos de viagens de férias e lazer. Assim como de viagens de negócios e de cursos e intercâmbio cultural, por meio de lojas físicas e mais.

Para abrir uma unidade da franquia, é possível escolher entre três modelos de negócio. São eles: a Loja de Rua, Loja de Hipermercado, e a Loja de Shopping. O investimento inicial necessário é de R$ 60 mil.

Margem de lucro de uma franquia da CVC

A margem de lucro de uma agência de viagens vai até 12%, mas isso vai depender das suas estratégias de atuação de mercado. Para começar a fazer esses cálculos, é importante que você tenha bem definido quais os custos que você tem com cada tipo de serviço que disponibiliza.

Mas claro, por ser uma franquia, a franqueadora vai ajudar você nesse processo. Então, será mais simples obter bons resultados com a franquia CVC.

O franqueado lucra com a taxa de remuneração, que varia de 5% a 12% do valor da venda realizada, de acordo com o produto turístico vendido.

O que preciso para abrir uma franquia da CVC?

Para abrir uma franquia de rua, é preciso ter um espaço de no mínimo 50 metros quadrados. Com interesse em iniciar uma unidade, você deve entrar em contato com a franqueadora.

A empresa, então, vai apresentar o negócio e enviar a Circular de Oferta de Franquia (COF). A COF é um documento essencial no franchising, e vai listar tudo que você precisa saber sobre abrir a franquia.

A partir daí, você poderá negociar sua unidade e adquirir a franquia. Então, a franqueadora vai auxiliar na escolha do ponto comercial, oferecer treinamentos e suportes, para que o negócio tenha bons resultados.

Achou o negócio da CVC interessante, mas não tem certeza se ela é mesmo a melhor opção para você? Então, você pode conferir uma outra opção de franquia de turismo no conteúdo: Franquias de Turismo: melhores opções para lucrar neste setor em alta.

Se preferir, você também pode contar com uma consultoria completa para entender qual o negócio ideal ao seu perfil. Basta acessar: henriquemol.com.br

Artigo produzido pela equipe Planejador Web.

Modismo nas franquias: como saber se um negócio vai perdurar?

Artigo anterior

Procurando franquias de gastronomia? 20 negócios lucrativos de Alimentação!

Próximo Artigo

Comentários

Comentários não permitidos.