O maior Portal de divulgação de Franquias do Brasil!

Afinal, como montar meu primeiro negócio? Dicas para realizar seu sonho sem prejuízo

Acesse uma parte específica do artigo

mulher com blusa branca, uma mão está na cintura e a outra no rosto e o fundo é rosa. Imagem ilustrativa do texto sobre como montar meu primeiro negócio

Afinal, como montar meu primeiro negócio? Dicas para realizar seu sonho sem prejuízo

Muitas pessoas sonham em ter o seu próprio negócio, pois têm a vontade de mudar de vida. Hoje, vamos lhe mostrar dicas de como montar o seu primeiro negócio de forma correta.

Segundo pesquisa, o número de brasileiros que querem abrir um negócio nos próximos três anos registrou um aumento de 75%.

O sonho de montar uma empresa é compartilhado por várias pessoas, mas a grande maioria acaba deixando de lado esse sonho. Isso por ter medo de começar a investir o seu dinheiro.

Advertisement

Afinal, ficam com diversos receios, como perder o investimento em um negócio ruim. Então, para investir com segurança, confira as dicas de hoje de como montar meu primeiro negócio.

Advertisement

Como montar meu primeiro negócio com sucesso?

Para montar o seu primeiro negócio com sucesso, você precisa de muito planejamento e pesquisa.

Assim, o público reconhecerá a empresa pelo seu bom trabalho e indicará ela a outras pessoas.

Mas o medo da falta de experiência no mercado pode ser um impeditivo. Inclusive, pode fazer você não saber analisar de fato o que é e o que não é um bom investimento de negócio.

Com isso, você fica mais despreparado para as incertezas do mercado, o que é ruim para quem tem um empreendimento. Por isso, nós vamos lhe dar algumas dicas para se preparar para o mercado. 

Para uma empresa chegar a um patamar de sucesso, você vai precisar seguir alguns passos.

Antes de saber o que tem que fazer para chegar nesse nível, é bom saber os diferenciais que uma boa empresa tem.

Toda grande empresa do mercado tem alguns pilares, que fazem ela ser o que ela é. Por isso, chegaram onde estão.

Um dos pilares é a satisfação. Mas não apenas a satisfação dos clientes com o trabalho prestado. Mas a satisfação de empregados da empresa e de sócios também, caso você vá ter um.

Então, é preciso manter um bom ambiente de trabalho, onde seus funcionários gostem de trabalhar.

Saiba que isso já muda completamente a dinâmica da empresa, pois terão funcionários e clientes mais satisfeitos com o seu trabalho.

Confira alguns passos importantes na hora de como montar meu primeiro negócio.

Escolha algo que combina com você

Na hora de montar meu primeiro negócio, sua primeira grande decisão vem antes de você ter o seu negócio de fato.

Isso porque, antes de abrir um empreendimento, você vai precisar saber com o que você vai trabalhar na sua empresa.

Sendo assim, será preciso decidir se ela vai ser um negócio de alimentação e qual o nicho.

Será uma lanchonete ou um outro tipo de negócio? Então, escolher um bom ramo para trabalhar é algo muito importante para o futuro da sua nova empresa.

Mas como escolher um bom nicho para trabalhar no mercado? Existem diversas formas de se escolher um ramo para trabalhar.

Você pode escolher um ramo mais lucrativo ou um que você não vai precisar investir tanto para começar.

Mas a forma mais adequada de escolher algo para investir é escolhendo trabalhar com o que você gosta de fazer.

Com certeza você tem algo em especial que goste de fazer e que gaste dinheiro com isso. Ou até mesmo um trabalho que você faça e goste de fazer.

Desse modo, são opções no qual você pode se basear para abrir um negócio.

Afinal, é isso que vai definir o quanto você terá prazer de se dedicar a esse negócio.

E ter prazer em trabalhar é muito importante, caso contrário, isso vai refletir na saúde do empreendimento.

Muito provavelmente seus funcionários e seus clientes também não gostarão do seu negócio, tendo um efeito negativo no seu bolso. Então, busque abrir uma empresa em um ramo no qual você goste de trabalhar.

Analise as opções de negócio

Na hora de como montar meu primeiro negócio, existem muitas opções no mercado.

Inclusive, com formas diferentes de trabalhar, como, por exemplo, com o modelo de franquias e com o negócio feito do zero. Acompanhe abaixo suas características.

Ao abrir um negócio do zero, como o próprio nome fala, será um negócio novo, onde você terá que criar tudo do zero.

Sendo assim, você terá que fazer todos os seus processos e gestões internas e externas. Ou seja, você ficará responsável por tudo do negócio, como a forma de venda, como chegar no público-alvo, entre outras ações.

Então, ao abrir um negócio do zero, você deverá esquematizar todos os processos e prezar para que eles funcionem da melhor forma.

Assim, tendo um negócio criado por você, e que está em parâmetro com o mercado.

Já o modelo de franquias é um formato em que o dono da marca concede o direito de uso dos produtos aos franqueados.

Assim, permite que eles vendam os produtos e serviços, pagando uma taxa mensal para a franqueadora.

A franquia ajuda o franqueado. Desse modo, as empresas que estão no modelo de franquias têm equipes de treinamento da marca, onde eles já sabem os padrões da marca.

Desse modo, simplifica tudo para lhe ensinar e colocar a sua franquia para funcionar o quanto antes e da melhor forma possível.

Então, no modelo de franquias, você terá a segurança de investir em uma marca já conhecida no mercado. Além de ter liberdade de poder empreender na área que quiser.

Programe sua vida financeira

Quando o assunto é finanças, entramos em uma área complicada, principalmente para o povo brasileiro.

Isso não só pelas crises na economia, mas sim pela falta de educação financeira de grande parte da população.

Educação financeira não serve apenas para investidores. Pelo contrário, é fundamental para evitar endividamentos e planejar investimentos com segurança.

Sendo assim, o planejamento nesse sentido é essencial na vida de qualquer um. Quem deseja abrir seu negócio próprio precisa se preparar para isso.

Assim, é preciso estudar e programar como serão os passos e como separar o dinheiro para realizar o seu sonho.

Então, uma boa educação financeira e um bom preparo para investir em sua empresa são muito importantes. Isso também para que você saiba em que investir e, principalmente, se isso vai lhe dar retorno.

Você também estará preparado para imprevistos, pois saberá que eles acontecem. Então, terá um capital de giro, graças ao seu preparo financeiro.  

Planeje seus passos

Na hora de montar meu primeiro negócio, se planejar é uma coisa muito importante. Não só para o mundo dos investimentos, mas para tudo.

Desse modo, muitas coisas que são feitas sem planejamento acabam dando errado e você não quer isso para sua empresa.

Sendo assim, para que isso não aconteça, você deve se planejar para o futuro. Uma forma de fazer isso é com um plano de negócios.

Tenha um bom plano de negócio para colocar a sua empresa em pleno funcionamento. Esse será seu primeiro grande passo com sua empresa.

Com esse planejamento, ficará mais fácil definir os caminhos para o seu negócio crescer. Bem como quais passos você deverá seguir para que isso aconteça.

Depois de seguir os outros passos, você já vai entender melhor o seu mercado e poderá tomar boas decisões. Assim, tanto em relação aos seus fornecedores quanto ao plano operacional etc.

Nesse passo, podemos trazer como exemplo as ações de marketing. Você vai definir a melhor forma de divulgar o seu produto.

Sendo assim, de acordo com o seu público. Por exemplo, avaliar se o seu produto é para um público mais jovem.

Caso positivo, você vai priorizar divulgá-los em redes sociais, pois é onde boa parte desse público estará.

Assim, esse tipo de decisão só pode ser tomada depois de uma boa análise de mercado e um bom plano de negócio.

Esse é apenas um dos pontos em que um bom plano de negócio vai lhe ajudar a tomar uma melhor decisão.

Então, organize-se bem para que boas ações sejam tomadas na sua empresa. Assim, ela continuará crescendo e melhorando frente ao seu mercado.

Aprenda sobre o setor desejado

Na hora de como montar meu primeiro negócio, aprender sobre o setor no qual sua empresa atua é uma necessidade.

Afinal, você investiu o dinheiro, gastou tempo para montar um negócio. Logo, precisa aprender sobre ele.

A falta de conhecimento é uma das causas de falência em muitas empresas. Até porque, muitas pessoas não buscam aprender sobre o próprio negócio e tomam decisões erradas.

Quando você não busca aprender sobre o seu negócio, você fica mais suscetível a ser enganado por investidores de má fé.

Por exemplo, na compra de mercadorias, você não estuda o preço médio de um produto. Dessa forma, pode acabar comprando ele muito mais caro.

Além disso, venderá muito mais caro ao seu cliente, que vai procurar em outros lugares um preço melhor.

Outro ponto em que não conhecer o mercado em que você opera pode ocasionar problemas é na tomada de decisões.

Afinal, se você não conhece seu mercado, você não sabe em que investir para que ele cresça e dê mais lucros.

Então, para que você tome boas decisões e esteja preparado para o futuro, é importante que você estude seu mercado.

Defina ações de marketing

O marketing é um dos pontos mais importantes da maioria dos negócios atuais no mercado.

Afinal, eles precisam ser divulgados de uma boa forma, para que as pessoas conheçam o serviço da loja ou empresa.

E uma divulgação bem-feita, com uma boa empresa de marketing, é o que pode trazer esse novo público.

Uma boa divulgação e uma forma diferente de fazer esse serviço são os diferenciais da sua empresa nesse quesito.

Assim, você poderá chamar a atenção de novos clientes para a sua loja, fazendo com que eles comprem seu produto.

Além disso, se gostarem, eles com certeza vão falar para amigos e familiares sobre a sua empresa. Assim, conseguem uma publicidade de forma gratuita.

Mas para que o marketing dê certo, você vai precisar de conhecimento sobre seu negócio. Inclusive, para bolar uma estratégia de marketing efetiva.

Mas existem várias formas de fazer marketing e você pode escolher qual a mais apropriada para o seu público-alvo.

A forma mais usada ultimamente é o marketing digital, que é o marketing feito na internet. Inclusive, ele é muito eficiente, pois é onde a grande parte das pessoas fica o dia inteiro.

Portanto, é muito provável que verão a sua publicidade, aumentando a chance de sucesso de sua ação de marketing.

Estabeleça metas para o negócio

Você precisa se organizar bem e traçar planos para o futuro. Isso porque, um investimento sem uma boa organização e um bom planejamento tem muita chance de dar errado.

Sem uma boa organização financeira, marketing ou gestão você não saberá o que fazer e como progredir com a sua empresa. Então, se preparar para as adversidades e oportunidades futuras é muito importante.

Dessa forma, é preciso se planejar bem e uma das formas de fazer isso é criando metas para o futuro.

A partir disso, você vai criar caminhos para alcançar essas metas. Por exemplo, você deseja dobrar as suas vendas mensais.

Para isso, você sabe que precisa de um marketing melhor, para chegar no público, além de um bom produto, que o público goste.

Sendo assim, você vai investir nesses pontos e seguir seus primeiros passos rumo a sua meta.

Decida quanto deseja gastar para alcançar esse objetivo, sendo realista. Evite gastar muito nesse investimento, caso não tenha dado o retorno esperado.  

Um fator importante que vai lhe ajudar a ter um bom planejamento futuro da sua empresa é ter um bom plano de negócio.

Desse modo, com ele, você terá o conhecimento do seu mercado e saberá o que fazer. Assim, vai saber na hora que tem que fazer.

Sendo assim, você vai estar muito melhor preparado para as oportunidades e para as adversidades do mercado.

Com um bom plano de negócio, você saberá como o seu marketing deverá se portar para que a empresa continue saudável.

Registre sua empresa

Depois de todas as estruturas que fazem parte da empresa, você também vai precisar resolver a parte burocrática. Ou seja, assinar papéis e ir resolver as questões em torno disso.

Mas ainda sendo uma parte menos atrativa, é importante que você resolva, para que não tenha problemas futuros com o governo.

Você deve registrar sua empresa. A Junta Comercial tem como principal função registrar empresas para que elas possam continuar com as suas atividades legais.

Além disso, esse órgão faz a abertura de empresas. Assim, você vai precisar de apenas alguns documentos, para que possa fazer a abertura. Como, por exemplo, RG, CPF e comprovante de endereço.

Se for casado, leve sua certidão de casamento, além de uma cópia do IPTU ou algum comprovante similar.

Após apresentar esses papéis, em pouco tempo sua empresa será registrada.

Em alguns casos, em tipos específicos de empresa, você vai precisar de um documento de registro profissional.

Como é o caso de escritórios de advocacia, por exemplo. O segmento precisa do registro na OAB para poder funcionar sem problemas com o governo no futuro.

Mas o processo em geral é muito simples e em poucos dias você já terá sua empresa registrada.

Desse modo, essas informações farão parte do seu plano de negócio, que deve ter dados relevantes para a sua jornada.

Em seguida, ao finalizar todo o planejamento de como montar meu primeiro negócio, não tenha medo. Acredite em suas ideias e invista!

Advertisement

Acompanhe o mercado

A mais lidas hoje