O maior Portal de Franquias do Brasil!
Home » Todos Conteúdos » Franchising » Como montar uma franquia: veja essas super dicas para você fazer passo a passo

Como montar uma franquia: veja essas super dicas para você fazer passo a passo

Sumário

Neste texto, vamos tirar todas as suas dúvidas sobre como montar uma franquia e aproveitar esse modelo de negócio. Por isso, leia até o final e aprenda de vez como tirar sua ideia do papel.

Até porque, investir em uma franquia é porta aberta para várias possibilidades. Em 2023, por exemplo, o setor de franchising cresceu 13,8% comparado com o ano anterior. Logo, pode ser uma oportunidade promissora para quem quer empreender e ganhar dinheiro.

Sendo assim, ao buscar formas de como montar franquia, você tem a chance de atuar em várias áreas diferentes. Do mesmo modo, há diversas redes com investimento inicial diferente.

Do mesmo modo, uma franquia pode ser uma alternativa para quem quer empreender e não tem tanta experiência. Afinal de contas, é possível contar com apoio da marca para oferecer  produtos e serviços de forma mais simples. Continue a leitura!

Vale a pena abrir uma franquia?

Abrir uma franquia pode ser uma decisão promissora para empreendedores. As vantagens do modelo incluem a possibilidade de começar com um negócio já estabelecido e reconhecido no mercado.

Mas além disso, o suporte contínuo da franqueadora e o acesso a um modelo de negócio testado podem aumentar as chances de sucesso.

De acordo com números do franchising, o setor tem registrado um crescimento constante nos últimos anos. Só em 2023, de acordo com a Associaçã Brasileira de Franchising (ABF), o faturamento alcançou R$ 240,6 bilhões.

Assim, demonstra a atratividade desse mercado. Portanto, para muitos empreendedores, abrir uma franquia representa uma oportunidade interessante de investimento e realização profissional.

Entenda como montar franquia e ter sucesso

Para ajudar quem busca como montar franquia, preparamos as dicas a seguir, que envolvem análise do seu perfil, investimento, comparação de marcas e muito mais. Vamos falar com calma de todos os fatores a seguir.

Mas, antes, vale ressaltar que nem todas as franquias funcionam da mesma forma. Por isso, considere os detalhes do negócio que podem influenciar no sucesso.

Entre eles, por exemplo, se o negócio é online ou presencial, o investimento necessário, tempo de dedicação, entre outros. Agora, confira nossas dicas de como montar uma franquia e ter sucesso!

Analise no que você quer investir

O primeiro passo de como montar franquia é buscar o tipo de negócio em que você gostaria de investir. Assim, é importante encontrar segmentos que sejam interessantes, motivem sua atuação e despertem interesse.

O mercado de franchising é amplo e conta com muitas oportunidades de negócio. Hoje em dia, há franquias em praticamente todas as áreas e com distintas formas de funcionamento.

Mas isso não significa que todos seriam bons negócios para você. Isso porque, um investimento demanda afinidade com o negócio em que você pensa investir.

Portanto, busque por franquias em áreas com as quais tem afinidade. O interesse pelo empreendimento é um aspecto essencial para que você mantenha sua motivação e o ânimo para fazer sua unidade franqueada crescer.

Além disso, as franquias costumam ter características desejáveis para seus franqueados e que são necessárias para a administração do negócio. Dessa forma, pode ser interessante conferir essas informações e ver se batem com o que você tem a oferecer.

Avalie sua capacidade financeira

Outro ponto importante para montar uma franquia é avaliar sua capacidade financeira. Logo, é necessário considerar que o investimento inicial não é o único gasto necessário para abrir e manter um negócio.

Primeiramente, procure franquias com investimento compatível com o seu. Você pode conferir esses valores na Circular de Oferta de Franquia (COF), onde estão todas as informações sobre o negócio.

Sendo assim, basta entrar em contato com a franqueadora e solicitaro documento. Depois, é possível conferir o valor de investimento inicial e outros fatores importantes, como a taxa de franquia e o fundo de propaganda.

Outro valor importante é o royalties que concede ao franqueado o direito de usar a marca e oferecer seus produtos e serviços. Porém, nem toda franquia cobra todas essas taxas, de modo que é necessário conferir de acordo com a rede a qual você pensa em investir.

Ao mesmo tempo, é fundamental ter o seu capital de giro. Ou seja, o valor necessário para manter o negócio funcionando até que comece a apresentar retorno.

Pesquise várias opções de negócio

Atualmente, o mercado de franquias tem diversas opções para a escolha do empreendedor. Mas além de procurar por franquias com boa reputação e rentabilidade, você também precisa selecionar as que mais combinam com seu perfil, objetivos e capacidade de investimento.

Ou seja, é necessário pesquisar muito e avaliar com cuidado diversos detalhes antes de tomar a decisão final. Entre eles, por exemplo, a necessidade de experiência na área, ou se pessoas sem experiência anterior também podem aderir.

Há também a modalidade, que pode ser um ponto físico ou um formato home office. Além do fato da franquia servir como ocupação principal ou um complemento de renda. Outra coisa a se considerar é o mercado local, e se ajusta ao tipo de empreendimento.

Tanto o mercado de franquias, quanto os setores em que atuam são bastante amplos e apresentam diversas opções de modalidades e formatos. Desse modo, é possível achar franquias para os mais diversos perfis de franqueados.

Entre em contato com as franqueadoras

Em outra fase de como montar franquia é possível entrar em contato com as franqueadoras para terem informações mais detalhadas sobre o negócio. Então, pergunte se a franqueadora oferece suporte, se há taxas recorrentes e outros valores, por exemplo.

Também é possível ler a COF para destacar pontos que não ficaram claros e sanar outras dúvidas. Bem como analisar o histórico financeiro da empresa, dados, possíveis processos judiciais etc.

Nesse momento, também é possível entender como funciona a comunicação da franquia e o atendimento aos franqueados. Por exemplo, os canais de comunicação disponibilizados, o tempo de resposta, se são atenciosos e tem uma comunicação aberta.

Todos esses fatos são relevantes na hora de analisar e comparar as franquias. Isso porque, afinal, um dos pontos-chave do sucesso do modelo de franquias é justamente a comunicação e troca de informações entre franqueador e franqueado. 

Além de que, ao assinar o contrato, o franqueado se compromete em cumprir o tempo de vigência. Por fim, o empreendedor vai ter um longo período de relação com a franqueadora. Por esse motivo, é importante escolher uma franquia atenciosa e com uma boa comunicação.

Converse com franqueados das redes

Para evitar tomar decisões precipitadas, você pode conversar com franqueados para uma visão mais próxima da atuação com a franquia.

Desse modo, pode saber sobre a opinião dos clientes, a qualidade dos produtos ou serviços e mais. A nova Lei de Franquias exige que todas as COF’s tenham o contato dos franqueados e ex-franqueados de até 24 meses para que o interessado possa entrar em contato.

Até porque, a franqueadora pode mostrar a versão do negócio que mais lhe convém e ocultar os pontos negativos. Da mesma forma, é possível entender como funciona o suporte prometido pela franqueadora, sua eficiência, atendimento aos franqueados e a relação de uma forma geral.

Mas também é possível saber sobre problemas ou dificuldades, se o sistema apresenta instabilidades constantes e se são resolvidos com eficiência. Essas opiniões ajudam lhe ajudam a entender se o negócio realmente vale a pena.

Além de gerar maior confiança e consistência nas informações pesquisadas. Por fim, evita-se a escolha de uma franquia problemática ou que não oferece o que é esperado pelo investidor.

Compare as marcas selecionadas

Chegou a hora de comparar as marcas selecionadas durante a pesquisa e analisar mais de perto os detalhes de cada uma. Nesse momento, as melhores franquias para o perfil de empreendedor já estão selecionadas. O que pode dificultar a tarefa é escolher entre as alternativas.

Por isso, a comparação das franquias pode facilitar a decisão final do investidor. Logo, analise a área de atuação, qualidade dos produtos, serviços e suporte oferecido, o retorno financeiro da franquia e se está em um bom momento.

O mercado local também pode fazer a diferença, pois cada cidade e região tem suas próprias peculiaridades, hábitos e comportamentos. Nesse sentido, selecione uma franquia que combine melhor com o mercado local onde a unidade franqueada será instalada.

Portanto, saiba informações como: tempo de retorno do investimento, expectativa de faturamento, porcentagem de lucro, valores do investimento, taxas e gastos de manutenção da empresa. Por fim, considere os treinamentos e capacitações, materiais e manuais etc.

Tire todas as suas dúvidas antes de investir

Agora, é o momento de tirar todas as dúvidas restantes. Tanto com a franqueadora, quanto com a ajuda de algum profissional para analisar o contrato e a COF. Principalmente, em relação a questões jurídicas e financeiras.

Desse modo, o empreendedor se assegura de que entendeu todos os aspectos do negócio, seus direitos, deveres, entre outros.

Mas é indispensável que todas as dúvidas sejam esclarecidas antes da assinatura do contrato. Assim, evita-se diversos mal-entendidos, frustrações e até mesmo situações de quebra de contrato.

Então, analise também os prazos que o investimento pode ser pago, se é possível parcelar ou se é necessário o pagamento completo, por exemplo.

Basicamente, qualquer dúvida que o investidor possa ter, deve ser esclarecida sem apreensão de ser uma pergunta boba. Afinal, será um investimento em contrato que durará alguns anos. 

Logo, é preciso que tudo seja transparente para essa decisão importante, que irá demandar tempo de dedicação e dinheiro do franqueado.

Abra sua franquia!

Após seguir todos os passos de como montar uma franquia, chegou a hora de abrir a sua unidade. Sendo assim, é importante formalizar a empresa, fechar o contrato e participar dos treinamentos da franqueadora.

Logo, comece entrando em contato com a rede para expressar seu desejo de fechar o negócio. Mas lembre-se que, nesta etapa, você precisará realizar alguns pagamentos. Nesse sentido, se assegure de já ter o montante necessário.

Ao entrar em contato com a franqueadora, você ficará sabendo dos documentos necessários. Mas em alguns casos, é preciso ter CNPJ. Por outro lado, algumas marcas exigem apenas o registro de Microempreendedor Individual (ou nem isso).

Do mesmo modo, antes de começar seu negócio de vez, será preciso fazer alguns treinamentos. Por meio deles você recebe todo o know-how da marca e aprende sobre aspectos importantes do negócio.

Portanto, dedique tempo e atenção para essas capacitações. Pronto! Agora você pode empreender com um negócio seguro e com inúmeras possibilidades de atuação.

As melhores franquias para você investir

Explorar as melhores franquias pode ser uma estratégia inteligente. Agora você vai conhecer uma lista cuidadosamente selecionada das principais franquias disponíveis, considerando diversos setores e modelos de negócio.

Com marcas reconhecidas, suporte estruturado e potencial de retorno, estas marcas oferecem uma entrada promissora no mundo empresarial.

Seja você um investidor iniciante ou experiente, estas opções podem representar um caminho seguro para o sucesso. Explore nossa lista e encontre a franquia ideal para você iniciar ou expandir seus investimentos com confiança. Acompanhe!

[raio_x]

Para quem as franquias são indicadas?

Franquias são indicadas para empreendedores em busca de um modelo de negócio consolidado. O perfil ideal do franqueado inclui determinação, habilidades de gestão e comprometimento com o sucesso.

Inclusive, esse é um dos assuntos abordados no curso Franquias: Guia prático para iniciantes. Acesse e saiba mais sobre as aulas. Assim, potencialize o seu conhecimento sobre ter uma franquia de sucesso.

Então, para quem busca reduzir riscos, as franquias oferecem suporte e estrutura já estabelecidos. Além disso, são uma alternativa para quem deseja iniciar um negócio com menor incerteza e contar com o respaldo de uma marca reconhecida.

Por fim, empreendedores que valorizam a liberdade de ser seu próprio chefe, mas também buscam orientação e suporte, encontram nas franquias uma oportunidade atrativa de crescimento e realização profissional.

Ao longo do texto, você aprendeu como montar franquia. Ainda, conferiu dicas e opções de marcas para empreender. Agora que está por dentro do assunto, abra o seu negócio e ganhe dinheiro.

Acompanhe o mercado
A mais lidas hoje