Franchising

Confiança do empresário cai em abril, informa CNI

queda

O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) voltou a cair em abril após crescimento nos três primeiros meses do ano. A retração foi de 1,2 ponto frente a março e atingiu 36,2 pontos neste mês. Os dados são da pesquisa divulgada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) nesta quinta-feira, 14 de abril. O ICEI varia de zero a cem. Valores abaixo de 50 pontos indicam falta de confiança do empresário. Quanto mais abaixo de 50 pontos, maior e mais disseminado é o pessimismo.

A queda do ICEI ocorreu em todos os portes de empresas. Nas pequenas indústrias, o índice caiu de 36,1 pontos, em março, para 34,5 pontos em abril. Nas médias, o indicador variou de 36,5 pontos para 35 pontos e, nas grandes, de 38,4 pontos para 37,6 pontos no período.

Esta edição do Índice de Confiança do Empresário Industrial foi feita com 2.713 empresas entre 1º e 13 de abril. Dessas, 1.042 são pequenas, 1.053 são médias e 618 são de grande porte.

O ICEI é importante, pois antecipa tendências de produção e de investimento. Empresários pessimistas com o desempenho atual e futuro das empresas e da economia reduzem produção ou suspendem os investimentos. Sem investimentos, a produção e o emprego não crescem, agravando as dificuldades da economia.

Presidente do Sindivestuário apoia impeachment de Dilma

Artigo anterior

Franquia com método próprio de redução de medidas busca empreendedores no Rio

Próximo Artigo

Comentários

Comentários não permitidos.