O maior Portal de Franquias do Brasil!
Home » Todos Conteúdos » Franchising » Como criar uma franquia virtual: 7 dicas práticas para você ganhar dinheiro

Como criar uma franquia virtual: 7 dicas práticas para você ganhar dinheiro

Sumário

Quer saber como criar uma franquia virtual? Investir em uma franquia como essa pode ser uma opção promissora de negócio próprio. Dessa forma, confira dicas práticas de como empreender neste segmento e conheça boas opções de negócios.

Antes de mais nada, saiba que as vendas online tiveram um bom crescimento em 2022. Além de registrar um aumento de cerca de 6% só no primeiro semestre, o e-commerce movimentou R$ 49,8 bilhões.

Desse modo, é possível ganhar dinheiro com uma franquia virtual, oferecendo produtos e serviços de forma prática e rápida. Acompanhe a leitura e saiba como fazer!

Como funciona uma franquia digital?

Uma franquia digital é um modelo de negócio em que o franqueador licencia o uso de sua marca, produto ou serviço em troca de uma taxa inicial e royalties mensais.

Esse tipo de franquia pode ser atraente para empreendedores que desejam iniciar um negócio online com uma estrutura já estabelecida.

A franquia digital funciona como uma espécie de negócio “chave na mão“. O franqueador oferece treinamento, suporte e ferramentas de marketing para ajudar o franqueado a iniciar e gerenciar o negócio. Além disso, o franqueador geralmente fornece site, sistema de vendas e gestão de pedidos.

Uma das principais vantagens de uma franquia digital é a capacidade de iniciar um negócio online com um baixo investimento inicial. O franqueado não precisa se preocupar com a criação de uma marca ou produto do zero, pois já está licenciando um negócio estabelecido.

Outra vantagem é a flexibilidade de horários. Como o negócio é online, o franqueado pode trabalhar em qualquer lugar e a qualquer momento. Isso pode ser atraente para aqueles que buscam um equilíbrio entre vida pessoal e profissional.

No entanto, é importante notar que o sucesso de uma franquia digital depende do esforço e dedicação do franqueado. O treinamento e suporte fornecidos pelo franqueador são úteis, mas é necessário que o franqueado aplique esse conhecimento e trabalhe duro para crescer o negócio.

Em resumo, uma franquia digital é um modelo de negócio em que o franqueador licencia o uso de sua marca, produto ou serviço para o franqueado em troca de uma taxa inicial e royalties mensais.

O sucesso depende do esforço do franqueado, mas as vantagens incluem baixo investimento inicial, flexibilidade de horários e suporte do franqueador.

Veja como criar uma franquia virtual

Criar uma franquia virtual pode ser bastante simples e rentável. Além disso, é possível empreender sem sair de casa. Sendo assim, você vai conhecer dicas práticas para adotar esse tipo de negócio.

As franquias virtuais podem funcionar para gerar renda extra. No entanto, caso busque um negócio como renda principal, também é possível encontrar boas alternativas para investir.

Em negócios online é possível atingir um público-alvo ainda maior, já que não existem barreiras geográficas. Sem contar que os custos de manutenção também são reduzidos.

Desse modo, optar por uma franquia online pode ser um bom negócio para quem quer empreender gastando pouco.

Sendo assim, o modelo de franquias é uma forma mais simples para quem quer empreender, já que se trata de um negócio praticamente pronto.

A seguir, confira dicas práticas para escolher a franquia online certa para você!

1. Pense no que você gostaria de fazer

Para investir em um negócio como esse no modelo de franquias, é necessário, antes de mais nada, escolher a área de atuação. Sendo assim, você pode optar por ramos diversos, como trabalhar com serviços de marketing digital ou agência de viagens. 

Esse é, inclusive, um dos pontos abordados no curso Guia Prático para Iniciantes. São aulas que você pode acessar clicando aqui, assistir online e entender em detalhes como investir em uma franquia. Sem prejuízo e sem o risco de escolher uma marca ruim.

Dessa forma, o empreendedor tem a oportunidade de escolher a área que mais se identifica para trabalhar de modo virtual.

Em primeiro lugar, você pode se basear em algumas tendências de empreendedorismo do mercado. Ou ainda, pode pesquisar por modelos de negócio que têm sucesso.

Outro ponto que ajuda nessa escolha é o tempo que o empreendedor pretende se dedicar ao negócio.

Assim, você pode escolher entre um negócio para ser sua ocupação principal; ou um investimento para complementar a renda, que permite conciliar a franquia e o trabalho formal.

No entanto, o foco dessa escolha deve ser mesmo a área que mais interessa e motiva o franqueado. Afinal, ele vai precisar se dedicar muito ao negócio.

Além disso, esse processo vai ser mais simples e prazeroso se for em um segmento que você gosta de atuar.

2. Entenda bem o modelo de franquia

O sistema de franchising possui diversas vantagens para o investidor. Desse modo, é preciso entender bem o modelo e seus benefícios na hora de adquirir uma franquia.

Por exemplo, a franquia já oferece um modelo de negócio próprio praticamente pronto. Sendo assim, você não precisa formatar sua empresa do zero.

As franquias também oferecem know-how, suporte e treinamentos em diversos aspectos do negócio. Dessa forma, o investidor pode empreender com mais segurança para alcançar bons resultados. 

Existem muitas opções de franquias que fazem o trabalho de forma online. Geralmente, as franquias virtuais têm um valor de investimento menor, já que não há gastos com reformas ou aluguel do ponto comercial.

Sendo assim, você pode atuar em uma franquia home office vendendo produtos ou oferecendo serviços. Sem contar que é possível fazer seu próprio horário de trabalho.

3. Pesquise por franqueadoras

Uma dica prática importante é conversar com as franqueadoras das marcas. Para isso, o investidor pode começar por se inscrever no formulário das franqueadoras para receber mais informações.

Também é possível conversar com um consultor, para tirar suas dúvidas e analisar as propostas.

O empreendedor pode fazer uma pesquisa das franqueadoras das marcas de franquias virtuais que mais lhe interessam.

Desse modo, ele deve procurar por aquelas que melhor se encaixam no seu perfil e na sua capacidade de investimento.

Assim, avalie em diferentes modelos de negócio a atuação, tempo de dedicação e a capacidade de investimento.

Além disso, as franqueadoras podem passar todas as informações de como o negócio funciona, o que ela espera do franqueado e o que ele precisa para começar o seu negócio.

4. Converse com franqueados das marcas

Outra dica é conversar com os franqueados da marca. Afinal de conta, não há ninguém melhor do que quem vive o negócio, dia após dia, para lhe contar mais sobre a realidade do processo.

Sendo assim, essa troca de experiências é muito importante. Ela também permite observar a relação da franquia com seus clientes e franqueados.

Procure conversar com mais de um franqueado e selecione pessoas de diferentes regiões. Assim, você evita o risco de ter somente uma opinião.

Dê preferência por conversar com aqueles que ficam mais próximos da sua cidade ou região. Isso porque, esse franqueado já passou por todo o processo que você também passará em breve como um futuro franqueado. Dessa forma, ele poderá ajudar com várias dicas.

5. Compare suas opções de franquias

Depois de fazer as pesquisas e conversar com a marca, chegou o momento de reunir todas as informações e fazer uma comparação do melhor custo-benefício.

Então, entre no site das marcas e verifique as informações oferecidas pela franqueadora. Dessa forma, será possível comparar as franquias com mais detalhes. Por exemplo, valores, atividades, regras.

Assim, você conseguirá tomar a decisão de forma assertiva. Afinal, a escolha por abrir um negócio é uma grande responsabilidade.

Por meio das comparações, é possível escolher uma franquia segura, confiável, com boa rentabilidade, bom faturamento e bom prazo de retorno.

Outro ponto interessante de ser analisado são os apoios e treinamentos oferecidos pela franqueadora.

6. Organize um espaço para trabalhar

Agora é hora de começar a organizar o seu espaço para se dedicar ao empreendimento.

Dessa forma, pense se o trabalho será feito em casa ou em um escritório, por exemplo. Além disso, organize o seu horário, já que, dependendo do negócio escolhido, será possível trabalhar apenas em um período do dia.

Além disso, você sabia que organizar o espaço pode ajudar na proatividade? Isso mesmo! Então, tenha um ambiente delimitado, confortável e com todos os itens de trabalho necessários, como computador e uma boa internet.

Desse modo, definir horário de trabalho também é importante, para que o empreendedor organize bem o seu tempo e o seu dia.

Finalmente, para trabalhar em casa é preciso ter também períodos de descanso. Por isso, programe pausas durante seu trabalho, para espairecer.

7. Escolha sua franquia

Com a escolha do negócio feita, é a hora de assinar o contrato, abrir o negócio e começar os treinamentos em diversas áreas da franquia.

Inclusive, mesmo depois da inauguração, você poderá contar com o apoio da franqueadora. Os treinamentos costumam ser recorrentes. Assim, as franqueadoras sempre atualizam os seus franqueados com as tendências no mercado. Treinamentos realizados? Agora é só começar a trabalhar!

Cuidados para iniciar uma franquia virtual

Confira agora os cuidados para como criar uma franquia virtual. Por exemplo, você precisa se informar sobre todos os detalhes que a franqueadora oferece a você ao se tornar um franqueado.

Então, verifique quais os suportes incluídos, se eles são adequados e se funcionam realmente. As conversas com franqueados poderão ajudar a perceber esses pontos.

Isso porque, o conhecimento da marca precisa ser bem aplicado por meio de treinamentos, para que o franqueado consiga desenvolver certas habilidades.

Um ponto interessante a ser considerado é quanto a flexibilidade da franquia. Verifique, por exemplo, se ela está atenta e o quanto está disposta a se adaptar para atender às mudanças e as exigências do mercado.

Tenha cuidado também com a reputação da marca com a qual você deseja fazer negócio. Sendo assim, esclareça todas as suas dúvidas, questione e analise como é o suporte oferecido, a cultura da empresa, entre outros detalhes.

Veja também como são recebidos os produtos e serviços no mercado e o que a internet e as redes sociais falam sobre ela.

Agora você vai conhecer logo abaixo as melhores opções de como criar uma franquia virtual para você investir e lucrar!

Melhores franquias virtuais para você abrir

Existem alguns modelos de franquias virtuais para você abrir. Veja abaixo as melhores opções e comece a desfrutar de todos os benefícios, além de ganhar dinheiro com o negócio!

[raio_x]

Perfil ideal do franqueado que vai trabalhar online

O perfil ideal do franqueado que deseja trabalhar online é um empreendedor com visão estratégica e habilidades de gestão.

É importante ter conhecimento em tecnologia e marketing digital para entender as dinâmicas do mercado online. Além disso, é necessário ter uma boa comunicação e saber trabalhar em equipe para garantir o sucesso da franquia.

O franqueado deve ser proativo e estar disposto a aprender e se adaptar às mudanças do mercado. Ele deve ser capaz de identificar oportunidades de negócio e tomar decisões rápidas e eficazes. A capacidade de liderança também é essencial para motivar a equipe e alcançar os objetivos da franquia.

Outra característica importante do franqueado é a capacidade de lidar com desafios e enfrentar situações difíceis. Ele deve ter resiliência para superar obstáculos e continuar crescendo mesmo em momentos de crise.

Ser organizado e disciplinado é fundamental para gerenciar a franquia de forma eficiente. O franqueado deve ser capaz de definir metas e objetivos claros, monitorar o desempenho da equipe e tomar medidas corretivas quando necessário.

Por fim, é importante que o franqueado tenha um perfil ético e responsável. Ele deve respeitar os valores da marca e cumprir as normas estabelecidas pela franqueadora. A honestidade e transparência são fundamentais para construir uma relação de confiança com os clientes e colaboradores.

Em resumo, o perfil ideal do franqueado que vai trabalhar online é um empreendedor estratégico, proativo, líder, resiliente, organizado, disciplinado, ético e responsável. Com essas características, ele poderá enfrentar os desafios do mercado online e garantir o sucesso da sua franquia.

Quais as vantagens e desvantagens de uma franquia virtual?

Antes de saber como criar uma franquia virtual é importante avaliar as vantagens e desvantagens desse modelo de negócio. Uma das principais vantagens é a flexibilidade que uma franquia virtual oferece.

O franqueado pode trabalhar de casa ou de qualquer lugar com acesso à internet, o que reduz custos com aluguel de ponto comercial e deslocamento.

Além disso, o franqueado tem acesso a um modelo de negócio já consolidado, com processos e estratégias de marketing testadas e aprovadas.

Outra vantagem é a possibilidade de contar com suporte da franqueadora em áreas como gestão financeira, treinamento e suporte tecnológico. Isso pode ser especialmente útil para empreendedores que estão começando no mercado digital e ainda não possuem experiência em alguns desses aspectos.

Por outro lado, é preciso considerar que uma franquia virtual pode exigir um investimento inicial alto, principalmente em tecnologia e marketing digital.

Além disso, o franqueado precisa ter habilidades e conhecimentos específicos para gerenciar o negócio, como conhecimento em marketing digital, gestão financeira e atendimento ao cliente.

Outra desvantagem é a possibilidade de conflitos entre franqueadora e franqueado. Como a franquia virtual é gerenciada de forma remota, é importante estabelecer uma boa comunicação e alinhamento de expectativas desde o início para evitar problemas futuros.

Em resumo, quem deseja saber como criar uma franquia virtual, precisa investir em tecnologia e marketing e estabelecer uma boa comunicação com a franqueadora. Desse modo, poderá ter sucesso nos negócios. Agora é sua hora de lucrar! Boa sorte!

Acompanhe o mercado
A mais lidas hoje