O maior Portal de divulgação de Franquias do Brasil!

Como é a formatação de franquias? Saiba por onde começar!

Acesse uma parte específica do artigo

ilustração de franquia com loja escrito franchise e pessoa carregando moeda ilustração de texto sobre como é formatação de franquia

Como é a formatação de franquias? Saiba por onde começar!

Você já pensou como é a formatação de franquias? Neste texto, você vai saber tudo sobre como funciona esse processo essencial para que o modelo de negócio funcione e gere lucro.

Até porque, o modelo de franquia tem se apresentado como um tipo de negócio capaz de se recuperar da crise financeira. Segundo um levantamento, o franchising cresceu 10,7% em 2021

Advertisement
, se recuperando da baixa de 2020.

Sendo assim, conhecer o processo de formatação de uma franquia pode ser o primeiro passo rumo ao seu negócio próprio. Ou, até mesmo, o fator que faltava para transformar sua empresa em uma rede de franquias.

Advertisement

Por isso, a seguir, vamos explicar de forma definitiva o que é a formatação de franquias e dar dicas importantes. Dessa forma, você pode entender se é o momento de transformar sua marca em uma rede.

O que é formatação de franquia?

A formatação de franquia é um processo para fazer uma empresa virar um modelo que pode ser replicado. Ou seja, transformar um empreendimento em uma franquia, com padronização e know-how. 

Desse modo, é um processo com diversos estudos e etapas para uma expansão em franquia bem-sucedida.

É fundamental usar as características que podem ser replicadas para se tornar uma franquia de sucesso. O que também serve para transformar uma empresa em uma franqueadora preparada para auxiliar as unidades e seus franqueados.

Outro fator importante é a seleção de processos que podem ser replicados no modelo de negócio. Assim, é possível transformar a marca em um negócio sólido.

Além disso, a formatação desenvolve uma infraestrutura operacional, tecnológica, estratégica e de suporte para os franqueados. Com recursos humanos capacitados e uma equipe de especialistas para oferecer os treinamentos e o suporte pré e pós-operacional. 

No caso de uma franquia de lojas físicas, por exemplo, a formatação vai incluir até mesmo detalhes sobre o espaço físico, mobiliário e uniformes.

QUERO FORMATAR UMA FRANQUIA 

Vantagens de transformar uma empresa em franquia

grupo de pessoas em escritório batendo as mãos em comemoração ilustração de como é formatação de franquia
Formatação de franquia reúne equipe de diversos profissionais em uma única empresa.

Existem muitas vantagens em transformar uma empresa em franquia. Entre elas estão: time bem estruturado, boa administração e captação de mais investimentos.

Porém, antes disso, o empreendedor precisa analisar o seu negócio e identificar se ele possui os componentes necessários para expandir em uma rede de franquias. 

Esses componentes são essenciais para a replicação dos processos da empresa. Afinal, eles irão influenciar os padrões de qualidade e a capacidade de treinamento e suporte para os franqueados. Esses pontos encobrem diversos elementos. 

Entre eles estão a boa administração, lucratividade e diversos locais de operação. Assim, um dos benefícios de transformar uma empresa em franquia é a captação de investimento de terceiros.  

Há também a redução de riscos, pois, com o investimento de terceiros, a empresa tem a capacidade de expansão sem acumular dívidas. O que diminui as chances de possíveis prejuízos. 

Outro benefício é a maior agilidade na expansão. Afinal, ela depende apenas de questões logísticas dos produtos e serviços, do setor comercial e da equipe de suporte. 

Com todas essas demandas sanadas, a empresa franqueadora tem a possibilidade de comercializar ainda mais franquias com um crescimento saudável.

A questão sobre o custo fixo é outra vantagem, já que ele é menor quando uma empresa se expande em uma franquia. Até porque, a franqueadora não faz a gestão das lojas e não tem a necessidade de funcionários operacionais. 

Assim, o seu dever é de prestar suporte aos franqueados, por meio de uma equipe mais enxuta do que teria com a expansão de unidades próprias.

Como é a formatação de franquias?

Para saber como é a formatação de franquias, você pode seguir os passos que vamos apresentar a seguir. O processo envolve a replicação de um modelo predefinido. Porém, saiba que esse processo vai ser diferente de acordo com o tipo empresa que você pensa em abrir.

mulher de camisa branca em apresentação de negócios falando para equipe
Antes de fazer a formatação, é importante levantar dados sobre o mercado.

Um negócio em home office, por exemplo, vai ter formatação diferente do que um quiosque ou loja. A formatação vai depender ainda de uma série de fatores, como planejamento financeiro e documentação.

Quer saber mais sobre como é a formatação de franquias? Então, leia as etapas abaixo!

Análise de franqueabilidade

A análise de franqueabilidade auxilia o empreendedor a entender se o seu negócio é comprovadamente seguro e rentável. Em outras palavras, permite saber se aquela empresa pode “virar” uma franquia.

Algumas características dessa análise são a saúde financeira da empresa, marketing, planejamento estratégico, know-how. A aceitação do serviço, marca, produto e seu público-alvo também são fatores relevantes.

Outros pontos importantes são a análise da infraestrutura do negócio, imagem da marca, concorrência e investimentos. Assim, o empreendedor pode entender a infraestrutura do negócio e termos de gestão da empresa. 

Análise financeira 

A análise financeira é importante para montar o projeto com objetivo de garantir a rentabilidade, tanto para a franquia, como para os franqueados. Esse planejamento também aponta possíveis diferenciais de mercado em relação aos concorrentes. 

Diversos fatores englobam a análise financeira, como o mercado atual e a capacidade de replicação dos processos. Assim, analisa-se os dados e números importantes para a expansão da marca. 

Definição dos modelos de negócio

Com a análise financeira o empreendedor também consegue decidir os modelos de negócio para a sua empresa. Além disso, consegue definir valores como o investimento inicial, royalties, taxa de propaganda, entre outros. 

É importante ainda determinar como essas taxas serão usadas para o suporte, treinamentos e desenvolvimento de novas tecnologias. Essa definição do modelo de negócio também aponta o perfil do franqueado ideal para o negócio.

Por fim, vale destacar que todas essas informações precisam estar na Circular de Oferta de Franquia (COF). Isso porque, qualquer franqueado pode solicitar esse documento quando quiser.

Padronização dos processos

homem segurando embalagem com cafés e passando máquina de cartão
A padronização inclui embalagens, uniformes e até mobiliário e espaço físico.

A padronização dos processos é um ponto indispensável para expandir uma empresa em um modelo de franchising.

Desse modo, a franqueadora irá analisar as práticas, operações, produtos e serviços. Fatores essenciais para uma padronização que consiga ser replicada por diversos franqueados.

Essa padronização também ajuda na manutenção da marca. Por isso, tudo isso precisa ser bem definido e detalhado. Além disso, a franqueadora deve ter a capacidade de treinar os seus franqueados e ajudar a manter as boas práticas. 

Planejamento jurídico

O planejamento jurídico é outro ponto indispensável e que serve de base para a formatação do sistema de franquias. Nessa fase a rede vai definir os direitos e obrigações das partes que compõem o sistema. 

Assim, tudo é feito por meio de documentos legais, que precisam apresentar transparência e eficiência na gestão empresarial. Outro ponto importante é que esse planejamento está baseado na Lei de Franquias. Logo, as partes ganham mais segurança no negócio. 

Além disso, o planejamento jurídico inclui os contratos que permeiam preceitos do Código Civil Brasileiro, como probidade e boa fé.

Documentos da franquia

Durante a fase de planejamento também é importante ter a documentação da franquia. Logo, a formatação da rede precisa ter tudo o que for exigido pela Nova Lei de Franquias

Entre eles estão, por exemplo, a Circular de Oferta de Franquia, escrita em língua portuguesa, de forma objetiva e acessível. Dessa forma, franqueadora e franqueado sabem seus direitos e deveres.

Planejamento operacional

O planejamento operacional é o que pauta as normas, procedimentos técnicos e operacionais da franquia. Ou seja, trata-se de um concentrado de normas ou manuais que irão descrever coisas como padrões de funcionamento. 

grupo de empresários fazendo planejamento e colando post its em papeis em cima de mesa ilustração de como é formatação de franquia
O planejamento deve ser replicado em todas as unidades da rede.

Além disso, o planejamento operacional fornece informações importantes. Entre elas estão instruções para execução do negócio, padrões de qualidade e atendimento, entre outros. 

Planos de marketing

Para transformar uma empresa em uma franquia é necessário um planejamento estratégico do marketing. Assim, é preciso usar as diversas ferramentas de divulgação para expandir e explorar melhor as oportunidades do mercado.

Desse modo, a marca define a identidade visual e de ambiente, público-alvo, comunicação, ações, entre outros. Todos esses fatores auxiliam a montar estratégias mais assertivas e que geram melhores resultados.

Planejamento comercial

O planejamento comercial é útil para identificar o perfil de franqueado, o melhor ponto comercial e estratégias de venda e atendimento. Afinal, o empreendedor deve entender muito bem o comportamento dos consumidores e seus hábitos de consumo. 

Do mesmo modo, você pode identificar possíveis diferenciais que preencham lacunas do mercado e padrões de qualidade.

Esse planejamento também engloba o suporte da franqueadora aos seus franqueados. A marca deve manter os padrões de qualidade para que cada unidade tenha um bom desempenho comercial.

Cultura organizacional

A cultura organizacional é outro aspecto muito importante para transformar uma empresa em uma franquia. Desse modo, é necessário criar um conjunto de práticas e hábitos para guiar o cotidiano das unidades.

Logo, esse ponto está também diretamente ligado aos treinamentos e suportes oferecidos pela franqueadora. Essa cultura organizacional auxilia na padronização, no planejamento etc.

Isso é indispensável para que a rede consiga crescer de forma saudável e organizada. Saiba mais sobre como é a formatação de franquias no vídeo abaixo!

QUERO FORMATAR MINHA FRANQUIA 

Agora que você já sabe como é a formatação de franquias, que tal conhecer algumas para investir? Confira no texto a seguir: Franquias baratas e rentáveis: conheça as melhores opções no Brasil.

Advertisement

Acompanhe o mercado

A mais lidas hoje