O maior Portal de divulgação de Franquias do Brasil!

O que significa fazer a expansão de franquias? Vale a pena?

Acesse uma parte específica do artigo

ilustração de expansão de franquias que mostra homem mostrando celular e mulher fazendo anotações, ao fundo, ícones de interrogação e lâmpadas

O que significa fazer a expansão de franquias? Vale a pena?

A expansão de franquias é um processo em que o franqueado pode ampliar seus negócios. Por isso, continue lendo esse texto para saber tudo sobre esse processo e entender se ele realmente vale a pena para você.

Mas, antes de tudo, compensa observar que o franchising é um setor que tem se recuperado diante da pandemia. Entre 2021 e 2022, por exemplo, o mercado de franquias faturou 10,7%

Advertisement
a mais.

Sendo assim, o processo de expansão de franquias pode ser uma oportunidade para quem pensa em ampliar os negócios. Afinal de contas, esse mercado apresenta várias vantagens ao investidor.

Advertisement

Ao expandir seu negócio por meio de uma franquia, você passa a ter acesso a modelos de negócio mais seguros. Então, é possível conquistar novos mercados e investidores e levar seu produto ou serviço a mais pessoas.

QUERO FORMATAR UMA FRANQUIA

O que é expansão de franquia?

A expansão de franquias pode ser definida como o processo de replicar unidades de uma rede. Assim, concedendo também o direito de uso da marca além de todo o know-how para seus investidores. 

Ou seja, o investidor cria um modelo de negócio bem estruturado que se baseia na replicação de uma marca para seus franqueados.

Os empreendedores que se tornam franqueados podem utilizar então a marca, o know-how, entre outros recursos disponibilizados pela rede. Como, por exemplo, suporte, acompanhamento, treinamentos e conteúdos.

Nesse processo de expansão, a franqueadora é a parte que detém os direitos da marca e a sede para seus investidores. Além de ter como obrigação acompanhar e orientar os franqueados da rede. 

O franqueado também tem obrigações, para que o processo corra da melhor forma. Entre eles, por exemplo, seguir os padrões da marca, garantindo a qualidade nos produtos, serviços e atendimento. 

Além disso, é importante padronizar os processos e operações para manter a qualidade da marca. Porém, tudo é feito com o suporte da franqueadora.

A marca tem deveres como auxiliar na implantação, escolha do ponto, inauguração, contratação de funcionários e fiscalização.

Por outro lado, o franqueado que irá expandir a marca e adquirir os direitos de uso costuma pagar uma taxa de franquia.

Para expandir um negócio em franquia, o empreendedor realiza a análise de franqueabilidade e avalia se o negócio está pronto para dar esse passo. Além disso, todos os direitos e deveres de ambas as partes precisam constar na Circular Oferta de Franquias (COF), elaborada pela franqueadora.

Onde e como buscar auxílio para garantir o sucesso de sua franquia?

Para realizar a expansão de franquias, pode ser de grande ajuda buscar empresas especializadas. Dessa forma, o investidor recebe auxílio para planejar, definir o perfil do franqueado ideal etc.

Então, você não vai precisar buscar apoio de vários especialistas diferentes. Afinal de contas, a empresa conta com todo o conhecimento necessário para ajudar sua marca a conquistar unidades de franquia.

Do mesmo modo, com uma empresa especializada, você pode se lançar nessa expansão mesmo sem experiência. Logo, vai ter mais segurança para investir em uma marca promissora e se lançar rumo a novos desafios no empreendedorismo.

Então, veja a seguir algumas vantagens de expandir um negócio por franquia.

QUERO FORMATAR MINHA FRANQUIA 

Vantagens de expandir um negócio por franquia

Expandir um negócio por meio de franquias pode trazer diversas vantagens para o empreendedor e o seu negócio. Entre elas, por exemplo, a diminuição de diversos custos em relação ao negócio.

Afinal, a franqueadora irá ceder os direitos de gestão das unidades franqueadas para os investidores.

Desse modo, os custos do dono da marca diminuem. Até porque, despesas como a de implantação são de responsabilidade do franqueado.

Além disso, há diminuição de riscos pela gestão descentralizada do negócio, feita pelos franqueados e de responsabilidade deles. Do mesmo modo, há suporte da franqueadora para seguir as melhores práticas. 

Ao expandir um negócio por conta própria, o processo pode ser demorado. Por outro lado, com uma franquia essa expansão é mais rápida.

Afinal, os processos em relação à implantação de uma nova unidade possuem muito planejamento e gestão. Ao mesmo tempo, é necessário entender o mercado local e se dedicar ao negócio. 

Desse modo, o franqueado irá terceirizar esse processo. Além de contar com uma equipe de implantação e suporte da franqueadora.

Esse fato faz com que a marca conquiste espaço e se destaque no mercado em relação aos seus concorrentes.

Há também questões de gestão, pois quando uma empresa se expande sem franquias, ela precisa contratar bons gestores. Ou seja, acaba sendo um processo caro e, às vezes, ineficiente, pois os gestores podem não se dedicar o suficiente.

Por meio do modelo de franquia, os gestores são os próprios franqueados, donos do negócio. Isso aumenta a motivação e dedicação para o empreendimento.

Passo a passo para expandir uma marca

A seguir, vamos apresentar um passo a passo para realizar a expansão de franquias e ter um negócio de sucesso. Entre eles estão, por exemplo, análise da franqueabilidade, elaboração da COF e muito mais.

Análise de franqueabilidade

A análise de franqueabilidade serve como um diagnóstico da situação atual da empresa. Desse modo, a marca vai analisar o negócio como um todo. Com a intenção de entender o que está bom e as questões que precisam ser de correção antes da expansão.

Todos esses passos servem para que a expansão ocorra de forma segura, planejada e com menos riscos. Então, com essa análise, é possível entender se o negócio está ou não no momento certo para expandir como uma franquia.

Além disso, você pode entender se a marca possui as características necessárias para esse próximo passo. É uma etapa indispensável para que se organizem todas as questões antes de tirá-las do papel. Bem como aumentar as chances de sucesso na expansão.

Análise financeira da marca

A expansão de franquias envolve também a análise de viabilidade financeira da marca, para que o negócio seja testado e aprovado. Assim, é preciso analisar se as operações financeiras da empresa são saudáveis.

Pois, para se expandir como franquia é necessário que o negócio esteja lucrando.

Nesse passo, uma equipe faz um teste para confirmar se os resultados são os esperados. Afinal, mesmo em uma expansão com capital de terceiros, o negócio original precisa ter um modelo lucrativo e comprovado.

Com essa questão alinhada, é possível oferecer um negócio seguro para os franqueados, com um modelo pronto para ser seguido. Além disso, tudo deve ser comprovado pelos resultados financeiros da empresa, que tem know-how suficiente para replicar essas operações.

Definição de padrão e manuais

Outro passo importante para a expansão de uma rede de franquias é a definição de padrão e manuais da marca. Entre elas, por exemplo, os padrões de qualidade nos produtos, serviços, atendimento, relação com os clientes etc.

Ou seja, a franqueadora precisa estar ciente das melhores práticas e delimitar padrões de qualidade para a empresa. Desse modo, a expansão irá seguir essas regras, que estão nas demais unidades da marca.

Por isso, a franqueadora oferece suporte para os franqueados entenderem como seguir esses processos e poderem replicar em seu negócio. Assim, o empreendimento precisa ter essa escalabilidade, deve ser replicável. 

Elaboração da COF e contrato

Outra parte indispensável para a expansão de franquias é a elaboração da Circular Oferta de Franquias e o contrato de franquia.

A COF é um instrumento jurídico que garante segurança para ambas as partes. Ou seja, para a empresa franqueadora e para o futuro franqueado da marca.

Desse modo, a COF precisa detalhar todos os processos importantes da relação entre franqueadora e franqueado. 

Então, o documento apresenta as regras de ambas as partes, multas e penalidades de quebra de requisitos do contrato e prazos. Bem como valores a serem pagos, como o investimento inicial, taxa de franquia, taxa de propaganda, royalties, tempo de contrato etc.

Para a elaboração de um bom contrato recomendamos o auxílio de uma equipe multidisciplinar. 

Marketing de expansão

Por fim, para expandir uma empresa em franquia é necessário um plano de expansão e de marketing. Esse é o passo para planejar a prospecção do negócio para pessoas interessadas em investir. 

Do mesmo modo, é importante estabelecer dinâmicas de fiscalização, suportes e treinamentos para os franqueados. Em questões, por exemplo, como a escolha do ponto comercial, contratação de funcionários e análise do mercado local.

Além de comunicação e marketing da marca para o público-alvo e para os franqueados. Com os benefícios oferecidos pela franqueadora tanto para o público quanto para seus franqueados.

Ou seja, é um fator indispensável para transformar o negócio em uma rede de franquias.

Então, agora que você já entendeu como expandir em franquia, chegou a hora de conferir alguns negócios. Leia: Franquias baratas e rentáveis: conheça as melhores opções no Brasil.

Advertisement

Acompanhe o mercado

A mais lidas hoje