O maior Portal de divulgação de Franquias do Brasil!

Como abrir uma empresa de seguros: passos completos para te ajudar a fazer

Acesse uma parte específica do artigo

mulher ruiva sorridente com chapéu. Imagem ilustrativa do texto sobre como abrir uma empresa de seguros

Como abrir uma empresa de seguros: passos completos para te ajudar a fazer

Confira boas dicas incríveis de como abrir uma empresa de seguros. Sendo assim, acompanhe o texto para saber as vantagens desse negócio e conferir o passo a passo completo.

De acordo com a Superintendência de Seguros Privados (Susep), o setor de seguros arrecadou mais de R$ 300 bilhões em 2021.

Ou seja, o mercado está sempre em movimento, surgindo, assim, chances inesperadas a todo o momento.

Advertisement
Advertisement

Por isso, o mercado de seguros é uma dessas chances que surgiram depois de todas as mudanças da pandemia.

Entenda como abrir uma empresa de seguros

No post de hoje, nós vamos lhe mostrar os passos para se abrir uma empresa de seguros. Ter certeza sobre sua escolha é um deles, além da necessidade de certificado e registro.

Nos últimos tempos, o aumento da demanda de motoristas de aplicativos fez crescer a procura por seguros. Afinal, hoje, o número de carros alugados e comprados é muito maior.

Ou seja, aumentou a demanda por seguros veiculares junto com esse movimento do mercado.

Outro ponto que fez a demanda por esse serviço aumentar foi o medo da própria pandemia de covid-19. Isso fez com que várias pessoas buscassem seguros de vida, por exemplo.

Afinal, surgiu o receio da doença afetar a si próprio ou a sua família. 

Pelos ótimos resultados apresentados pelo setor, muito investidor tem buscado investir nesse mercado. Até porque, pode participar dos lucros que ele e outros investidores que já estão no ramo têm tido.

Então, você também pode lucrar com isso. Afinal, ao abrir uma empresa de seguros, você vai estar entrando em um mercado lucrativo. Assim, poderá ter lucros bem altos.

Por isso, nós vamos lhe mostrar o passo a passo para abrir uma empresa nesse segmento de mercado, que é tão lucrativo.

Assim, lhe ajudando a ter mais segurança e até uma certa vantagem na hora de abrir a sua empresa de seguros. 

Tenha certeza sobre o negócio

Muitas pessoas, na hora de montar o seu primeiro negócio, acabam tendo várias dúvidas. E isso é normal, mas não pode lhe atrapalhar na hora de tomar decisões.

Você vai precisar analisar as alternativas e ver se vai conseguir trabalhar bem com o setor de seguros. Bem como se terá prazer de atuar nessa área e terá um bom desempenho.

Mas, se conseguir desempenhar as funções necessárias para esse ramo, você terá muita chance de sucesso. Por isso, tenha convicção nas suas escolhas.

Decidir com certeza o que quer fazer é muito importante. Afinal, é a partir disso que você desenvolverá os seus outros trajetos com o seu negócio.

Isto é, começará a entender o mercado que você vai entrar. Como, por exemplo, o público desse mercado. Bem como ver em que você vai ter que investir para abrir a sua seguradora.

Esse tipo de preparo que, saber bem o que vai fazer, traz para o seu negócio.

Mesmo que não tenha muita experiência com o mercado de seguros, você fará um ótimo trabalho se tiver segurança do que vai fazer.

Então, não tenha medo de começar a investir no seu negócio, pois com um bom trabalho todo seu esforço será recompensado.

Do mesmo modo, você pode solicitar a Circular de Oferta de Franquia (COF) da franqueadora. Assim, você pode verificar as características desejáveis para o franqueado.

Defina um plano de negócio

Tenha um bom plano de negócio que sirva como uma seta para colocar a sua empresa em pleno funcionamento. E, mais para frente, em um bom patamar, que será seu primeiro grande passo com sua empresa.

Com esse planejamento, ficará mais fácil definir os caminhos para o seu negócio crescer. Bem como quais passos você deverá seguir para que isso aconteça.

Depois dos outros passos, você já vai entender melhor o seu mercado e poderá tomar boas decisões.

Nesse passo, você vai definir a melhor forma de divulgar o seu serviço, de acordo com o seu público.

Por exemplo, se o seu produto é para um público mais jovem, você vai priorizar divulgar em redes sociais. Até porque, é onde boa parte do seu público está.

Esse é apenas um dos pontos, em que, um bom plano de negócio vai lhe ajudar a tomar uma melhor decisão.

Então, organize-se bem para que boas ações sejam tomadas na sua empresa de seguros.

Obtenha o certificado oficial da ENS

A ENS é a Escola de Negócios e Seguros, que é a primeira do mercado que promove a habilitação de corretores de seguros. Assim, o certificado da instituição permite a comercialização de seguros.

Porém, com o tempo, outra instituição surgiu para poder suprir a demanda pela busca desses certificados.

Se trata da Fundação Getúlio Vargas (FGV), que também pode emitir essa certificação.

Desse modo, com qualquer um dos certificados citados, você pode operar com sua franquia de forma legal e correta.

Faça a inscrição no IBRACOR

Esse certificado lhe permite obter o registro profissional da sua empresa. Tal registro é emitido pelo Instituto Brasileiro de Autorregulação do Mercado de Corretagem de Seguros, a IBRACOR.

Trata-se de um órgão autorregulado, autorizado pela Susep, a Superintendência de Seguros Privados.

Basicamente, a IBRACOR é um instituto autorregulado sem fins lucrativos do mercado de corretagens de seguros.

Desse modo, agindo exatamente para regular e permitir o legal funcionamento de empresas de seguros. Nesse sentido, também podem impedir o funcionamento de uma seguradora, se esta estiver irregular.

Registre um PJ

Para começar a atuar nesse setor, você vai precisar de funcionários. No caso, de corretores de seguros, para fazer as operações de seguros para sua empresa.

E, nesse ponto, você pode optar por dois tipos de profissionais dessa área, sendo eles, os corretores de seguros PF ou PJ.

Ou seja, pessoa física ou pessoa jurídica, mas é recomendado que você opte por corretores de seguros como pessoa jurídica.

Afinal, corretores PJ sofrem menos cobranças de impostos quando fazem operações de seguros no mercado.

Assim, você terá menos gastos ao contratar um corretor PJ, podendo dar melhores condições de salário para ele. Além de, é claro, lucrar mais com o seu negócio.

Cadastre-se nas seguradoras

Após resolver as papeladas, está na hora de ter os seus primeiros parceiros, no caso, as seguradoras.

Para se cadastrar junto a uma seguradora será necessário fornecer informações da sua empresa.

Como o  CNPJ feito por você, com a situação regular na Receita Federal e com uma atividade econômica comprovada e compatível.

Algumas seguradoras podem atuar junto a diversas outras seguradoras, já outras terão a necessidade de um contrato de exclusividade.

Ou seja, você só poderá estar junto dessa seguradora escolhida e mais nenhuma outra.

Também é necessário avaliar a região de atendimento que será definida e os tipos de seguros que sua empresa terá.

Alguns prestadores desse serviço acabam firmando contrato como especialistas em apenas um tipo de serviço. Já outros atuam de forma mais abrangente, com vários tipos de seguros.

Franquia é opção simples para investir

O setor de seguros é um ótimo segmento para se entrar e atuar nele, mas pode ser burocrático e de difícil atuação. Porém, esse problema é facilmente resolvido com uma franquia de seguros.

Primeiro, vamos falar sobre o modelo de franquias. Nele, o franqueador, dono da marca, concede o direito de uso dos produtos e serviços aos seus franqueados.

Assim, permite com que eles vendam os produtos e tenham sua loja da marca, pagando uma taxa mensal para a franqueadora.

Com esse modelo, você recebe todo suporte da franqueadora, para que seu negócio dê certo logo de começo. Oferecendo, portanto, equipes treinadas para lhe ajudar.

Então, com o modelo de franquias você poderá escolher em qual marca investir.

Além disso, pode analisar antes suas condições e definir se realmente você deve investir nessa franquia ou em outra no mercado.

Desse modo, lhe dando um leque de escolhas muito bom, onde você decidirá com o que quer trabalhar. 

Já no setor de seguros, uma das maiores vantagens de se abrir uma franquia é a menor burocracia. Afinal, toda a parte mais burocrática já terá sido resolvida pela franqueadora.

Vantagens de abrir uma empresa de seguros

O setor de seguros é muito vantajoso para quem decide investir nele. Até porque, é um setor muito movimentado e buscado por diversas pessoas.

Afinal, todos gostam de se sentir seguros de alguma forma, e uma empresa de seguros leva isso para as pessoas. Então, você estará em um mercado, de fato, muito lucrativo.

Porém, ao abrir uma franquia de seguros, suas vantagens serão ainda maiores. No modelo de franquia, toda a parte burocrática de se ter uma empresa de seguros é deixada de lado.

Assim, você pode focar em coisas melhores para sua franquia e na captação de mais público para ela.

Além disso, a franqueadora vai lhe dar todo um suporte para lhe ajudar a abrir seu negócio e colocá-lo para funcionar.

Isso tudo com uma equipe treinada para ajudar com esse processo, lhe dando mais segurança para investir.

Enfim, hoje, apresentamos algumas dicas de como abrir uma empresa de seguros. Caso tenha se interessado pelo setor, não se esqueça de analisar bem os pontos listados e mãos à obra.

Advertisement

Acompanhe o mercado

A mais lidas hoje