O maior Portal de Franquias do Brasil!
Home » Todos Conteúdos » Destaques ★ » Quer ser franqueador? Saiba como e as vantagens de fazer

Quer ser franqueador? Saiba como e as vantagens de fazer

Sumário

Você é dono de uma empresa e acredita que se tornar um franqueador pode aumentar o sucesso do seu negócio? Saiba que sim, essa pode ser a melhor estratégia para se tornar uma referência no seu setor. 

É evidente o crescente número de marcas que optam por aderir ao modelo de franquias. Um levantamento destacou que o setor de franchising registrou um aumento de 14,3%, em 2022, comparado ao ano anterior, resultando em uma receita total de R$ 211,4 bilhões.

Mas entenda que empreender não é uma tarefa muito fácil. Isso porque, são diversos problemas e desafios ao longo da jornada, principalmente para quem decide abrir algo do zero. Porém, quando os resultados começam a aparecer, é comum pensar em expandir os horizontes e ganhar novos mercados. 

Nesse momento, algumas dúvidas podem surgir, como se o melhor é abrir outra unidade própria ou partir de vez para as franquias. Pensando nisso, preparamos este conteúdo. Aqui, você poderá conhecer mais sobre o sistema de franchising e as vantagens de transformar o seu negócio. Continue lendo!

Conheça as responsabilidades do franqueador

Para você se tornar um franqueador, é importante que fique atento a algumas responsabilidades que deverá exercer para o desenvolvimento da sua unidade. Desse modo, você deverá fazer todo o trabalho de gestação, implementação e instalação de todas as franquias abertas. 

Além disso, você deverá se preocupar com a gestão da rede como um todo. Por meio dessa responsabilidade, caberá à sua marca prestar serviços de orientação sobre o negócio, modo de operação, auxiliar nos treinamentos dos franqueados e funcionários. Além de auxiliar na escolha do ponto comercial. 

Então, alinhado a isso, ainda precisamos citar o papel do franqueador de dispor e ajudar os empreendedores com os padrões arquitetônicos e layouts das unidades franqueadas. Essa será uma maneira para padronizar e evitar riscos desnecessários tanto para a sua marca, quanto para os franqueados. 

Vantagens de se tornar uma franqueadora

Se tornar uma franqueadora oferece inúmeras vantagens estratégicas para empresas em expansão. A oportunidade de escalar negócios, fortalecer a marca e conquistar novos mercados é notável.

A gestão eficiente da cadeia de suprimentos e a padronização dos processos impulsionam a consistência operacional. Além disso, a franquia proporciona uma rápida penetração em diferentes regiões geográficas.

Logo, a flexibilidade do modelo franqueado adapta-se a variados perfis de empreendedores. Sendo assim, a construção de uma rede sólida, baseada em princípios comuns, resulta em um crescimento sustentável. As vantagens específicas dessa abordagem estratégica estão detalhadas a seguir. Veja abaixo.

Expansão da marca

Uma das principais vantagens de ser um franqueador, como citamos, é a expansão facilitada da marca. Ao tornar o seu negócio uma franquia, o capital necessário para abrir uma nova unidade parte do empresário terceiro. Ou seja, quem vai investir em uma franquia da marca.

Em contrapartida, os seus gastos são bem inferiores, pois sua empresa precisará apenas se preocupar com o treinamento e o suporte do franqueado. 

Rentabilidade do negócio

Rentabilidade é um indicativo que mostra o sucesso de um investimento com base no faturamento do negócio.

Tendo isso em mente, fica fácil entender como apostar no sistema de franquias pode ser uma boa solução para a sua empresa. Ao transformar a sua marca e permitir as “cópias”, a tendência é que essa porcentagem aumente consideravelmente. 

Sua empresa vai cobrar a taxa de franquia e os royalties para autorizar um terceiro a explorar comercialmente seus produtos e serviços. Essa será a principal fonte de renda do seu negócio. 

Vale destacar que a taxa de franquia é o maior valor pago pelo franqueado e é cobrada apenas uma vez. Já os royalties têm sua cobrança de acordo com a sua necessidade, podendo ser mensal, trimestral, semestral, anual etc. O importante é que esteja de acordo com a sua estratégia. 

Inclusive, há marcas que não cobram essa despesa para conseguir atrair mais empresários para a sua rede. Porém, essa deve ser uma ação muito bem pensada e articulada. Então, fique atento para não correr um risco sem necessidade. 

Capacidade de negociação da rede

Seus fornecedores vendem por preços muito mais baixos se você compra em grandes volumes. Agora, imagine a economia feita se adquirir o material ou insumo para 50 lojas, por exemplo. 

Vale destacar também que esse tipo de negociação é fundamental para o desenvolvimento de relações duradouras e acordos realmente atrativos para a rede como um todo. Com isso, temos um ponto que reduz os gastos e aumenta a receita da empresa. 

5 passos para se tornar um franqueador de sucesso

Você gostou e se interessou pelas vantagens de abrir uma franquia até aqui? Então, agora chegou o momento de conhecer o processo para se tornar um franqueador.

São ações importantes para descobrir se sua empresa está realmente pronta para dar esse passo ou não. Para isso, será necessário fazer uma série de análises.

1. Faça a análise de franqueabilidade 

O primeiro passo que deve ser tomado é fazer o estudo de franqueabilidade da sua empresa. Nesse levantamento, será considerada a viabilidade dessa estratégia, com o intuito de conhecer se a sua marca tem capacidade de fazer investimento em melhorias na estrutura para comportar a rede. 

Logo, são pontos como gestão, estrutura, quadro de funcionários qualificados, organização interna e, principalmente, a capacidade da empresa prestar os suportes necessários aos franqueados. Também é preciso pensar no posicionamento no mercado, com base no público-alvo e perfil de cliente. 

A empresa deve pensar no seu potencial de venda e como a concorrência pode limitar as suas ações. Por fim, é feito um modelo financeiro, considerando todas as fontes de receita que a rede poderá oferecer. Ao final de todo esse estudo, é possível saber se seu negócio deve ou não se tornar uma franquia. 

Caso a resposta seja negativa, encontre os gargalos e faça as modificações necessárias para eliminá-los. Após isso, faça novamente a analise de franqueabilidade e dê um novo parecer.

2. Documentos legais

Ao chegar à conclusão que a sua marca está preparada para se tornar uma rede de franquias, será o momento de preparar todos os documentos legais para apresentar aos futuros franqueados. Quase todas as informações que o franqueador separou na sua análise devem ser organizadas e apresentadas. 

O melhor caminho é começar pelo Demonstrativo de Resultados do Exercício (DRE). Isso porque, é responsável por apresentar a saúde financeira da empresa como um todo, considerando as despesas fixas, variáveis, impostos e os ganhos.

Na sequência, elabore a Circular de Oferta de Franquia (COF). O documento vai apresentar as principais informações sobre o negócio de maneira geral. Deve ter o histórico da marca, os valores cobrados, taxas, regras que devem ser seguidas, obrigações de ambas as partes etc. Todos os termos estão previstos por lei.

Para se ter uma ideia da importância da COF, deve ser entregue ao candidato a franqueado pelo menos dez dias antes da assinatura do contrato de franquia. Caso contrário, o negócio pode ser desconsiderado, gerando prejuízo para você e o empresário. 

Com esses documentos considerados base para o entendimento da empresa, será a hora de desenvolver o contrato. Faça um documento consistente e completo, que deixe bem claro os direitos e deveres seus e do franqueado.

3. Estabeleça as informações do negócio

A formalização dos processos é feita após os levantamentos anteriores e é responsável por apresentar todas as questões operacionais que envolvem a franquia. Quais etapas o empresário interessado precisa passar, qual o perfil que melhor combina com a marca, que tipo de experiência pretende oferecer para seus clientes etc. 

Esse levantamento será como o horizonte que deve ser seguido para que a rede tenha o sucesso esperado.

Vale ressaltar que não precisa ser algo fixo. Caso sinta que o mercado de franquia tem se comportado de maneira diferente do previsto, nada impede que faça modificações pontuais. 

Esse é, inclusive, um dos pontos abordados no curso Guia Para Iniciantes. São aulas que você pode acessar clicando aqui, assistir online e entender em detalhes como investir em uma franquia. Sem prejuízo e sem o risco de escolher uma marca ruim.

4. Estratégia de marketing para expansão

O próximo passo é montar a sua estratégia de marketing para expansão. Nesse momento, é importante pensar quais serão os atrativos da sua marca para atrair novos empresários.

A divulgação do negócio é fundamental para o sucesso da rede. Por isso, faça um levantamento dos meios de publicidade que você pode usar, quais os tipos de conteúdos serão abordados e que público você deseja atingir.

5. Contrate uma consultoria para franquear

Uma das melhores soluções é contratar uma empresa de consultoria de franquias. Isso porque, irá atuar para fazer uma série de análises, apresentar os números e documentos, e auxiliar na criação da melhor estratégia para o seu negócio. 

Por exemplo, da consultoria oferecida pela Formatação de Franquia, sua empresa tem a possibilidade de se converter em uma Rede de Franquias de Sucesso, expandindo-se para diversas unidades.

Nesse sentido, a consultoria abrange todas as etapas do processo, iniciando com uma análise detalhada de sua empresa para identificar áreas que podem ser aprimoradas. Em seguida, é desenvolvido um modelo de negócio replicável e lucrativo.

Além disso, a consultoria oferece orientação sobre os cuidados necessários na elaboração de documentos legais, como manuais, COF e contratos, simplificando a expansão de seu negócio.

Com 12 anos de experiência em franchising da holding Encontre Sua Franquia, a Formatação de Franquia tem um conhecimento sólido sobre o que realmente funciona no mercado. Assim, pode-se confiar nessa solução para obter assistência no processo de transformação e expansão de sua empresa.

Ao longo do texto, você pôde conhecer um pouco mais sobre as vantagens de transformar o seu empreendimento numa rede de franchising.

Mas adotar esse sistema, além de ser mais barato do que abrir várias unidades sozinho, permite que você tenha uma estratégia mais agressiva na hora de expandir seu negócio. Ao longo do conteúdo, você aprendeu sobre como ser franqueador e suas vantagens. Agora que está por dentro do assunto, abra o seu negócio e lucre.

Acompanhe o mercado
A mais lidas hoje