Destaques ★Franchising

ABF: tudo sobre a maior instituição do franchising! Como ela pode ajudar?

blocos com desenhos variados ligados a empreendimentos ao fundo. Em primeiro plano 4 blocos : três na base com simbolo de loja e um no topo em vermelho com o mesmo desenho. Imagem ilustrativa texto ABF

Já ouviu falar da ABF? Se você deseja se tornar um franqueado, é fundamental que saiba o que é essa entidade e como ela pode ajudar com o sucesso da sua jornada.

Qualquer pessoa, quando pensa em franquias, provavelmente não sabe todo o trabalho que existe por trás desse sistema para que ele seja sinônimo de segurança. Dessa forma, pontos importantes passam despercebidos.

É o caso da ABF, parte fundamental para o desenvolvimento de diversos franqueadores e franqueados. Graças a ela, você tem maior segurança para investir o seu dinheiro numa franquia.

Advertisement

Nesse sentido, preparamos o texto a seguir apresentando toda o histórico e o trabalho feito pela Associação. Acompanhe a leitura.

Entenda o que é a ABF

A Associação Brasileira de Franchising (ABF), é uma entidade sem fins lucrativos criada para divulgar, promover e defender o desenvolvimento técnico e institucional do modelo de franquias.

São mais de 30 anos de história, garantindo as boas práticas deste sistema. Uma das grandes vantagens de optar por uma franquia ligada à Associação é o trabalho junto ao Governo Federal.

Assim, diversas políticas nacionais são desenvolvidas para que o setor cresça de maneira mais sustentável. Isso resulta em novos postos de trabalho, distribuição de renda etc.

Além disso, a ABF faz parte de grupos internacionais como o World Franchise Council (WFC), Federación Iberoamericana de Franquicias (FIAF) e International Franchising Association (IFA) e o Fórum International Retail Association Executives (FIRAE).

Tudo isso com o objetivo de continuar transformando as franquias em uma opção de negócio cada vez mais segura para os investidores.

Pois graças a esse elo com as tais entidades, você tem a oportunidade de assumir empreendimentos de qualquer país com a segurança necessária para se tornar um empresário de sucesso.

Não à toa, uma pesquisa realizada pelo Sebrae apontou que apenas 15% das unidades franqueadas fecham as portas antes de completar 10 anos. Já a taxa de um negócio próprio é quase cinco vezes maior, superando os 73%.

Atualmente, a ABF tem cerca de 1,1 mil associados. Entre eles estão franqueadoras, empresas que querem se tornar franquias, franqueados, fornecedores e consultores.

O que a ABF faz no franchising?

Antes de entender o trabalho que a Associação Brasileira de Franchising faz, é importante compreender o que é uma franquia.

Esse modelo de negócio tem o objetivo de oferecer os direitos comerciais de produtos ou serviços de uma determinada marca a um empresário. 

Dessa forma, ele consegue entrar para o mercado com uma marca de respeito por trás e carrega, com isso, diversas vantagens.

Dessa forma, também é importante seguir as regras da franqueadora para que o negócio funcione da melhor maneira possível.

Confira o vídeo que separamos sobre o que é a Circular de Oferta de Franquia (COF), documento fundamental para uma franquia.

Por fim, tendo em vista a funcionalidade desse empreendimento, fica mais fácil compreender todo o trabalho que a ABF faz.

Com isso você tem a certeza de entrar para algo que realmente fará diferença, sem contar os processos que visam o bem-estar de todas as partes.

Defesa do sistema de franquias

A princípio, o grande objetivo da Associação é conseguir defender os direitos tanto do franqueado, quanto dos franqueadores.

Não à toa, a entidade foi uma das principais responsáveis pela criação da Lei de Franquia. Dessa forma, o Brasil se tornou um dos únicos países a possuir uma legislação própria para o franchising.

São quase 20 anos da Lei. Recentemente, em 2019, ela passou por uma reformulação para que algumas atualizações acontecessem, gerando ainda mais segurança para o sistema.

Mas essa não é a única ação da ABF. Ela também ajuda a promover e defender o modelo junto aos órgão públicos, entidades e associações de classe.

Difusão de conhecimento sobre o franchising

Não podemos deixar de destacar as ações que a entidade promove junto aos associados. São cursos, palestras, eventos, seminários, feiras; coleta de dados, produção de estudos e pesquisas, etc.

Devido a esse compartilhamento de informação, uma franqueadora consegue se desenvolver ainda mais. Principalmente as marcas que acabaram de iniciar uma jornada por meio das franquias.

Importante destacar que toda essa troca acontece entre e para empreendedores franqueados. Não se esqueça que a ABF apoia as duas partes.

A todo o momento são promovidas ações para que tudo aconteça da melhor forma possível, portanto, sem que nenhuma parte se sinta prejudicada ou, de certa forma, deixada de lado.

Dados sobre o franchising brasileiro

Um ponto de destaque do trabalho da ABF são os dados entregues frequentemente sobre o franchising brasileiro.

Além de números trimestrais, semestrais e anuais, com o desempenho dos setores, também são produzidos relatórios mensais específicos sobre algum tema.

Como no caso da pandemia, em que a Associação apresentou o efeito da crise e o que as marcas têm feito para manter certa estabilidade no mercado.

Todas essas informações estão à sua disposição no site da entidade. Basta solicitar o download gratuito.

Estimular padrões no sistema de franquias

Por último, não podemos deixar de destacar o padrão que a ABF promove entre as franquias.

Para que uma empresa possa se desenvolver nesse modelo de negócio, é muito importante encontrar um padrão capaz de ser reproduzido da melhor maneira possível pelos franqueados.

Dessa forma, ela terá a segurança necessária para crescer em lugares que nunca esteve, seja em outra cidade, estado ou país.

Será apenas dessa forma que todo o sistema conseguirá se manter firme diante do mercado. Sem contar a seriedade do sistema que segue ainda mais forte.

Por mais simples que isso possa parecer para alguns, imagine: você decide tornar a sua empresa numa franquia. Depois de todas as conquistas e desafios superados, certamente você deseja que o negócio continue evoluindo.

Agora, sem os padrões devidamente estabelecidos, ou seja, os métodos a seguir, o que poderia acontecer acontecer a uma unidade de franquia?

É difícil definir, pois muitas coisas podem fazer com que o seu empreendimento não tenha o sucesso esperado. Mas existe certa garantia de que o seu plano de negócio está sendo seguido à risca se você padroniza tudo.

Como escolher a melhor franquia para investir?

Homem e mulher conversando em uma sala. Ela indica a ele onde o local de assinatura em um contrato (imagem ilustrativa). Texto: abf.
Para encontrar o melhor empreendimento, é importante analisar alguns pontos.

O caminho para se tornar um franqueado não é muito complicado. Todavia, é preciso atenção.

Inicialmente, o mais importante é saber em qual segmento que você realmente deseja atuar. Não escolha uma área considerando apenas o retorno financeiro que ela pode proporcionar.

Lembre-se de que empreender é a chance de fazer algo que você realmente gosta e deseja profundamente.

Conheça o seu perfil

Verifique qual o seu perfil empreendedor. No geral, existem pelo menos dois tipos de empresários.

Aqueles que gostam de lidar mais com o público, sentem mais facilidade para resolver conflitos e atuar na linha de frente.

Por outro lado, existem investidores mais ligado às questões burocráticas, que utilizam os números como base para tomar as melhores decisões etc.

Analise as marcas disponíveis

Tendo isso em vista, a escolha das marcas fica ainda mais fácil. Não é obrigatório que a franqueadora seja associada da ABF. Porém, isso dá mais segurança para o investidor.

Afinal, estamos falando de uma entidade que consegue promover todos os alinhamentos necessários para garantir o cumprimento dos processos.

Isso quer dizer que quem não faz parte da Associação está errado? Não, apenas que você tem uma garantia a mais.

Tendo isso em mente, para conhecer algumas marcas, confira ama lista no Portal Top Franquias clicando no botão a seguir.

Estude as opções

Após selecionar as marcas que mais chamaram a sua atenção, estude como o mercado a enxerga.

Sendo assim, basta ir até as redes sociais da empresa para entender como anda a sua reputação, comentários, críticas ou elogios, ou seja, tudo que achar importante nesse momento.

Logo depois, basta entrar em contato com a franqueadora e dar sequência às negociações.

Avalie a COF com atenção

O processo depende de cada franqueadora, porém, fique atento ao recebimento da Circular de Oferta de Franquia (COF). Estude esse documento com cuidado.

Afinal, ele é responsável por reunir as principais informações sobre o empreendimento, como histórico de franqueados e ex-franqueados, diretrizes, cultura da empresa, etc.

Além disso, a assinatura do contrato só pode acontecer 10 dias após o recebimento da Circular, tempo estipulado por lei.

Caso esse prazo não seja cumprido, o acordo será desconsiderado e todo o investimento é perdido.

Ao longo do texto, você pôde conhecer um pouco mais sobre a história da Associação Brasileira de Franchising e como ela ajuda você a ter maior segurança junto às franquias.

Em outras palavras, a entidade ajuda a fazer o seu negócio acontecer. São pontos como o compartilhamento de informação, aprimoramentos, defesa e padronização sistema etc., tudo que faz de uma franquia um sucesso.

Gostou do nosso conteúdo sobre a ABF? Então continue com a gente e leia o artigo “Confira as melhores franquias baratas para investir agora!”.

COF: o que analisar? Tudo sobre a Circular de Oferta de Franquia

Artigo anterior

Quais as maiores franquias do Brasil? Quanto custa investir nelas?

Próximo Artigo

Comentários

Comentários não permitidos.