NotíciasFranchising

Como estruturar o negócio para vender franquias?

Como-vender-franquias

“Sou educador físico e proprietário de um estúdio de treinamento personalizado em atividade física (emagrecimento, reabilitação cirúrgica, necessidades especiais). Gostaria de saber como devo proceder para estruturar minha empresa para futuras franquias. Nosso trabalho técnico é como em uma academia comum, mas os procedimentos de atendimento, a montagem do treinamento, a organização, os equipamentos e a atenção ao cliente são bem peculiares. Iniciei meu negócio há seis anos e hoje atendo cinco vezes mais clientes do que no início. Vejo nesse processo uma oportunidade ímpar para os profissionais da minha área.” 

Zeca

Caro Zeca,

Acredito que você já tem uma boa base para franquear, que é possuir um negócio com potencial de crescimento. Mas, antes de decidir se está pronto para dar esse passo, é necessário fazer uma análise interna da empresa, pois uma expansão por franquias requer estrutura física, financeira e de pessoal, alinhada com um bom planejamento estratégico.

Independentemente da área em que atua, o empresário deve, em primeiro lugar, procurar saber mais sobre como funciona o sistema de franchising, as leis, os casos de sucesso e insucesso. Em segundo, fazer um estudo da franqueabilidade do seu negócio, ou seja, analisar as condições da empresa, o posicionamento da marca no mercado, avaliar a concorrência, definir o modelo, conceito e estrutura a serem replicados. A partir daí, elaborar um plano de operação para os franqueados e um plano de expansão, definindo quantas unidades pretende abrir, em que regiões e em quanto tempo.

A terceira etapa é desenvolver o sistema operacional e de gestão, para garantir a padronização e qualidade da marca. Nesse momento se faz necessária a criação de manuais para orientar os franqueados de forma clara e objetiva em todos os passos da abertura da franquia. Após esse processo de formatação, é fundamental validar a operação projetada antes de lançá-la no mercado. O ideal é criar uma unidade piloto, para que os processos sejam testados e corrigidos antes de partir para a venda das franquias. Esses são os passos básicos para quem pretende transformar seu negócio em franquia, e cada uma das etapas devem ser acompanhadas de perto pelo empresário. Pesquisa, busca de informação e aprofundamento nas questões relacionadas ao setor são fundamentais para dar início a essa empreitada. Não hesite em buscar ajuda com consultores tanto da ABF (Associação Brasileira de Franchising) como do mercado para ter a certeza de que está no caminho certo. Boa sorte e sucesso no seu negócio!

* Ricardo Bomeny é presidente da Associação Brasileira de Franchising (ABF)

Pequenas franquias brasileiras indo para o exterior

Artigo anterior

Os dez passos para abrir uma franquia

Próximo Artigo

Comentários

Comentários não permitidos.