Destaques ★Empreendedorismo

Como começar a investir? Guia para você fazer com sucesso

Homem de terno em frente a uma televisão cheia de gráficos de ações. Imagem ilustrativa do texto como começar a investir.

Para quem busca como começar a investir, deve pesquisar bem, pois são muitas opções para aplicar o seu dinheiro. Aqui, falaremos não apenas do mercado financeiro, mas também mostraremos que investir em um negócio próprio também é uma boa escolha.

Investir na Bolsa de Valores (B3) é uma das saídas que mais tem chamado a atenção para fazer o dinheiro render. Segundo levantamento da B3, foram por volta de 5 milhões de investidores em 2021.

Mas os melhores investimentos não estão apenas em apostar em ações, porque você também pode começar um negócio com este dinheiro. Por isso, mostraremos como, a seguir!

Advertisement

É melhor investir ou abrir negócio?

Não existe uma resposta única para saber se é melhor o mundo dos investimentos em financeiras autorizadas ou empreender em um negócio próprio.

Nesse sentido, as duas opções são válidas e você pode até usá-las ao mesmo tempo. É possível investir uma parte em fundos de investimentos e uma outra parte do capital começar um negócio.

Porém, entre as duas opções, para quem já tem um emprego e um valor guardado, pode buscar como começar a investir em renda variável, por exemplo.

Assim, o dinheiro não fica parado, perdendo valor por conta da inflação, e você continua se dedicando ao seu emprego.

Por outro lado, se você está desempregado e precisa ter uma renda o quanto antes, começar um negócio pode ser mais interessante.

Do mesmo modo, dependendo do valor que tem para investir e qual o seu salário, aplicar em uma empresa própria para ter uma renda extra também é interessante.

Um ponto ainda mais atrativo de ter um empreendimento é a possibilidade de conseguir uma renda maior com o desenvolvimento do negócio.

Além disso, uma empresa pode render frutos de forma mais sólida, sem variar por conta das inconstâncias do mercado financeiro.

Porém, antes de começar a investir, você deve avaliar bem o que você deseja, se está disposto a abrir mão do seu tempo e se dedicar ao negócio. Isso deve ser levado em conta ao pesquisar sobre investimentos.

Calculadora em cima de um papel cheio de números. Imagem ilustrativa do texto como começar a investir.
Existem as opções mais indicadas para cada perfil, levando em conta a rentabilidade de cada um.

Afinal, como começar a investir em um negócio?

Ao avaliar o que é melhor para você e decidir começar a investir é necessário ter alguns cuidados especiais para montar o seu negócio.

Como falamos, indica-se fazer investimentos em renda variável para quem deseja uma solidez financeira. Já um negócio permite um ganho maior em longo prazo.

Por fim, sobre como começar a investir em um negócio, separamos aqui um passo a passo, de pontos que precisam de atenção neste processo. Confira!

Defina seus objetivos

Você decidiu mesmo começar um negócio e buscar sua independência financeira por meio do empreendedorismo. Nessa hora, cabe definir quais são os seus objetivos com isso.

Nesse sentido, como falamos, um negócio pode ser uma fonte de renda extra. Assim, é possível ser um negócio menor, em home office, por exemplo.

Mas se os seus objetivos são um ganho mais consistente indica-se um negócio maior, voltado para uma loja, para atrair mais clientes.

Por isso, é preciso definir os objetivos antes mesmo de começar o negócio para que se possa avaliar que tipo de empresa vai abrir, com que formato e quais os produtos ou serviços mais indicados.

Do mesmo modo, se o objetivo é mais a longo prazo, o negócio pode ter uma rentabilidade, mas em um mercado mais sólido. Para ganho mais rápido, a lucratividade deve ser maior e isso influencia nas suas escolhas.

Além disso, o empreendedor precisa estar decidido aonde quer chegar para tomar as decisões mais indicadas para isso. Enfim, este é o primeiro passo que empreendedor não deve ignorar.

Determine o valor que pode investir

O investimento inicial corresponde ao valor total necessário para abertura de um negócio. Ou seja, quanto em recurso financeiro é preciso para que uma empresa comece efetivamente a operar.

Para chegar à quantia certa, diferentes gastos precisam entrar no cálculo, tais como os gastos com infraestrutura, com produção ou aquisição dos produtos e/ou serviços, custos necessários para abrir empresa etc.

Carteira e uma mão tirando um cartão. Imagem ilustrativa do texto como começar a investir.
Faça as contas de quanto poderá investir sem prejudicar sua saúde financeira.

Por conta disso, o empreendedor precisa analisar, antes de começar a investir no negócio, saber quanto poderá aplicar neste processo.

Nesse sentido, estudar os valores que possui em um primeiro momento, seja em uma poupança, ou até aplicados em uma corretora de valores.

Depois, pode ser necessário para completar o valor necessário para o negócio vender algum bem, como um carro.

Avalie o total de dinheiro que poderá ser investido sem atrapalhar sua saúde financeira e da sua família. É preciso lembrar que as contas não param de chegar, mas o lucro do negócio pode demorar um pouco.

Em outras palavras, saiba quanto pode investir e isso será uma base para que possa analisar como se dará este processo de iniciar o seu próprio negócio.

Descubra o que você quer fazer

Se você tem certeza que existe em você o espírito empreendedor, agora deve buscar qual o mercado melhor se encaixa com suas preferências.

Nesse sentido, são diversos segmentos para investir, e você deve analisar qual deles lhe oferece melhores condições, bem como qual atende mais às suas expectativas.

Assim, o empreendedor não pode apenas analisar números de faturamento mensal e investimento, ele precisa trabalhar em um segmento com o qual se identifique.

Dessa forma, é mais difícil para um homem trabalhar com franquias de moda feminina, e vice-versa. Não que seja impossível, mas ele dependerá de experiências prévias para se adaptar melhor ao negócio.

Do mesmo modo, o empreendedor mais comunicativo deve buscar franquias de vendas, com contato direto com os clientes, pois ele terá boas chances de sucesso. Para quem é mais tímido, as franquias on-line home office podem ser uma boa opção.

Lembre-se que, quando atuamos em algo que gostamos, temos mais ânimo para o trabalho, para se dedicar ao máximo ao negócio.

Além disso, trabalhar com alguma paixão faz com que o empreendedor queira sempre buscar mais conhecimento sobre o negócio, estudar sobre ele, pesquisar o mercado e como são os clientes.

Enfim, entenda como suas qualidades e suas preferências se encaixam em algum tipo de negócio e busque como começar a investir neste sentido.

Homem e uma mulher trabalhando em frente ao computador. Imagem ilustrativa do texto como começar a investir.
Avalie bem com o que você gostaria de trabalhar no seu dia a dia.

Aprenda sobre empreendedorismo

Uma das formas de como começar a investir é estudando sobre o assunto. Seja para decisões de investimentos em ações ou em uma empresa própria.

Para montar um negócio, o empreendedor deve buscar diversos tipos de conhecimentos que o ajudarão nas escolhas necessárias para este processo. São muitos detalhes que sem algum tipo de estudo ou conhecimento aumentam o risco de prejuízo.

Por exemplo, não é necessário que o empreendedor seja formado em Administração, mas ele deve ter algum conhecimento sobre gestão, questões burocráticas que envolvem uma empresa e alguma coisa sobre marketing.

O empreendedorismo não se resume apenas a uma boa ideia e muito trabalho, é preciso saber tomar decisões importantes e eficientes ao longo do processo.

Nesse sentido, com a internet, é bem fácil buscar conhecimento e aprender sobre cada detalhe que envolve o empreendedorismo. Seja por meio de cursos on-line, palestras disponíveis com os maiores empresários do mundo, entre outras opções.

Dessa forma, existem livros e sites especializados que podem facilitar a sua vida, com dicas e orientações sólidas para começar o seu negócio.

Além de buscar este conhecimento antes mesmo de começar o negócio, ao longo do tempo o empreendedor também não deve ficar parado. O mercado e os consumidores mudam constantemente, e você deve dar a devida atenção a isso.

Seja como for, o conhecimento nunca será em excesso, pois ele pode facilitar bastante a sua vida e te levar a um negócio bem-sucedido.

Estude sobre as opções de negócio

Além de entender com o que você gostaria de trabalhar, é também necessário avaliar como se dará este processo. Ou seja, como vai iniciar sua empresa.

Primeiramente, é possível investir em um negócio do zero. Nele você será responsável por toda a estruturação do negócio, terá que pensar cada detalhe relativo aos produtos ou serviços, a operação, entre outras coisas.

Por outro lado, pode optar por uma franquia. Basicamente, o modelo de franquia é o seguinte: o franqueador fornece todo o know-how e o franqueado executa as ações em sua unidade, auxiliado por uma equipe de suporte para tirar as dúvidas necessárias.

Mulher atendente de uma lanchonete. Imagem ilustrativa do texto como começar a investir.
O empreendedor pode optar por começar uma franquia.

Quando você opta por investir em uma rede de franquias, tem conhecimento de que uma das grandes vantagens em ser um franqueado é ter as orientações da franqueadora.

Do mesmo modo, na hora que se compra uma franquia, já se tem suporte para a divulgação da marca. Este trabalho é feito mediante a uma taxa paga pelo franqueado que vai direto para o fundo de propaganda.

Assim, investe o capital em campanhas nos veículos de mídia (televisão, rádio, revistas, jornais e portais), anúncios e banners para fortalecer e ampliar a visibilidade da marca, beneficiando todas as unidades da rede.

Depois, ainda recebe treinamento para conhecer a operação, o modo de gestão da unidade e para aprender mais sobre o mercado onde vai atuar.

Se você tem alguma experiência em empreender, pode pensar em como começar a investir em um negócio do zero, ter mais liberdade de atuação e para o desenvolvimento do negócio.

Por último, para quem tem menos experiência, indica-se o modelo de franquia, pois conta com estes suportes, e por isso é mais seguro e eficiente.

Avalie bem as marcas, no caso das franquias

Uma boa reputação não é construída da noite por dia. As redes de franquias que são bem-vistas pelo mercado, por seus franqueados e clientes batalham muito para conseguir notoriedade. Mas isso geralmente leva um tempo.

Dessa forma, para começar, o ideal é pesquisar sobre a história da franquia e entender sua criação, seus propósitos, quais foram os desafios que o negócio superou e como isso mudou a empresa.

Nesse sentido, a base de sucesso de uma franquia está na qualidade da relação da franqueadora com a sua rede. Esta relação, que pode ser comercial e bastante complexa, também precisa ser de parceria para que tenha sucesso.

Por outro lado, os canais de atendimento devem ter eficiência e segurança, tanto para o problema que influencia a vida de um franqueado quanto os sistêmicos, que podem impactar a operação da rede como um todo, criar ruídos e atingir a imagem da marca.

Homem em frente a um quadro com anotações explicando algo.
Estude as opções de franquias que mais lhe chamaram a atenção.

Para conhecer uma marca melhor, entre nas redes sociais. Em seguida, saiba o que falam dela no Instagram, Facebook, Twitter e até em sites como o Reclame Aqui.

Estes são canais da insatisfação de clientes com as empresas e podem dar uma dimensão exata do nível de relacionamento delas com o mercado.

Do mesmo modo, conheça a reputação da marca junto aos investidores, se estão motivados, se são incentivados e acompanhados, se a franqueadora resolve rápido os problemas e qual é o nível de diálogo dela com o franqueado.

Isso porque, essas informações vão medir a qualidade do ambiente de trabalho que você terá com a marca no futuro.

Planeje a abertura do seu negócio

Entre os últimos passos de como começar a investir em um negócio próprio está o planejamento final. Assim, organize como será a abertura do negócio e o trabalho a ser feito nestes primeiros passos.

Por exemplo, repassar todas as etapas do processo interno, deixar tudo pronto para atender os clientes com qualidade desde o início.

Do mesmo modo, avaliar os seus custos para realizar promoções de inauguração para chamar a atenção dos consumidores. Os primeiros passos do negócio precisam ser sólidos para que a empresa engrene rapidamente.

Um ponto essencial é planejar o trabalho de marketing para este momento, mostrar sua marca para seu público. Quando se investe em uma franquia, este planejamento inicial tem a orientação da franqueadora.

Logo, planeje e se organize para começar sua empresa com o pé direito.

Tipos de investimento financeiro

Se preferir, você também pode fazer uma aplicação do seu dinheiro em vez de abrir um negócio. São diversas opções de investimentos para iniciantes.

Por exemplo, se o seu perfil de investidor é mais conservador, pode investir no CDB, sigla para Certificado de Depósito Bancário. É mais seguro, pois empresta-se o dinheiro para instituições financeiras para ter um rendimento futuro.

Da mesma maneira, em sua carteira de investidor pode ter ações variadas, principalmente de empresas mais sólidas no mercado. Neste momento é preciso entender o melhor momento para comprar estas ações.

Homem comemorando com os braços para cima em frente a uma tela cheia de gráficos de ações.
O mercado financeiro conta com muitas opções para investir.

Além disso, para um perfil mais arrojado, buscando uma rentabilidade maior, existem fundos de investimentos mais agressivos. Possuem uma segurança um pouco menor, mas recompensa-se os riscos com ganhos maiores.

Outra forma de investir seu dinheiro é no Tesouro IPCA. Este investimento possui uma renda pós-fixada, ligada ao Índice Nacional de Preços ao Consumidor (IPCA). Em momentos de maior inflação este investimento pode render bons frutos.

Para os conservadores, ou que tenham um capital menor, pode optar por Fundos de Investimento de Renda Fixa. Você investe com uma previsão maior de ganhos, e conta com várias opções destes fundos no mercado.

Assim, o mercado de investimentos é amplo, e se você não se sente à vontade ou tem disponibilidade para empreender, é uma boa oportunidade para fazer o seu dinheiro render.

Porém, deve analisar bem as opções, estudar aquelas que melhor se encaixam ao seu perfil e ver quais estão mais atrativas naquele momento.

Vale a pena aplicar o seu dinheiro?

Em tempos de inflação alta, deixar o dinheiro na poupança, por exemplo, faz com que ele perca valor ao longo do tempo. A projeção, segundo o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) de inflação para 2022 é de 6,5%.

Com isso, você deve buscar como começar a investir de forma a fazer o seu dinheiro render, seja com ações, em instituições financeiras, ou então em uma loja, por exemplo.

Dessa forma, com certeza vale a pena aplicar o seu dinheiro para que no final do ano ele não seja corroído pela inflação.

Mas varia de pessoa para pessoa a disponibilidade de investir, a forma de aplicar este dinheiro e os objetivos a curto e médio prazo.

Assim, o importante é buscar formas de fazer o dinheiro render, procurando segurança, se você tem menos dinheiro, ou atuar de forma mais arriscada, se isso faz parte do seu perfil.

Se você está neste grupo com menor capital, mas tem o sonho de empreender, não deixe de ver o nosso conteúdo recheado de opções de franquias baratas para você, em variados nichos de mercado. Acesse e descubra!

Cursos para crianças: como ganhar dinheiro com aulas para os pequenos?

Artigo anterior

Empreendedorismo digital: o que é, vantagens, como fazer e lucrar

Próximo Artigo

Comentários

Comentários não permitidos.