O maior Portal de divulgação de Franquias do Brasil!

Começar uma franquia com segurança: 9 dicas para fazer do jeito certo!

Acesse uma parte específica do artigo

Mulher usando camisa e calça jeans segurando tablet e gráficos ao redor. Ilustração do texto sobre começar uma franquia com segurança.

Começar uma franquia com segurança: 9 dicas para fazer do jeito certo!

Começar uma franquia com segurança pode ser mais simples do que você imagina. Por isso, continue nesse texto até o final para conferir dicas de como investir da forma certa.

Até porque, entre os diversos modelos de negócio existentes, a franquia é um dos mais seguros. Segundo um levantamento, as franquias têm apenas 5% de chance de fechar dois anos após a abertura.

Advertisement

Em relação às empresas abertas do zero, esse número sobe para 23%. Ou seja, abrir uma franquia pode ser uma forma de ter o próprio negócio com mais segurança.

Advertisement

Logo, essa estabilidade das franquias é consequência de um plano de negócio pronto e diversos suportes. Assim, ao se tornar um franqueado, você tem a oportunidade de empreender com a ajuda de uma equipe especializada.

Veja como começar uma franquia com segurança

Para começar uma franquia com segurança, é preciso ter alguns cuidados. Entre eles, por exemplo, buscar algo que você goste, comparar marcas, analisar o mercado e outros passos que vamos abordar com calma abaixo.

Com essas etapas, é mais simples escolher um negócio promissor e que vai atender aos seus objetivos. Agora, confira nossas dicas acerca de como começar uma franquia com segurança.

1. Respeite o que você quer fazer

O primeiro passo para começar uma franquia com segurança é respeitar o que você gosta de fazer. Ou seja, buscar empreendimentos em áreas que agradem e que motivem. Do contrário, você pode se decepcionar e deixar o negócio um pouco ou totalmente de lado.

Parece óbvio, mas é sempre bom reforçar que gostar do negócio faz parte de administrá-lo bem. Assim, você pode começar sua escolha buscando por franquias em áreas que sejam do seu interesse.

Então, para quem gosta de cozinhar, por exemplo, pode ser interessante encontrar opções no setor de Alimentação. Além disso, é importante pesquisar as informações.

Normalmente, as franquias têm um perfil desejado para os franqueados. Então, pode ser interessante analisar quais são essas características e comparar com o que você quer e pode fazer.

Mãos de mulher fazendo costura em máquina. Ilustração do texto sobre começar uma franquia com segurança.
Os hobbies ou talentos podem inspirar um negócio que você goste.

A longo prazo, se manter interessado no negócio fará toda a diferença. Afinal, gostar da área faz com que os empreendedores se dediquem mais e busquem por novas alternativas. Sem contar na realização pessoal que é fazer algo que gosta.

2. Compare várias franquias

Outro passo importante para quem deseja abrir uma franquia é comparar diversas marcas. Assim, é essencial buscar aquelas que melhor atendam suas necessidades, objetivos e que ofereçam suportes interessantes.

Primeiramente, ao comparar franquias, é importante buscar opções que estejam em áreas que você gosta e que atendam suas expectativas. Para quem procura franquias como complemento de renda, por exemplo, é melhor escolher opções de negócios Home Office.

Além disso, muitas franquias oferecem vários modelos de negócio para diferentes investimentos. Então, cabe ao empreendedor filtrar as opções conforme aquilo que deseja.

Também é essencial buscar por franqueadoras que ofereçam suporte. Sendo assim, analise como a marca se comporta, como atende os franqueados e qual apoio oferecem.

3. Avalie a reputação da marca

Para começar uma franquia com segurança é preciso, ainda, avaliar a reputação da marca entre os clientes. Afinal, eles são o termômetro para perceber como estão os produtos oferecidos, o atendimento e outros aspectos.

Dessa forma, você pode fazer uma pesquisa rápida na internet e nas redes sociais com o nome da empresa. Isso pode ajudar a perceber o que as pessoas estão falando e o que pensam sobre a rede.

A partir do momento que você comprar a franquia, vai representar aquela marca. Então, caso ela esteja comprometida com os clientes por algum motivo, você também vai ser prejudicado. Por isso, essa avaliação deve ser feita antes de fechar o negócio.

4. Converse com franqueados da rede

Uma dica que também pode ajudar a começar uma franquia com segurança é entrar em contato com outros franqueados da rede. Dessa maneira, é possível tirar dúvidas e perceber se a franqueadora realmente entrega tudo que promete.

Homem e mulher em reunião de negócios passando papéis com gráficos um para outro. Ilustração do texto sobre começar uma franquia com segurança.
Conversar com outros franqueados é uma boa chance de aprender.

Em seguida, solicite a Circular de Oferta de Franquia (COF), que é um documento com todas as informações relevantes para um futuro franqueado. Nela, você vai encontrar o contato de franqueados e ex-franqueados de até 12 meses.

Assim, não tenha medo de conversar e tirar suas dúvidas. Afinal, os franqueados sabem, na prática, como o negócio funciona e podem lhe dizer se o investimento realmente vale a pena.

5. Entenda totalmente o modelo de negócio

Outro ponto importante antes de empreender é entender o modelo de negócio da marca escolhida. Isso porque, cada franquia atua com um modelo de negócio que pode ser presencial, Home Office ou Home Based.

Então, é importante saber como o negócio vai se organizar e o que vai precisar. Ao conhecer a empresa, você pode ter noção da estrutura, valores envolvidos, necessidade ou não de funcionários e muito mais.

Sendo assim, é importante ler com atenção a COF, que vai descrever como o negócio se estrutura e como você vai atuar. Mas não se limite ao documento.

Atualmente, há muitas fontes de informação confiáveis, inclusive o canal de atendimento da marca. Além disso, é possível assistir vídeos sobre franquias, ler textos, ir a eventos de empreendedorismo e muito mais.

6. Se prepare para empreender

Uma dica valiosa é aprender sobre empreendedorismo. Dessa forma, o conhecimento acumulado sobre a área vai lhe dar base para começar o negócio com mais segurança.

Não faltam oportunidades para quem quer aprender. Caso tenha disponibilidade e condições de investir, você pode fazer um curso na área de empreendedorismo. Por outro lado, há formas de aprender sem gastar muito.

A internet está repleta de fontes de informação para quem quer empreender. Do mesmo modo, é possível ir a eventos como feiras de empreendedorismo e de franquias, onde há palestras e pessoas dispostas a trocar conhecimento.

7. Analise o mercado local da sua cidade

Mulher de blaser olhando vitrine e apontando para objeto. Ilustração do texto sobre começar uma franquia com segurança.
Até mesmo os concorrentes podem ser fonte de aprendizado para os franqueados da marca.

Fazer uma análise do mercado local também é importante antes de abrir uma franquia. Dessa maneira, é possível observar o que o público está buscando, quais as brechas e oportunidades para quem empreender.

Uma análise minuciosa do mercado engloba público-alvo, fornecedores, concorrência e viabilidade do negócio. Essa última significa pesquisar e identificar se o negócio que você quer abrir terá bom sucesso na sua cidade.

Assim, é interessante verificar se já existem marcas concorrentes e onde elas estão. Por meio do estudo dos seus concorrentes, você pode perceber uma brecha no mercado e investir ou até aprender com a experiência de terceiros.

Por fim, faz toda diferença pesquisar sobre os hábitos de consumo do seu público-alvo. Quem são seus clientes e como eles gostam de comprar? Essas perguntas podem lhe guiar na análise do mercado local.

8. Confira os suportes da franqueadora

Como dito, é preciso pesquisar os suportes da franqueadora antes de começar uma franquia. Isso porque, todas as marcas oferecem suporte, mas cada uma atua junto ao franqueado de uma forma.

Por isso, leia a COF (sim, ela de novo por aqui!) e confira o que a franqueadora oferece. É realmente importante que você esteja ciente de tudo que está no documento para cobrar da marca os treinamentos e capacitações.

Afinal, esses suportes garantem a transferência do know-how. Ou seja, é dessa forma que você vai aprender a conduzir sua unidade franqueada na prática.

9. Planeje seu investimento

O planejamento financeiro é outra etapa essencial para começar uma franquia com segurança. Desse modo, você deve ter em mente quanto pode investir, qual a origem do dinheiro e se a marca vai lhe dar o retorno esperado.

Para começar, é importante pensar se você tem o dinheiro para pagar as taxas que a franqueadora estabelece. Contudo, caso não tenha, tente outras alternativas que não sejam empréstimos.

Afinal, ninguém quer começar um investimento já com dívidas. Outro fator essencial é pesquisar o tempo de retorno e o faturamento, que estão presentes na COF.

Dessa forma, você consegue se planejar para ter uma reserva até que a franquia comece a dar lucros. Só depois de cada um desses passos, entre em contato com a franqueadora e faça o investimento.

Já que você chegou até aqui, que tal continuar aprendendo? Assista ao vídeo abaixo e fuja dos golpes com franquias!

Continue a estudar sobre o assunto, confira algumas opções de negócio: Franquias baratas e rentáveis: conheça as melhores opções no Brasil. Leia!

Advertisement

Acompanhe o mercado

A mais lidas hoje