O maior Portal de Franquias do Brasil!
Home » Todos Conteúdos » Destaques ★ » Como fazer minha empresa virar franquia? Veja o passo a passo para fazer

Como fazer minha empresa virar franquia? Veja o passo a passo para fazer

Sumário

O negócio com formato de franchising chama a atenção de quem já tem uma empresa e quer transformar seu negócio em uma franquia. Então, esclareça a sua dúvida: como fazer minha empresa virar franquia.

Entrar para o mercado de franchising pode ser uma boa alternativa para esses empreendedores. Para se ter uma ideia, no segundo trimestre de 2021, o faturamento do setor superou R$ 41 bilhões.

Dessa forma, muitos empresários podem descobrir no franchising uma excelente oportunidade de expansão. Alguns só não sabem por onde começar. Assim, veja algumas dicas de como fazer etapa por etapa.

A primeira coisa é analisar se sua empresa tem condições de ser franqueada e abrir unidades em outros locais. Logo, você pode começar com um investimento baixo, depois ampliar conforme se desenvolver. Continue a leitura de como fazer minha empresa virar franquia!

Vantagens de transformar empresa em franquia

Existem muitas vantagens em transformar uma empresa em franquia. Seguindo este método, você poderá abrir várias unidades da sua marca.

Assim, o empresário que tem um pequeno negócio, estará realizando um sonho de ver sua empresa expandindo rapidamente, com pouco investimento.

Sem contar nas inúmeras vantagens que sua empresa receberá. Entre elas, o valor de investimento na franquia que é realizado pelo franqueado.

Além disso, você também vai expandir sua marca para muitos locais diferentes.

Dessa forma, vai atingir outras praças que sozinho talvez não conseguiria, sem contar no valor alto que você teria que investir.

Depois, a marca torna-se mais valorizada e terá mais visibilidade. Entre muitas outras vantagens, sua empresa vai evoluir e estará sempre crescendo.

Portanto, transformar o seu negócio em uma rede de franquias, é sim uma ótima opção para expandir o seu negócio.

Afinal, como fazer minha empresa virar franquia?

Antes de tudo, para fazer sua empresa virar franquia será preciso seguir alguns passos. Um importante é fazer um mapeamento para você conhecer tudo sobre o local onde deseja abrir a unidade e seus habitantes.

Para realizar o mapeamento, inclui ter acesso às informações de nível de escolaridade, renda, idade, consumo, informações de geomarketing, entre outras.

Essas pesquisas vão lhe orientar para saber os locais onde você deverá abrir unidades da sua empresa, onde está a melhor concentração do seu público-alvo, situação financeira, tipo e quantidade de consumo em determinadas regiões, além da cultura.

Portanto, por meio de informações em detalhes, você terá como fazer o planejamento estratégico. Confira os outros passos a seguir!

Análise de viabilidade financeira de franquear

Por meio de estudo da viabilidade econômica, você poderá saber se é viável o negócio levando em conta o valor de investimento necessário e as previsões de retorno.

Dessa forma, é preciso realizar a pesquisa de mercado, o potencial da marca e avaliar o nível de segurança para sua primeira unidade de franquia. Outro ponto importante é estudar a concorrência.

Desse modo, após pesquisar como está o mercado dos concorrentes, agora já é possível começar a organização da sua empresa, quais serão os custos e o retorno.

Nesse sentido, você terá mais confiança em abrir sua franquia na região. Agora a viabilidade financeira foi avaliada, o próximo passo é calcular o tempo de retorno do investimento.

Ou seja, quanto tempo levará para cobrir os custos e em quanto tempo o negócio vai começar a dar lucros.

Banner ProResultado consultoria. Clique e confira!

Sem dúvida esta é a melhor parte do negócio, ver o investimento retornando, sem ter que se preocupar com dívidas e ter dinheiro em caixa.

Por fim, você poderá ampliar sua rede de franquias, ou sua primeira unidade já pensando em expansão da marca, investindo em melhorias etc.

Ajuste o negócio para ter rentabilidade

Verifique a projeção de vendas para cobrir gastos e as despesas, para avaliar a rentabilidade do negócio.

Portanto, se o negócio fatura o bastante para pagar as despesas, cobrir gastos e está sobrando um capital em caixa, então está dando certo, você estará lucrando e vai continuar crescendo no franchising.

Mas precisa estabelecer todas as taxas levando em conta esses fatores.

Defina a COF da marca

A Circular de Oferta da Franquia (COF), é um documento onde você vai permitir que seus parceiros tenham todos os tipos de informações do funcionamento de sua marca e estabelecerá como será o relacionamento entre sua empresa e o franqueado.

Ou seja, o acesso do parceiro aos dados principais da rede. Neste documento ficam registrados todos os custos sobre as franquias, como taxas, investimento inicial, modelo de negócios, divulgação etc.

O franqueado paga à franqueadora no ato da assinatura do contrato de franquia. Depois, a parceria está validada.

Assim, você já iniciou o novo modelo da sua empresa, por meio desse cliente, ou seja, seu primeiro franqueado.

Estabeleça o contrato para franqueados

Nesta etapa, você precisará construir o seu contrato com os franqueados. Para isso, pode contar com um escritório de advocacia, especializado nas Leis de Franquias.

Banner Totall Marcas. Clique para conferir os serviços!

O advogado vai montar o contrato com todas as cláusulas relevantes que vocês levantarem, de acordo com os trâmites legais, válidos tanto para a marca, quanto para o franqueado.

Todos os direitos do franqueado e do franqueador vão constar no documento.

Este advogado também fica responsável por rescisão contratual, análise da COF, compra e venda de franquias, revisão de contratos. Enfim, tudo que se refere a parte jurídica e toda legalização do negócio.

Dessa forma, a parceria fica estabelecida diante da lei, mediante a esse contrato, tornando o processo seguro para ambas as partes.

Padronize os processos do negócio

Agora será preciso padronizar o seu negócio. Ou seja, você vai desenvolver o padrão da sua marca, o modelo, as características de referência da sua empresa.

Esse padrão deverá ser seguido por todos os seus franqueados, porque faz parte da formatação de franquia.

Dessa forma, é preciso analisar o modelo da sua marca e tudo que envolve a empresa. Sendo assim, entra a logística, os processos e as atividades que deverão ser executadas.

Além da padronização das tarefas, as responsabilidades e os benefícios. Para explicar mais claramente, esse processo de padronização garante a qualidade da marca.

Então, os serviços, atividades, produtos, seguem sempre a mesma linha. Por fim, gera benefícios para ambos os lados, ou seja, franqueado e franqueador. Isso inclui confiabilidade da rede e custos mais baixos.

Formalize tudo em manuais

A importância de colocar em manuais todas as informações necessárias também é uma forma de deixar os franqueados por dentro de tudo sobre a marca.

Mas além disso, podem consultar no manual a descrição de todos os processos, as mudanças e as novidades da empresa.

Logo, esta é uma forma de transmitir o know-how da empresa ao franqueado. Isso ajuda a franquia e sua equipe na melhora dos resultados e tornarem-se bem-sucedidos.

Depois, também garante que as franquias andem em alinhamento com a franqueadora, para melhorar cada vez mais o relacionamento e atingir os objetivos em relação ao crescimento das unidades.

Desse modo, buscando uma forma de transmitir os padrões da rede. 

No final, o dono da marca e as franquias vão ganhando credibilidade e qualificação. Portanto, tudo muito bem organizado, só resulta em crescimento da marca no mercado.

Hoje, com a tecnologia essa tarefa ficou ainda mais fácil. Isso porque, antes os manuais eram impressos, atualmente podem ser entregues de forma virtual, por meio de links do sistema de informação da própria rede.

Crie seu marketing para expansão

Uma forma de expandir no mercado é por meio de uma boa estratégia de expansão que contribui para a divulgação e o crescimento das empresas.

Então, é necessário buscar uma forma de abranger todos os lados do mercado.

Além de focar nessa estratégia para garantir que o seu público-alvo tenha sido atendido. Com isso, garantir a satisfação dos consumidores por meio de seus serviços e produtos.

Investir no marketing local é essencial para os negócios. Isso inclui, promoções e patrocínios para que a empresa tenha permanência firme a cada dia de sua caminhada.

Mas além disso, essas estratégias são muito importantes para todas as parcerias. Por meio do marketing, cria-se as características da marca para transmitir confiança ao cliente.

O marketing institucional envolve o negócio. Sendo assim, é feito por meio de recursos do fundo de propaganda.

O marketing local é focado na divulgação e estímulo das vendas, com a finalidade de atrair consumidores. Já os custos são de responsabilidade do franqueado.

Existem muitas vantagens em como fazer minha empresa virar franquia. Isso porque, o modelo de negócio é bem seguro e lucrativo. Nesse sentido, é uma boa opção transformá-lo em franquia.

Acompanhe o mercado
A mais lidas hoje